Gelatina para crianças?

by Pat Feldman on 24/01/2010 · 46 comments

in Alimentação, ARTIGOS

gelatinaGelatina é quase uma unanimidade entre as mães, quase todas as criancinhas conhecem a sobremesa logo cedo – eu me incluo no grupo (quando criança). Por alguma razão obscura, a gelatina é tida como uma sobremesa leve e saudável.

Na casa dos meus pais nunca faltou gelatina, e eu comi tanto, que enjoei e hoje em dia nem posso ver uma gelatina pela frente!!        

Por que as mães acham saudável? Não faço idéia! Ou será que elas acham apenas que é prática, apetitosa, leve e fácil de preparar? Eu não sei o porquê da fama da gelatina, mas infelizmente esse “fama de boazinha” é uma das maiores enganações de que se tem notícia!!

Você já leu o que contém a sua gelatina em pó? São corantes, conservantes, flavorizantes e muuuuuuuito açúcar (ou adoçante na versão “diet”, pior ainda). Eu nunca tive dessas gelatinas em casa, mas vou até dar uma pesquisada para ver se acho uma caixinha onde eu possa copiar a lista de ingredientes para ocmentarmos sobre o assunto.

A verdadeira gelatina é simplesmente o colágeno que extraímos naturalmente dos ossos de animais (mocotó) ou de algas (ágar-ágar) e esta sim é extremamente saudável e nutritiva, porém não tem gosto de nada. Você pode aproveitar a falta de sabor dela e acrescentá-la em ualquer comida que fizer em casa. Uma colher de sopa em todas as refeições do seu filho e você garante uma boa dose de cálcio e outros nutrientes super importantes. A receita básica desta gelatina, que eu chamo de “Caldo de Mocotó”, está AQUI. Se você quiser preparar uma sobremesa gostosa, pode usar a receita de GELÉIA DE MOCOTÓ CASEIRA que eu já publiquei aqui no site, ou uma receitinha deliciosa que a Neide Rigo publicou no seu Come-se.

Não contente com tudo, a ProTeste andou testando gelatinas por aí e também não chegou a conclusões muito boas a respeito desse produto alimentício tão difundido na nossa cultura. Confiram o texto extraído do Ciência e Saúde (UOL):

Associação desaconselha consumo de gelatina por crianças

Da Redação

A Pro Teste, associação de defesa de consumidores, realizou uma avaliação com gelatinas em pó existentes no mercado e detectou excesso de açúcar, corantes perigosos e a presença de adoçantes em versões normais do produto. A conclusão foi que esses itens não devem ser consumidos por crianças.

A entidade avaliou 11 pós para gelatina sabor morango: quatro na versão tradicional, quatro na versão diet e três na versão zero.

Os problemas encontrados fo ram: açúcar em excesso, edulcorantes (adoçantes) em duas marcas que já continham açúcar, e a presença de um corante artificial, o Amarelo Crepúsculo, relacionado a hiperatividade em crianças. Adultos podem consumi-las, mas com moderação. Já entre as gelatinas sem açúcar, todas foram bem avaliadas.

“Não existe no Brasil uma legislação específica para gelatinas em pó. A Pro Teste avalia que a criação de normas que regulem esse alimento é fundamental para a definição de alguns parâmetros, como limite de açúcar e quantidade de colágeno e proteína, a fim de que as gelatinas sejam produzidas dentro de padrões de qualidade”, informou, em comunicado, a associação.

A adição de edulcorantes (adoçantes) não é recomendada no caso de alimentos destinados ao consumo por crianças e gestantes. O consumo é indicado apenas por restrição alimentar e com acompanhamento médico.

A avaliação está disponível no site da entidade: www.proteste.org.br.

Mais uma razão para ficarmos longe dos industrializados! Atenção queridos leitores, estamos falando da nossa saúde e da saúde da nossa família!!!

O UOL Ciência e Saúde publicou hoje (3/03) um complemento à matéria de ontem, confiram:

Pesquisa avalia corante de gelatina proibido em alguns países europeus

São Paulo – Pesquisa com 11 tipos de gelatina feita pela Pro Teste Associação de Consumidores mostrou que todos esses produtos utilizam o corante amarelo crepúsculo – produto permitido pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), mas proibido em alguns países da Europa. “Pesquisas demonstraram uma relação dessa substância (o corante) com hiperatividade e outros distúrbios de comportamento em crianças suscetíveis”, afirma o estudo, sublinhando que boa parte do esforço de marketing das gelatinas é voltada para o público infantil.

Além disso, quatro gelatinas com açúcar também receberam outras críticas. Duas utilizam adoçantes – Royal e Dr. Oetker – e, por isso, não seriam recomendadas para crianças e gestantes. Outras duas – Bretzke e Sol – apresentam, respectivamente, 10,9 e 8,8 gramas de açúcar por porção de 120 gramas. A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda para adultos o consumo diário de até 50 gramas de açúcar.

A quantidade de colágeno nos produtos foi considerada muito pequena, e, por isso, alvo de controvérsia. A Bretzke tradicional tem 0,76 grama. A Doce Menor Diet e a Dr. Oetker Diet apresentam 2 gramas. Estudos indicam que uma alimentação rica em colágeno traz benefícios para a saúde. “Precisamos de uma legislação que regule a quantidade de açúcar e de colágeno” afirma Manuela Dias, nutricionista da Pro Teste.

A Kraft Foods, responsável pelas gelatinas Royal, e a J. Macêdo, da linha de produtos Sol, afirmaram por nota que seguem rigorosamente a legislação do País. A Bretzke Alimentos apontou que a quantidade total de açúcar dos seus produtos é inferior à quantidade diária recomendada pela OMS para um adulto. Também informou que foi lançada uma linha com quantidade extra de colágeno para consumidores interessados “nos aspectos funcionais da substância”. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.

Envie para um amigo Envie para um amigo Versão para impressão Versão para impressão

{ 40 comments… read them below or add one }

Dr. Alexandre Feldman March 2, 2009 at 20:45

Bem, eu posso testemunhar que a receita de geléia de mocotó da Pat possui todas as características que esperamos de uma GELATINA, e é simplesmente deliciosa. Além de fazer muito bem para a saúde!

Reply

PatriciaUk March 3, 2009 at 6:49

Gelatina em Pó Sabor Amora ROYAL 35g

Ingredientes:
Açúcar, gelatina, sal, vitamina: A, C e E, regulador de acidez citrato de sódio, acidulante ácido fumárico, aromatizante, edulcorantes artificiais: aspartame, ciclamato de sódio, acesulfame de potássio e sacarina sódica e corantes artificiais: tartrazina e amarelo crepúsculo.

Qdo vou ao Brasil eu uso o site do pao de acucar para ver os ingredientes das coisas ja que eles tem a descricao dos ingredientes. Acho que vale a pena publicar os ingredientes dos nuggets…

Reply

Pat Feldman March 3, 2009 at 6:55

Obrigada Patricia!!!

Eu não sei vocês, mas eu, só de ler o que contém nessa gelatina, perco completamente a coragem de consumi-la… E a confirmação do que diz a matéira: mesmo numa versão não diet/light, o perigoso aspartame está presente…

CUIDADO COM GELATINAS INDUSTRIALIZADAS!!!!!

Reply

borboleta africana March 3, 2009 at 8:08

Mesmo as gelatinas designadas como de “origem vegetal” não são seguras para crianças (por causa dos corantes)?
Em regra uso a AGAR-AGAR mas para fazer as gomas das festas de criança. Provavelmente terei que adicionar sumos de fruta naturais. O que acham?
Obrigada

Reply

Alex Carlos March 3, 2009 at 8:37

Afe !
Ainda bem que quase não faço gelatina lá em casa…
Também já comi muita gelatina lá em casa quando jovem, mas talvez quando a gente era pequeno não existisse tanto veneno…só Deus sabe….
Abraços…

Reply

Silvina Fernández March 3, 2009 at 9:31

Gosto muito do seu blog, entro nele diariamente e agradeço todas as boas informações e sugestões que nos oferece. Agora, com relação à gelatina, a pediatra do meu filho, quando ele tinha 8 meses, recomendou dar-lhe gelatina para ayudar a melhorar da diarreia que tinha! eu não costumava dar gelatina às crianças e meu pai que era farmacéutica não deixava consumi-la em casa. Mas, confiando no médico, passei a preparar…
Beijos,
Silvina.

Reply

Pat Feldman March 3, 2009 at 11:21

Silvina, a gelatina DE VERDADE, aquela que eu citei do caldo de mocotó ou da geléia de mocotó é realmente excelente, inclusive para casos de diarréia. Porém as gelatinas industrializadas têm muito pouco ou quase nada do que oferece a versão natural.

Reply

Vanessa Bezerra March 3, 2009 at 9:59

Olá,
Eu costumo aconselhar aos meu pacientes a seguinte frase: Quanto mais nomes estranhos, letras e numeros misturados você ler no rotulo, maior a chance de estar consumindo algo ruim para o seu corpo, sendo assim nem coloque no carrinho!! Isso tem dado muito certo e assim conseguimos ir conscientizando as pessoas do quanto os alimentos industrializados podem fazer mal!!!
Parabens pelo novo visual do site, ficou ÓTIMO!!

Reply

Pat Feldman March 3, 2009 at 11:18

Vanessa, essa é realmente uma grande dica: se não consegue entender ou pronunciar algum dos ingredientes contidos no produto, nem compre, porque coisa boa não é…

Reply

Liana March 3, 2009 at 11:08

Eu como a Pat comi gelatina minha infância inteira, e sou normal….(há controvérsias…rsrsrs). Mas quando meu filho chegou a idade de consumir essas coisas, confesso que não tive coragem! Ele come na casa dos outros, claro, mas aqui em casa uso (muito raramente pra dizer a verdade) uma gelatina vendida em lojas de produtos naturais, a base de agar-agar e com corantes naturais (beterraba, etc). Como é excessão mais do que regra, não me preocupo muito, mas em geral a lista de ingredientes da maioria dos alimentos processados destinados ao público infantil é de arrepiar!!

Reply

Patricia March 3, 2009 at 12:18

Eu sempre fiquei na duvida em dar gelatina p/ minha baby. Sempre achei artificial demais… Vou experimentar a sua receita do caldo de mocoto Pat.
MAs minha baby tem 10 meses, o caldo eh indicado para essa idade?
Beijos

Reply

Pat Feldman March 3, 2009 at 12:21

Patricia, pode dar o caldo sem medo!

Reply

Diva Moraes Falcão March 3, 2009 at 13:18

Pat, que maravilha essas informações à respeito de gelatinas industrializadas. Gostaria de ter conhecimento tb sôbre as gelatinas em folha. Elas são boas para consumo?
Tenho sempre em casa Gelatina sem Sabor em Folhas incolor da marca OETKER. Este blog é realmente de utilidade pública. Grata. Diva Falcão.

Reply

Pat Feldman March 3, 2009 at 17:52

Diva, dá uma olhada no rótulo, veja nos ingredientes o que a gelatina incolor contém e mande pra gente saer aqui nos comentários.

Reply

Claryana March 3, 2009 at 20:23

Oi Pat…Eu acho que faz uns 10 anos que não como gelatina, só quando era mais nova mesmo. Eu realmente fiquei pensando sobre a gelatina incolor. Aqui em casa até compramos um dia para incrementar uma receita (confesso que fiquei meio receosa)mas assim estava escrito: IGREDIENTES: GELATINA. Só isso. Essa é a gelatina da marca Dr.Oetker.

Beijos

Reply

Vanesasa March 3, 2009 at 21:00

Pat,
eu preparo para a minha filha uma gelatina de uva usando apenas gelatina em pó sem sabor (royal) e suco de uva integral sem corantes e conservantes. Será que faz mal tbm?

Reply

Pat Feldman March 3, 2009 at 21:52

Meninas, eu não olhei os ingredientes contidos nas gelatinas incolores. Quem tiver a caixinha em casa, anote aqui nos ocmentários para que possamos discutir o assunto!

Eu ainda prefiro o agar-agar ou o caldo de mocotó, que não tem gosto nem cheiro de nada, é muito mais nutritivo e se presta muitíssimo bem para o preparo de muitas sobremesas!

Reply

Débora Lemos Dal Corso March 3, 2009 at 22:32

Olá, Pat…
Realmente, as gelatinas sem sabor, tanto no formato pó quanto no em folhas, seja da marca Royal ou Oetker dizem conter apenas gelatina em pó ou em folhas. Só isso.
Será que essa é segura?

Reply

Silvana March 4, 2009 at 1:07

Oi Pat, amei seu blog, tenho uma baby que fará 2 anos em abril, e conhecer seu blog tem me tirado muitas dúvidas e me ajudado em relação a melhor alimentação.
Eu tenho aqui em casa uma caixinha de gelatina em pó sem sabor e vou descrever: Eu moro nos USA e não sei se tem aí no Brasil a mesma marca: é Knox (Kraft Foods North America): Nutrition Facts:Protein: 2g Not a significant source of protein. Not a significant source of fat cal, Sat Fat, Trans Fat, Cholest, Fiber, Sugars, Vitamin A, Vitamin C, Calcium, and iron. Ou seja, nada está claro né…rsrs…
Também gostaria de umas dicas, minha filha come 2, 3 colherinhas de comida e já não quer mais…o que preciso fazer para melhorar seu apetite, ou é assim msm.
Muito obrigada pelo site maravilhoso!
Abraços
Silvana

Reply

Patricia March 4, 2009 at 11:24

Eu tbm tenho a mesma gelatina que a Silva e diz: Ingredients: Gelatin
Fica no 0x0
Acho q devem ser os mesmos ingredientes de uma gelatina comum, apenas s/ o colorante e s/ o sabor artificial.

Reply

Silvina Fernández March 8, 2009 at 9:33

Paty, muito obrigada, vou tentar fazer a gelatina de mocotó. Beijos,
Silvina.

Reply

Adriana March 9, 2009 at 11:31

Silvana, eu estava pesquisando sobre gelatina e vi sua dúvida com relação a alimentação da sua filha… Eu tenho uma filha de 2 anos e 7 meses, e ela sempre comeu MUITO pouco (no primeiro mês de vida ia de 3 em 3 dias no pediatra pesar)… ela mal abria a boca, sempre mordidas pequenas, colheradas pequenas e poucas.. e mais ou menos com 2 anos e 4 meses o apetite dela abriu, e ela agora come muito bem. Nunca me estressei porque ela sempre estava acompanhada com o pediatra, e nunca neguei leite a ela. Fazia comidas que ela gostava, brócolis, macarrão.. não forçava carne, sopa.. e agora vai tudo. Minha dica pra você é dar o que ela gosta que seja saudável, que o resto ela vai se adaptando. Meu médico sempre falava que até os 2 anos, é uma fase de transição da criança, de mudança de leite, pra comida pastosa, pra comida em pedaços.. então pra não preocupar. Logo ela vai mudar, ainda mais vendo outras crianças comendo (escolinha, prédio, condomínio…).
Abraços,
Adriana

Reply

Silvina Fernández March 15, 2009 at 14:28

Paty, fiz a geléia de mocotó e saiu espetacular!!! Todo mundo adorou e vou repetir. Só queria saber duas coisas: se pode ser congelada e como dar outros sabores, para ir variando e a criançada não enjoar do mesmo sabor sempre.
Como sempre, muito obrigada!!!
Silvina.

Reply

Graciele de Souza Campos March 24, 2009 at 11:57

Sempre acreditei que gelatina fosse bom!
O Pediatra da minhas filhas já me recomendou algumas vezes em caso de desidratação.Agora sabendo desta história se ele me disser que é necessário vou dizer:entra no blog da Thaís Saito para o Sr se manter informado.

Reply

Janete May 13, 2009 at 12:58

Gostaria de saber se as gelatinas incolores com suco de fruta natural também apresentam riscos ao consumo por crianças.
E gostaria de saber também se oferecermos às crianças a gelatina uma vez, no máximo duas ao mês, também causa prejuízo ou se trata de um consumo intenso do produto.

grata
Janete

Reply

Pat Feldman May 13, 2009 at 14:21

Janete, elas fazem mal sim, mesmo poucas vezes, porque se nessas poucas vezes as cianás gostarem, fica difícil restringir sem ser chata, sem fazer sofrer. Uma opção é o agr-agar ou a gelatina feita a partir do tutano de boi, super nutritivo. Aqui no artigo mesmo tem link para as receitas.

São tantas frutas disponíveis e tantas formas diferentes de prepará-las, que usar gelatina comercial realmente é desnecessário na minha opinião.

Reply

CINTHYA October 6, 2009 at 17:21

OÍ PAT,ADOREI SEU BLOG E PRINCIPALMENTE A RECEITA DE GELÉIA DE MOCOTÓ CASEIRA.EU GOSTARIA DE SABER SE HIPERTENSOS PODEM CONSUMÍ-LA SEM PROBLEMAS PRA SAÚDE,E SE POSSO TROCAR A RAPADURA OU OS OUTROS AÇÚCARES DA RECEITA POR ADOÇANTE,É QUE MINHA FAMÍLIA É QUASE TODA DIABÉTICA E NÃO PODE CONSUMIR AÇÚCAR E NADA MUITO GORDUROSO,ELES VIVEM FAZENDO DIETA.PARABÉNS PELO SEU TRABALHO.
OBRIGADA,CINTHYA.

Reply

Flavia Bernardo December 30, 2009 at 10:13

Pat, e a gelatina “minha Gelatina” da Dr. Oetker? Uma linha voltada pro público infantil.
Conhece?
No site diz que nao contem corantes naturais.
Veja só:

Minha Gelatina Uva* Enriquecida com polpa de uva e beterraba
* Fonte de vitaminas: A,D,B1,B2 e B6
* Fonte de Minerais: Ferro e Zinco
* Não contém gordura ou colesterol
* Não contém corantes artificiais

Ingredientes:
Açúcar, gelatina, polpa de beterraba, polpa de uva, vitaminas A, D, B1, B2, B6, ferro, zinco, acidulante ácido fumárico, regulador de acidez citrato de sódio, corantes naturais antocianina e carmim e aromatizante.
NÃO CONTÉM GLÚTEN.

Posso dar dessas pro meu filho?

bjs
Flávia

Reply

Pat Feldman December 30, 2009 at 16:49

Flavia, poder, pode tudo! Mas eu não daria essa gelatina para o meu filho de jeito nenhum, a começar, por causa do açúcar!

Reply

marla felipe July 13, 2010 at 18:39

Olá Pat, a alga ágar agar que encontrei era em pó,é dessa que se usa na gelatina? Vc me recomenda alguma marca? Tbém gostaria de saber comprar a alga kombu,só encontro desitradada, é assim mesmo? Pat vc tem óleo de côco pra vender? Moro no Espírito Santo, por quanto ficaria, por favor me mande um e-mail pra maiores esclarecimentos.Obrigada Pat,vc tem ajudado muitas famílias brasileiras a conquistarem saúde através de uma alimentação mais consciente! Parabéns!!!

Reply

Igor Leal October 8, 2010 at 14:56

Olá Pat,

Tem um tempinho que tenho tentado fugir da gelatina como sobremesa para minha filha de 1 ano e 9 meses Beatriz por receios em relação à altíssima quantidade de açúcar e, talvez ainda pior, a possibilidade de corantes maléficos à saúde. Tanto é que já fiz umas duas vezes sua receita de geléia de mocotó e Beatriz ADORA!

Na minha última ida ao supermercado encontrei uma gelatina da marca Dr. Oetker que custava R$ 1,50, o dobro das outras opções, de uma linha chamada Minha Gelatina. Podem ser vistas no site da empresa: http://www.oetker.com.br/?actA=211&linhaID=14&sublinhaID=43. Fui ler a lista de ingredientes e lá diz que são utilizados apenas corantes naturais como carmim, urucum, polpa de beterraba na de uva e polpa de cenoura na de morango.

Você conhece essa versão de gelatina? Ela é mesmo melhor? Ou menos pior? Será que podemos comprar sem medo? Pergunto isso pois não sei se podemos acreditar nessas empresas alimentícias… Fico sempre com o pé atrás!

Obrigado e parabéns pelo excelente trabalho!

Reply

Pat Feldman October 8, 2010 at 22:08

Igor, eu não conheço essa opção e na verdade estou cada vez mais por fora dos industrializados… Mas penso como você: estou sempre com um pé atrás no que diz respeito a essas afirmações boazinhas da indústria alimentícia!!

Reply

Combi Boilers  October 18, 2010 at 2:57

aspartame have some bad side effects too so be careful with it:,.

Reply

Pat Feldman October 18, 2010 at 9:10

I think aspartame is even worse than sugar!

Reply

re January 25, 2011 at 1:00

Paty,
uso o agar agar com suco natural de uva e frutinhas picadas…fica muito gostoso…

Reply

Gi, Dentro da Bota June 7, 2011 at 9:44

compartilhando!!!!

Reply

CLARA December 8, 2011 at 17:35

Olá Pat…..que maravilha a sua receita de geleia de mocotó…pergunta se a clarinha fez a receita….? pergunta se clarinha gostou da geleia de mocotó…? Resposta : Clarinha fez e comeu a geleia… de mocotó, só não gostou porque não sobrou mais para mim…rkkkkkk
Excelente oportunidade de melhorar nossa saúde e das crianças!!! Obrigada!!
Clara

Reply

Pat Feldman December 8, 2011 at 18:09

Super saudável, que bom que gostou!!!

Reply

Flávio Rodrigues February 18, 2014 at 16:10

Gostaria de expressar minha indignação com relação às gelatinas oferecidas pela maioria de seus fabricantes, onde quase todas passaram a usar aspartame, ciclamato de sódio na formulação de seus produtos. Faço esta observação, pois acho que a opção do produto apenas com açúcar não deveria sumir das prateleiras dos supermercados, tendo em vista que muitas crianças consomem tal produto.
Espero que olhem atentos a esta solicitação, pois é uma pena ver um produto que faz parte da infância de todas as crianças tomarem este rumo!!! Informo que este mesma mensagem será enviada a todos os fabricantes, pois todos passaram a usar tal veneno em seus produtos.

Reply

Pat Feldman February 18, 2014 at 19:16

Ótimo alerta, Flávio!!!!! É realmente um absurdo entupirem gelatinas de adoçantes, se bem que se adoçante fosse o único problema da gelatina…..

Reply

Leave a Comment

* IMPORTANTE: LEIA ANTES DE CLICAR EM "ENVIAR" * Ao enviar seu comentário, você fornece à Pat Feldman e ao Site CriancasNaCozinha.com.br 100% dos direitos autorais do seu texto, e fornece também uma licença PERPÉTUA (para toda a vida) e IRRETRATÁVEL (sem a possibilidade de voltar atrás) para a reprodução de suas palavras associadas ao seu nome, seja neste site, seja em outro site, seja em algum livro que venha a ser publicado, ou em qualquer mídia atual ou futura.

{ 6 trackbacks }

Previous post:

Next post: