Congelar a papinha do bebê

by Pat Feldman on 27/02/2009 · 76 comments

in Bebês, Papinhas Salgadas

papinhabeterrabaHoje eu recebi um e-mail de uma leitora do site Crianças na Cozinha perguntando sobre a durabilidade do purê de abóbora e se ele pode ser congelado, dentre outras dúvidas relacionadas à conservação. Resolvi fazer disso um artigo, porque tenho certeza que nos dias corridos em que vivemos, praticidade deve ser a palavra chave!

Nem preciso dizer que preparar qualquer comida na hora, seja ela papinha ou não, é a melhor opção. Nada é mais saboroso do que uma boa comidinha caseira recém preparada. Mas no mundo real nós não temos tempo, nós não temos paciência, nós não temos quem limpe, quem ajude, e o que era para ser bom, acaba virando uma tarefa chata e desgastante – e vocês podem não acreditar, mas já senti na pele: comida preparada com má vontade nunca fica gostosa!      

Mas preparar a sua comida e a do seu bebê em casa tem uma séria de vantagens:

  • Você sabe exatamente aquilo que você e/ou seu bebê está comendo, sem química, sem flavorizantes, corantes e outros “antes”.
  • Você sabe que optou por ingredientes realmente frescos e saudáveis e pode (aliás, deve) dar preferência aos orgânicos.
  • Você pode temperar as papinhas e comidinhas de acordo com as preferências do seu filho, diminuindo assim as chances dele dar trabalho para comer.
  • Você economiza – comprar a matéria-prima para preparar tudo em casa é de longe mais econômico, o que lhe permite investir em alimentos de maior qualidade.
  • E o mais importante… Alimentar o seu filho com aquilo que você preparou pessoalmente, com todo amor e carinho, é algo que não tem preço!

Mas novamente, mesmo diante de tantos argumentos a favor, você vai me dizer que não tem tempo e/ou que não sabe cozinhar. A parte de cozinhar não é tão difícil, e com as dicas que eu venho dando aqui no site, você vai tirar de letra! Já a parte do tempo… Bem, você nõ pode jogar tudo para o alto e viver em função de cozinhar dia e noite. Apelar para papinhas industrializadas também não é uma boa idéia – eu simplesmente não consigo aceitar que algo que eles chamam de comida e que dura meses numa prateleira não refrigerada possa ser saudável. Comida de verdade estraga!

Que tal então aproveitar a tecnologia do congelamento para facilitar a sua vida? Congelar é uma das melhores formas de conservar e o melhor é que nõ adiciona nenhuma química à comida!

Eu ADORO cozinhar, e assim que meu filho se iniciou no mundo das papinhas foi com toda a alegria que eu coloquei as minhas pesquisas e paladares em prática nas papinhas dele. Eu fiz tudo sempre com muito amor e com muito cuidado, fiz questão de escolher os melhores ingredientes. Mas eu também tinha que trabalhar (em casa, o que já é uma sorte, mas muito trabalho e dedicação), eu também queria ter tempo de passear e brincar com meu filho, tempo para namorar meu marido e tempo para cuidar de mim, então passar tantas horas todos os dias na cozinha era uma tarefa impossível!!

O que eu fiz então serve como uma boa sugestão para todas as mamães e papais super ocupados. Eu separei um dia da semana para ser o “dia de fazer papinha”. Se você acha que uma vez or semana não dá, tente a cada 10 dias, a cada duas semanas ou ainda uma vez ao mês, mas reserve um dia para se dedicar a esta importante tarefa. A alimentação correta desde a mais tenra idade é um fator importantíssimo para termos saúde radiante sempre!

Eu normalmente optava pelos sábados, quando eu chegava da feira de orgânicos com tudo bem fresquinho. Eu usava 3 ou 4 bocas do meu fogão, uma para cada sabor da receita básica de papinha. Numa panela era só abóbora, na outra beterrabas, cenouras em outra, batata-doce ou inhame com chuchú (porque só batata-doce ou inhame fica grudento demais!), algumas vezes eu combinava com abobrinha, mandioquinha, nabo, etc. Mas eram sempre sabores o mais simples possíveis, e eu não salgava nem temperava ocm nada além do que havia na receita básica.

Na maioria das vezes (até pela facilidade com ingredientes) eu usava o caldo de carne caseiro, mas sempre que encontrava frango caipira, usava caldo de frango caipira caseiro e aproveitava pedacinhos de frango desfiado.

Para congelar eu primeiro tentei potinhos de vidro, que só eram preenchidos após as papinhas estarem completamente frias na geladeira. Eu não conheço a fundo as técnicas de congelamento, mas uma das coisas que aprendi é que nunca se deve encher demais os recipientes que serão congelados. E assim eu fazia, mas ainda assim tive perdas imensas, potinhos quebrados dentro do freezer e uma bagunça e desperdício de dar dó. Acabei optando por potinhos de plástico, daqueles simples, mas as papinhas só eram colocadas ali depois de completamente resfriadas, e na hora de descongelar eu desenformava a papinha do pote e colocava num vidro para banho maria eu deixava descongelar lentamente na geladeira.

Também sou contra o uso de microondas, mas isso é assunto para um outro artigo que estou devendo há tempos. Por enquanto, para encurtar, acho comida de microondas horrorosa, sem gosto, sem textura. Plástico puro.

Algumas pessoas gostam também de congelar as papinhas em forminhas de gelo – também uma excelente idéia! Você faz cubinhos de sabores variados e logo tem uma boa variedade em mãos.

papa02

Na hora de servir a papinha, após descongelar na geladeira ou em banho-maria e aquecer a uma temperatura agradável, eu fazia a diferença: acrescentava sal, pimenta, ervas e condimentos, óleo de coco, manteiga, azeite de oliva extra-virgem, verduras, outros legumes em cubinhos e por vezes até alguma frutinha ralada (mesmo sendo nas papinhas salgadas, afinal não temos tantos pratos salgados que vão bem com frutas?!?)

Como eu disse acima, procurava preparar estoque de papinhas para cerca de uma semana a 10 dias, mas cheguei a ter papinhas guardadas por 2 meses no freezer e não tive problemas ao descongelar, temperar e servir. Eu até desconfio que dure mais, mas aí não testei para garantir…

Bem, acho que o que falei hoje ajuda um pouco a facilitar a vida das mamães e papais e ajuda a evitar as papinhas industrializadas.

Restou alguma dúvida?

foram bem de carnaval? Deu para descansar? Brincaram e pularam muito?

Eu me diverti DEMAIS, e agradeço à minha querida amiga Graciela pelos dias deliciosos que minha família passou com a dela! Obrigada, querida!

Envie para um amigo Envie para um amigo Versão para impressão Versão para impressão

{ 74 comments… read them below or add one }

Célia Cristina February 28, 2009 at 10:19

Adorei a dica. Não tenho filhos pequenos, mas vou dar essa dica para as mamães que conheço. Elas vão adorar. Que bom que está de volta! BJS…

Reply

Luciane Figueira February 28, 2009 at 11:17

Pat,
Adorei a suas dicas sobre este tema, poiis as vezes não sabemos o que fazer com o que sobra da papinha. E ficamos com medo que estrague. Ótima idéia!!
Um Abraço de sua amiga carioca
Luciane Figueira

Reply

Patricia Stabile McCarden March 1, 2009 at 18:44

Adorei, mas sera que qualquer tipo pode ser congelada, ou tem restricoes?
Beijos e Obrigada

Reply

Pat Feldman March 1, 2009 at 18:47

Patricia, fiz muitas papinhas nos últimos anos – inclusive algumas para encomendas de leitoras do site – e nunca tive problemas aqui em casa e nem tive reclamações de quem comprou. Se existe algum ingrediente que possa dar problema, eu provavelmente não o usei.
(batatas têm fama de dar problemas, nem sei se é verdade, mas nem cogitei usar batatas, já que meu filho nunca gostou delas)

Reply

Walkiria March 1, 2009 at 18:46

Repassei para meus contatos essa dicas. Gostaria de saber onde encontrar esses potinhos para congelar. Gosto de picar o cheiro verde e deixar no congelador para me facilitar. Não tenho idéia onde encontrar, já que não quero tamanhos grandes, mas pequenos para pequenas porções. Agradeço a quem me indicar. Walkiria

Reply

Pat Feldman March 1, 2009 at 18:49

Aqui em São Paulo eu compro meu potinhos numa lojinha de bairro, em Santa Cecília, região central da cidade. Mas para congelar ervas, eu sugiro potinhos de vidro, aí você nem precisa comprar, aproveita aqueles que vieram com algum produto que acabou.
Sempre que posso, opto por vidro!

Reply

Cacau March 2, 2009 at 14:17

Pat, e quanto a congelar vegetais e verduras? Sabe aqueles pacotinhos que tem no supermercado, de legumes e verduras resfriados? Se eles forem orgânicos, são super caros. Queria poder congelar em porções lavadas e prontas pra usar pois nao consigo ir a feira toda semana. Vc já tentou congelar? Será que dá certo?

beijo!

Reply

Pat Feldman March 2, 2009 at 16:10

Cacau, nunca tentei congelar – confesso que não sou muito boa com essas técnicas… Eu compro o que tem disponível na feira aos sábados, compro pra semana toda. No sacolão perto da minha cas agora tem alguns orgânicos, que são mais caros, mas não absurdos, e quebram o galho em emergências. Se não tem orgânico eu ainda acho melhor comprar verduras e legumes frescos não orgânicos do que “pacotinhos” e industrializados em geral.

Reply

Marcia H March 2, 2009 at 17:22

Paty,
eu sei q vc é muito cuidadosa, mas uma grande pergunta: vc introduziu caldo de carne qd seu filho tinha 6 meses?
A recomendacao q eu recebi de várias partes independentes e de diferentes países foi de introduzir só 1 alimento por vez e carne só a partir do 8° mês – para crianças amamentadas. Além disso o prazo que me indicaram foi 5 vezes o mesmo alimento, ou seja repetir por 5 dias seguidos.
Fiquei curiosa agora.

Reply

Pat Feldman March 2, 2009 at 18:39

Marcia, eu usei o caldo de carne – caseiro, lógico – desde a primeira papinha. No começo eu mesmo tinha medo, confesso, o caldo de carne é forte em todos os sentidos: nutrientes e sabor. No primeiro mês eu adicionava apenas uma colher de sopa de caldo em cada papinha, cozinhava os legumes no vapor e só colocava o caldo depois. A partirdo 2o. mês eu cozinhava no caldo ligeiramente diluído, mas mantinha o líquido nas papinhas. Com o tempo fui diminuindo a diluição até usar caldo de carne puro.

Não cheguei a repetir os ingredientes por 5 dias seguidos, deixava apenas 2 ou 3 dias – sempre observando qualquer reação – mas de qualquer forma, comecei com uma variedade peqeuna de alimentos, então ficou mais fácil fiscalizar.

Nas pesquisas que meu marido e eu fizemos, a carne sempre foi considerada de extrema importância para uma dieta infantil saudável, e a nossa pediatra recomendou sua introdução, em doses bem moderadas (uma colherinha de chá rasa) desde os 5 meses – mas meu filho não teve leite materno…

Reply

meire July 10, 2009 at 21:55

Adorei as dicas, tenho um bebezinh de 5 meses e já comecei a congelar as papinhas dele. Não faço com batata, quando quero oferecer esse alimento, cozinho só a batata e misturo com a papinha quando for aquecer em banho-maria.
Quanto aos potes, esses podem ser encomntrados em casas que vendem embalagens.
até mais.
abraço

Reply

Marcela September 14, 2009 at 23:13

Oi PAT… sou marinheira de primeira viagem e estou adorando seu site…. minha dúvida é em relação ao tipo de carne a ser consumida…..o fígado é o mais recomendado??? Pois se pensarmos na fisiologia do fígado, é um órgão em que é secretado mtas toxinas. Então existe alguma outra carne que posso usar… de vaca mesmo ou de frango??

Parabéns pelo site!!!

abraços

Reply

Pat Feldman September 15, 2009 at 6:26

Marcela, o fígado é realmente o órgão de filtragem, por isso temboas chances de apresentar impurezas. Porém é importante, porque é também uma dass partes mais nutritivas do boi. Eu procurei usar sempre, porém em bem pequenas quantidades. A necessidade de carne era então complementada pelo uso do caldo de carne caseiro.

No caso do frango é ainda mais complicado, já que no Brasil é difícílimo acharmos frangos caipiras de qualidade e mais difícil ainda que sejam orgânicos…

Reply

Ana Aline Pontes September 23, 2009 at 8:53

OI!!!PAT…TENHO UM BEBE DE 5 MESES,EU ESTAVA DANDO PAPINHA NESTLE,MAS QUERIQ TER O PRAZER DE FAZER EU MESMA,MAS ELE NAO GOSTA DE NADA SALGO SO DE PAPINHA DOCE.O QUE EU FACO?

Reply

Pat Feldman September 23, 2009 at 8:57

Ana, tenta misturar algumas frutas na papinha salgada. Pode parecer esquisito, mas se assim ele aceitar, muito melhor!

Reply

Grasiele September 29, 2009 at 23:33

Olá Pat, quantos dias a papinha caseira pode ficar na geladeira sem estragar. Não gosto da textura da papinha congelada..

Reply

Pat Feldman September 30, 2009 at 7:21

Grasiele, o máximo que eu já deixei foram 2 dias. Mais do que isso a papinha pareceperder o sabor.

Reply

Viviane C Sant'Ana October 17, 2009 at 11:44

Paty,

você congela a papinha depois de liquidificada?
obrigada,

Reply

Pat Feldman October 17, 2009 at 18:23

Bem Viviane, agora, com um meninão de 4 anos, eu nem faço mais papinhas!! Mas na época, eu fazia e congelava sim. Dá super certo e facilita demais a vida!

Reply

Paula October 26, 2009 at 12:54

adorei essa ideia, quase todos os dias vou durmir super cansada pelo fato,mais agora vai mudar!!! só uma pergunta, temperar só depois de descongelar né? fica ruim congelar o tempero?

obrigada

Reply

Pat Feldman October 26, 2009 at 16:54

Paula, eu sempre congelei sem tempero algum. Deixava para temperar depois de descongelar na hora de servir, porque aí dá o gostinho perfeito de comidinh feita na hora!

Reply

Paula October 28, 2009 at 8:55

olá Paty, o mesmo que faz com a papinha pode fazer com suco natural para o bebe. Só dou suco natural e todos os dias bato as frutas no liquidificador… voce sabe me dizer se fazer tem algum problema?
Obrigado

Reply

Priscila October 28, 2009 at 21:37

Pat, boa noite, meu filho tem 6 meses, e comecei agora a introdução de alimentos…
tenho algumas duvidas…
eu nao bato a papinha no liquidificador (recomendação da pediatra) e sim amasso os legumes na peneira…. eu congelo os legumes? ou congelo ja amassado?
pode ficar qto tempo congelado?
mesma duvida da colega Paula de cima, posso congelar suco?

Att
Priscila

Reply

Pat Feldman April 6, 2010 at 22:32

Priscila, suco eu nem ofereci ao meu filho quando bebê, e mesmo hoj em dia ele bebe muito pouco. Já falei mais sobre isso no artigo “Suco ao Contrário”, dá uma procurada e leia com atenção.

Não sou exatamente especialita em técnicas de ocngelamento, o que conto aqui é apeas resultado do que faço e dá certo. Eu congelava as papinhas já batidas/amassadas. O máximo que cheguei a guardar uma papinha congelada foi por um mês, mas acredito que num bom freezer, dure até mais.

Reply

natasha November 1, 2009 at 8:41

Oi Pat
vou começar a congelar as papinhas da minha filha e fiquei com uma duvida. vc disse que nao enche o pote pq vaza é so no de vidro? pq vi em outro site dizendo que tem que encher ate a boca pra nao criar cristais de gelo.

Reply

Pat Feldman November 1, 2009 at 17:17

Eu não encho porque a papinha depois de congelada expande, daí pode transbordar ou, pior, quebrar o potinho. Ah, e deixo o potinho destampado até congelar completamente.

Reply

Liliane December 6, 2009 at 14:31

Oi PAT, eu tenho as mesmas duvidas da mae acima ( Priscila, enviando em 01/11/2009 )eu tbem nao bato a papinha no liquidificador e sim amasso e passo na peneira, gostaria que nos ajudasse.
Obrigada,Liliane

Reply

Maria Fernanda February 3, 2010 at 15:51

Oi, Pat!
Estou adorando as experiências vivenciadas nesta leitura!!!
Sou uma mamãe, curiosa como todas!!! Minha pequena já está com quase 3 anos!
Bem, adorei ler o quanto você apoia a culinária orgânica!!! Gostaria de deixar uma dica ou “help” para as mamães que não sabem cozinhar, não tem tempo ou habilidade!!! Além de mamãe, sou uma das proprietárias do Empório da Papinha. Para quem tiver curiosidade:
http://www.emporiodapapinha.com.br
Quando tiverem um tempinho, venham aqui no Empório tomar um cafezinho orgânico e nos conhecer!

Reply

Jacqueline February 23, 2010 at 17:57

Meu congelador é meu melhor amigo! E agora que vou ser mamãe, já fiquei feliz em saber que não tem problema congelar o básico das papinhas. Assim é bom que posso deixar na casa das avós e evitar que elas dêem daquelas industrializadas!

Reply

Renata Sousa February 28, 2010 at 18:26

Oi Patty, moro aqui nos USA, e nem sempre encontramos variedades de verduras e legumes, e a questao de frutas tais como: banana, abacate ficam com a coloracao escura, o que faco para isso nao acontecer? Outra pergunta ele ira comecar a ir a uma creche, eles nao irao fornecer o lanche “Gracas a Deus”, porque aqui e somente comida de microondas, que dica voce me da, para levar na lancheira dele??? Beijos

Reply

Pat Feldman February 28, 2010 at 19:29

Renata, as papinhas de frutas eu sempre deixei para fazer na hora, justamente porque escurecem (se oxidam) muito facilmente. Misturar um pouquinho de iogurte a essas frutas faz com que demorem mais para escurecer.

Quanto ao lanche, já escrevi alguns artigos aqui com pensamentos e idéias. Com meu filho o que funciona mesmo são as frutas. Sempre mando frutas e só frutas. É o que ele gosta e é mais do que suficiente!

Reply

nanny March 8, 2010 at 23:14

Olá Pat.
Tudo bem?
Estava aqui a pesquisar alguns sites “sobre papinhas para bebês”, e nossa, adorei o seu.
Sou mãe de primeira viagem, estou adorando essa minha nova fase de vida “a de ser mãe”.
Meu anjinho esta com 2 meses (victor) e irá completar 3 meses no próximo dia 20. Mas, aparenta ter uns 4 ou 5 meses, pois ele é enorme e muito saudavél.
Eu só dou o leite materno, nada de chá e nem água. Mas, confesso que estou com muita vontade de iniciar pelo menos com as “papinhas doces”, já que as “salgadas” os Pediatras
sugerem que iniciamos apartir dos 6 meses.
O que você sugere que eu faça?
Será que já posso iniciar com as papinhas doces?
O Victor é muito guloso, quer mamar o peito toda hora. A impressão que tenho é que ele não fica totalmente satisfeito só com o leite materno.

Aguardo resposta.
Obrigada!

Reply

Pat Feldman March 9, 2010 at 7:13

Nanny, leite materno é sempre a melhor opção e se você tem, mantenha-o expclusivo até os 6 meses de vida do seu filho, por mais que você fique em tentação com frutinhas e papinhas.

Reply

Cibila March 11, 2010 at 6:14

Faco exatamente isso com as papinhas da minha filha e ela se delicia acada colherada!

Reply

Marcia March 30, 2010 at 3:45

Olá Pat, adorei conhecer seu site.
Bom, meu filho tem 6 meses e meio, e estou na luta com a introdução de alimentos. Ele tem relutado bastante em comer as papinhas salgadas, ele faz caretas, chora e vira a cara.
E aqui encontrei dicas bem interessantes de como deixar as papinhas mais apetitosas, mas fiquei ainda com algumas dúvidas…
A pediatra me recomendou usar o caldo (músculo)só depois que meu filho engrenasse a comer, coisa que ainda não faz, portanto será que essa colherzinha do caldo não fará mal? Ainda sobre o caldo de carne, na sua receita, vc põe manteiga. Existe outro ingrediente que eu poderia substituir, já que eu não posso dar nada por enquanto derivado da vaca ou será que se não colocar tb fica bom.
E mais uma perguntinha, os legumes amassados podem ser congelados numa boa, ou só ficam bons se passados no processador?
Bjs e obrigada

Reply

Pat Feldman March 30, 2010 at 7:09

Marcia, se você preferir, pode usar óleo de coco no lugar da manteiga. É extremamente nutritivo!

Eu cheguei a congelar papinhas amassadas algumas vezes e achei que ficaram muito boas.

Reply

Priscila April 6, 2010 at 22:14

Pat, boa noite… Infelizmente você nao respondeu a minha pergunta… porque??????
Tenho uma amiga iniciando a introdução de alimentos ao bebe dela… e ela tem a mesma duvida que eu e a Liliane…

Reply

Pat Feldman April 6, 2010 at 22:32

Respondido. Leia lá!

Reply

Fernanda Rodrigues April 14, 2010 at 11:09

Bom Dia, Tenho um bebê de 8 meses, e faço papinhas salgadas, sempre preparei para : exemplo No dia almoço e jantar, e deixo para + dois dias em potinhos de plástico tampados na geladeira, nunca coloquei no congelador, gostaria de saber se tem problema, pois sempre experimento e as papinhas continuam deliciosas, preparo com carne ou frango, 01 verde, 01 tuberculo e 02 legumes, e 01 grão.
Obrigada,
Fernanda Rodrigues

Reply

natasha April 14, 2010 at 14:10

Desculpa a intromissao, mas o melhor é congelar a comida separada, cenoura amasadinha, chuchu, beteraba, em fim, tudo que seu filho come e fazer um arco-iris no prato, ele acostuma a comer comida menos aguada e sente o sabor de todos os ingredientes. Faço issa com minha filha desde os 4 meses ela sempre comeu super bem. obs batata, aipim e semelhantes nao ficam bons congelados, faço pra 2 dias.

Reply

Graça April 18, 2010 at 18:45

Gostaria de saber como fazer papinhas congeladas
Obg

Reply

Marina June 24, 2010 at 20:00

Pat,
hoje a minha filha comeu papinha de manga e como tinha muita eu congelei uma boa parte pra dar a ela amanhã. Será qu tem problema congelar papinha de fruta de um dia pro outro ou, no máximo, dois dias?
bjbj

Reply

Pat Feldman June 24, 2010 at 20:17

Especificamente a de manga eu já conge;ei e não tive problemas, mas acho que nem todas as papinhas de frutas ficam gostosas depois de congeladas. Abacate e manga eu tenho certeza de que ficam mas outras, só testando!

Reply

ELLEN October 20, 2010 at 11:24

bom dia pat, tudo bom? recorri mais uma vez a seu site, agora para saber sobre papinhas, a minha depiladora está cuidando de um bebe de uma vizinha pque ela esta com cancer na mama, e está na uti, o nenem está com 7 meses, e eu estou querendo preparar umas papinhas para doar( pque eles são bem humildes), as clientes estão ajudando como podem, doando fraldas, leite. E ela pelo que percebi não dá papinhas a ele por falta de tempo para prepara-las, está dando só leite em pó. Enfim, o que quero dizer é sobre a batata que li no inicio da matéria, a gastropediatra dos meus filhos me disse uma vez que em pacientes com alergia alimentar ela receita somente arroz, batata e peito de frango, que são alimentos que raramente dão alergias.

Reply

Pat Feldman October 20, 2010 at 12:00

Ellen, pois eu evitaria exatamente essas 3 coisas na papinha:
– arroz porque é pouco nutritivo e de difícil digstão para um bebê tão pequeno
– batata porque é pouco nutritiva
– peito de frango porque pode sim ser causador de alergias, já que o frango de hoje em dia, criado em confianento, é de péssima qualidade

Você já viu as receitas de papinhas que eu publiquei aqui no site? http://pat.feldman.com.br/?cat=711

Reply

Flavia Parente March 15, 2011 at 13:22

Olá Paty,
Adorei suas dicas, me esclarece por favor algumas dúvidas:
1 – eu posso congelar papinhas que tenham batatas?
2 – a base de papinha que preparo é de arroz integral, dá um super trabalho, tem que ser coada em fralda, cozida por um tempão… posso congelar também?

Abraço
Flavia

Reply

Pat Feldman March 15, 2011 at 21:34

Flavia, eu nunca usei batata nas papinhas aqui em casa, mas já ouvi falar que não se deve cngelar batatas, entretanto, se aquelas tais batatas fritas congeladas do supermercado forem realmente batatas, por que se pode congelar aquelas e não se poderia congelar papinhas com batatas??

Eu não recomendo nenhum tipo de grão para bebês antes de um ano de idade: nada de arroz feijão, lentilhas, grão de bico ou similares. A partir de um ano de idade, quando eu acho que os bebês começam a ficar prontos para consumir esse tipo de alimento, eles não precisam mais ser processados. Eu já congelei arroz integral depois de pronto. Não gosto muito de como fica, mas mal não faz.

Reply

JULIANA July 26, 2011 at 14:31

Olá,

Adorei as dicas, tenho uma menina de 3 anos e um menino de 4 meses, ele fica com a minha mão para eu poder trabalhar, mas como ela também trabalha fora fica meio corrido fazer as papinhas, já estou enviando esse site para minhas amigas…….

Abraços,

Reply

Juliana September 12, 2011 at 19:58

Paty adorei saber que há outras maes que fazem isso eu sempre fiz, ate pq eu nunca gostei de cozinhar, mas não abro mão da minha princesa comer bem então faço e congelo sim… sobre a batata sempre alguém que fala mal dela congelada, então procuro não ulitiza-la… mas valeu pela confirmação q não faz mal nenhum…. saude a vcs.

Reply

Rosana September 21, 2011 at 16:34

Adorei suas dicas! Tb faço as papinhas da minha filha.
Estava congelando, e deixava descongelar na geladeria, mas qdo ia esquentar, algumas ficava com aspecto esponjoso… e textura e sabores mudados (para pior) será q eh por causa da batata? Acima vc comenta q ela tem fama de das problemas…..

Reply

Pat Feldman September 21, 2011 at 18:17

Rosana, eu não costumo usar batatas nas papinhas do bebê, então não tenho certeza…

Reply

Emmanuelle October 2, 2011 at 1:11

Oi, Parabéns, adorei o seu post!
Mas tenho uma dúvida.. vc escreveu “Acabei optando por potinhos de plástico, daqueles simples, mas as papinhas só eram colocadas ali depois de completamente resfriadas”
Como assim? deixo resfriar antes aonde? coloco a papinha num pratinho na geladeira e só depois passo pro potinho? não entendi.. não tem perigo de estragar.. nem nada?

Obrigada!! Beijossss

Reply

Pat Feldman October 2, 2011 at 7:23

Emmanuelle, as papinhas não podem ir ainda quentes para o freezer, então eu tiro da panela, coloco numa travessa grande de vidro, com tampa, espero esfriar e guardo na geladeira. Quando estiver completamente fria, eu separo em potinhos pequenos, também com tampa, e congelo. Nunca estragou nenhuma!

Reply

Selma March 16, 2012 at 13:38

Oi Pat, gostei das dicas. Estou pesquisando um pouco, para escrever no meu blog sobre a alimentação complementar para os bebês. Sou nutricionista, uma conhecida minha me perguntou se podia congelar as papinhas do filho. Achei super interessante o que você postou aqui!
Posso linkar o teu site no meu blog?
Bjs

Reply

Pat Feldman March 16, 2012 at 15:39

Pode sim, claro!

Reply

Selma March 19, 2012 at 17:03

Obrigada e sucesso, adorei o seu site! =)

Reply

Thatiana August 16, 2012 at 13:48

Oi Pat tudo bem?
Estou começando dar as papinhas para o meu bebê e acabei achando o seu artigo. Só que uma coisa não ficou clara para mim, vc congela tudo separado, tipo cubos de batata, cubos de cenoura e aí junta quando vai fazer as papinhas?
Eu queria saber se eu já posso congelar uma papinha pronta, tipo com arroz, cenoura, batata, couve, carne? Se posso já deixar tudo junto e aí descongelo e coloco um temperinho para dar o sabor.
Queria saber também se faz mal descongelar no microondas? E no banho maria descongela em quanto tenpo mais ou menos?
Acho que é isso. =)

Reply

Pat Feldman August 17, 2012 at 15:19

Thatiana, eu congelo a papinha básica separadamente, e na hora de servir invento complementos.

Reply

Thatiana August 23, 2012 at 11:53

Entendi, mas uma perguntinha, desculpe o abuso, o fígado, por exemplo, eu posso cozinhar um monte de pedacinhos e congelar, e adicionar as papinhas um pouquinho quando eu for dar? A carne perde algum nutriente neste processo? Pensei em fazer assim: pego lá a batata doce com chucu e feijão congelado, e aí faço uma refoga de alho poró com salsinha por exemplo em um pouquinho de manteiga, ai junto a carne congelada e uma folha, e misturo a papinha nessa refoguinha. É certo fazer assim?

Reply

elsa May 22, 2013 at 19:56

gostaria de saber qual tipo de pimenta você utiliza em suas papinhas. obrigada

Reply

Larissa Arruda October 2, 2013 at 21:14

Ola!

Adorei seu site! Um grande achado!
Meu filhote tem 8 m … A duvida é a seguinte….
Pode congelar a papinha pronta?
Ex: carne, beterraba, espinafre?

Parabéns pelo site abraços

Reply

Pat Feldman October 2, 2013 at 21:43

Pode congelar sim!

Reply

Adriana November 6, 2013 at 23:37

Olá Pat, já tinha visto seu site em outro momento. Agora estava preocupada, pq minha bebê está com 6 meses, está almoçando e comendo frutas, e vamos fazer a nossa primeira viagem nesta situação. Pensei em congelar e levar congeladas mas fiquei com medo delas não aguentarem mesmo numa sacola térmica. Não sou contra as papinhas industrializadas desde que sejam dadas esporadicamente. Mas 1 semana comendo isso não dá!! Tiro 1 dia da semana para fazer as papinhas de 7 dias e dá muito certo e é mais rápido pq já cozinho vários legumes de uma vez e só faz as combinações. Tentei congelar os legumes crus, mas não deu certo, ficaram borrachudos e cheios de água…vi que tem que fazer a papinha e congelar assim mesmo! Coloco um pedaço de fita crepe no potinho e anoto tudo o que tem naquela papinha e a data que foi feita. Beijos!

Reply

Mirella October 13, 2014 at 20:26

Oi pat, vc recebeu meu e-mail? Estou aguardando sua resposta, e outra dúvida sobre congelamento, não é necessário usar o método de colocar na bacia com gelo assim que fica pronta?

Reply

Pat Feldman October 14, 2014 at 21:21

Olá Mirella, não recebi e-mail algum, desculpe!

Reply

Mirella October 14, 2014 at 22:05

Oi Pat, acho que realmente não foi. Mas falo por aqui, agradeci pela sua resposta da gema e perguntei quanto tempo dura a mamaderia da fórmula fora da geladeira? As vezes o Caique toma um pouco e larga. Por isso queria tirar essa dúvida.
E também sobre o congelamento como perguntei a cima.
Obrigada, beijos

Reply

Pat Feldman October 14, 2014 at 22:10

Mirella, o iogurte ajuda a conservar. Eu já cheguei a deixar um dia inteiro – se ela estragar, vai talhar, você nota só de olhar.

Reply

Mirella October 14, 2014 at 22:42

Ah ok. Obrigada pela dica.
E sobre o congelamento, não pecisa colocar a comida assim que ficou pronta numa bacia com gelo?

Reply

Pat Feldman October 15, 2014 at 8:00

Eu coloco na geladeira.

Reply

Mirella October 15, 2014 at 20:55

Obrigada Pat.
Deixa eu falar, o Caique anda meio enjoado pra comer, olha o que inventei para ele não ficar sem os nutrientes além do leite.
No almoço estou cozinhando por dois minutos o ovo e amassando com 1 colher (sopa) de manteiga e 1 de cream cheese caseiro. E na janta estou dando figado com caldo. Ele anda numa fase de recusa aos legumes. Mas o que você acha disso?

Reply

Pat Feldman October 16, 2014 at 5:55

Eu não teria feito diferente!

Reply

maurício October 18, 2014 at 21:21

oi pat,
moro no interior do RJ e estou pensando em fazer as papinhas para vender por aqui.
tenho uma dúvida: não é possível congelar ela totalmente pronta, com o “sal, pimenta, ervas e condimentos, óleo de coco, manteiga, azeite de oliva extra-virgem, verduras, outros legumes em cubinhos”?

pq assim como vc recomenda para o uso em casa, não dá para comercializar.

além de congelada, gostaria de oferecer tbm a alguns clientes as papinhas frescas, nesse caso a validade é de um dia para o outro?

ob

Reply

Pat Feldman October 20, 2014 at 12:24

Maurício, dá pra congelar toda pronta sim, mas nesse caso eu recomendo que você use pouco tempero. Papinha fresca eu usaria no máximo de uma dia para outro.

Reply

mauricio October 20, 2014 at 13:46

muito obrigado Pat. vc é um anjo; e muito atenciosa.
aqui em casa a Cecília, nossa filha de quase 9 meses, já está se beneficiando das suas receitas, que além de deliciosas, são saudáveis.
ontem, ela comeu a papinha, uma da sua receita, 19h30min e só foi acordar às 4h30min com fome. Isso é um prodígio, pq normalmente ele acorda meia noite, depois às 4h e por aí.
acho q faltava “sustança” nas papinhas dela, tadinha.
ob e ab meu e da minha esposa pra vc e pra família.

Reply

Leave a Comment

* IMPORTANTE: LEIA ANTES DE CLICAR EM "ENVIAR" * Ao enviar seu comentário, você fornece à Pat Feldman e ao Site CriancasNaCozinha.com.br 100% dos direitos autorais do seu texto, e fornece também uma licença PERPÉTUA (para toda a vida) e IRRETRATÁVEL (sem a possibilidade de voltar atrás) para a reprodução de suas palavras associadas ao seu nome, seja neste site, seja em outro site, seja em algum livro que venha a ser publicado, ou em qualquer mídia atual ou futura.

{ 2 trackbacks }

Previous post:

Next post: