Salada de Trigo com Damascos

by Pat Feldman on 03/01/2014 · 10 comments

in Acompanhamentos, RECEITAS, Saladas

Screen Shot 2014-01-03 at 11.38.38Nos últimos anos eu venho oferecendo aos meus leitores de São Paulo algumas opções da minha cozinha para enriquecer a mesa de suas festas de fim de ano. Eu já tenho algumas opções clássicas, que não podem faltar de jeito nenhum, mas a cada ano gosto de incluir duas ou três novidades, só porque sou novidadeira e pronto!

E a novidade mais gostosa desse ano foi essa salada, que combinou com o frango caipira assado, com o peru de Natal (sim, esse ano eu consegui meu peru SADIO!!!), com o filé mignon e com todo o resto, foi essa salada de trigo, que como sempre eu inventei meio de cabeça.

No calor que faz aqui no nosso país eu definitivamente cheguei à conclusão que nossas ceias de Natal e ano Novo devem ser fresquíssimas, leves e geladas. Na verdade todas as refeições do verão deveriam ser assim!! No meu cardápio de sugestões, de quente só tinham as carnes, o resto tudo frio, no máximo à temperatura ambiente. Quem provou, AMOU, não posso ser modesta. E todos saíram da mesa felizes e levinhos!

Como qualquer grão, o trigo deve ser deixado de molho antes de cozido lentamente. No caso do trigo em particular, recomendo no mínimo 12 horas de molho – eu gosto de deixar perto de 24 horas de molho. Por conta disso, ou você programa o preparo dessa salada um dia antes de servi-la, ou você faz como eu já sugeri outras vezes: lembra de deixar de molho e cozinhar lentamente um monte de grãos de trigo, só com água e sal, e depois separa em porções e congela. A vida fica bem mais prática com essa medida!

Ingredientes:

(rende para cerca de 6 pessoas como acompanhamento)

2 xícaras de grãos de trigo

3/4 de xícara de damascos secos

suco de 3 laranjas (usei do tipo pera)

1/2 xícara de cebolinhas picadas

1/2 xícara de amêndoas laminadas ou pignoles levemente torrados

Modo de Preparo:

Deixe os grãos de trigo de molho em água e uma colher de sopa de soro de iogurte ou gostas de limão à temperatura ambiente por 12 a 24 horas.

Escorra a água do molho e lave os grãos de trigo em água corrente.

Cozinhe os grãos de trigo em 4 xícaras de água filtrada ou caldo de legumes caseiro e uma colher de chá de sal. Cozinhe lentamente, nada de panela de pressão!

Logo depois que você deixar os grãos de trigo de molho – um dia antes de servir a salada – corte os damascos em tiras e misture ao suco de laranja. Guarde num pote com tampa na geladeira – os damascos vão se hidratar levemente com o gostinho da laranja, que é o que faz toda a diferença nessa salada.

Com o trigo cozido, deixe que ele esfrie um pouco e misture todos os ingredientes, menos as amêndoas ou pignoles, que devem ser acrescentados imediatamente antes da salada ir à mesa.

Sirva à temperatura ambiente, assim que ficar pronto, ou gelado. Acompanha saladas verdes, ou qualquer tipo de carne, e porque essa salada tem o adocicado dos damascos, vai muitíssimo bem com carnes de tempero mais fortes e/ou picantes.

Envie para um amigo Envie para um amigo Versão para impressão Versão para impressão

{ 10 comments… read them below or add one }

Paula January 3, 2014 at 15:18

Parece deliciosa, pena que o trigo integral, mesmo deixado de molho, me dê tanta indigestão.
Já cheguei a demolhar por mais de 24h, enxaguo muito bem e continua… Então desisti, é o único cereal que me faz mal e existem tantas outras possibilidades…
Será que com centeio também fica legal?

Reply

Pat Feldman January 3, 2014 at 21:16

Paula, eu nunca fiz, mas acho que com cevadinha deve ficar uma delícia!! Ah, e com arroz selvagem também!

Reply

penelope January 4, 2014 at 6:16

Pat, estou pela primeira vez morando sozinha, nunca na vida me atrevi na cozinha, chegou a hora, tenho sentido receio, mas arregaçar as mangas me fará bem, admiro muito o trabalho do seu marido, e fiquei encantada com o seu blog, já comentei aqui algumas vezes, ainda não li o blog inteiro porque é muita informação, mas ainda chegarei lá. Minhas dúvidas são:

1) Posso usar essas espátulas de silicone ao cozinhar? Sei que que essas colheres de pau acabam se tornando refúgio de bactérias. Posso comprar utensílios de silicone e bambu?

2) Confesso que acho trabalhoso descascar cebola e alho. Posso fazer minhas própria pasta para consumo? Tipo, bater em liquidificador separadamente cebola e alho e armazenar cada um, em um pote de vidro, separadamente? Assim não teriam condimentos, conservantes. Quanto tempo durariam na geladeira?

Obrigada pela atenção,
Penélope.

Reply

penelope January 4, 2014 at 6:18

Esqueci de perguntar se a cebola e o alho que eu bater no liquidificador podem ser armazenados juntos no mesmo pote de vidro, ou tem que ser separado.

Penélope

Reply

penelope January 4, 2014 at 6:47

Desculpa voltar tão rápido, com mais perguntas (deveria ter feito todas de uma vez)
Li em alguns blogs pessoas utilizando muito óleo de cozinha refinado, e sal nos seus temperos caseiros, porque alegam que só dessa forma não estragam rapidamente. Uma receita indica 2 copos de óleo refinado, achei tão absurdo. Isso é verdade? Porque se eu fizer a pasta de cebola e alho, é justamente por querer algo saudável, já não consumo mais sal refinado e sim o do Himalaia (bem difícil achar o sal francês que você recomendou) não quero entupir meu produto de óleo, como também não seria prático se a pasta se estragasse em em uma semana.

Penélope

Reply

Pat Feldman January 4, 2014 at 17:54

Penélope, eu já publiquei uma receita aqui no site que deve facilitar muito a tua vida: http://pat.feldman.com.br/2009/08/17/tempero-completo-caseiro/

Reply

Mila Tannus January 4, 2014 at 15:07

Olá Pat,
Estou adorando seu site!
Quanto ao Peru, também odeio aquele gosto horroroso de Peru da Sadia.
Conta pra gente onde você conseguiu o seu Peru.
Abraços

Reply

Pat Feldman January 4, 2014 at 16:03

Mila, um conhecido meu da feira foi quem conseguiu. Eram pouquíssimos, por isso nem deu pra divulgar…

Reply

Lisi January 4, 2014 at 22:05

Olá, Patrícia!
Adoro o teu site! Acompanho teu trabalho e te admiro muito.
Gostaria de saber se você já leu o livro Barriga de Trigo.
Claro, sei que cada organismo é diferente, mas no meu caso retirei esse alimento da minha vida e só tive excelentes resultados (emagrecimento e melhora do humor). Antes eu insistia (deixava de molho, comia só os integrais), mas percebi o veneno que o trigo é para mim.
Beijo grande!

Reply

Claudia January 5, 2014 at 3:07

li sua receita sobre a pasta de alho, também tenho dúvidas como a Penélope.
É obrigatório o sal? (serve como conservante, é isso?) Se for obrigatório pode ser usado o sal rosa? O azeite pode ser modificado pelo óleo de coco orgânico?

Resumindo, só alho e sal batidos no liquidificador não pode, é isso?
Feliz 2014!

Reply

Leave a Comment

* IMPORTANTE: LEIA ANTES DE CLICAR EM "ENVIAR" * Ao enviar seu comentário, você fornece à Pat Feldman e ao Site CriancasNaCozinha.com.br 100% dos direitos autorais do seu texto, e fornece também uma licença PERPÉTUA (para toda a vida) e IRRETRATÁVEL (sem a possibilidade de voltar atrás) para a reprodução de suas palavras associadas ao seu nome, seja neste site, seja em outro site, seja em algum livro que venha a ser publicado, ou em qualquer mídia atual ou futura.

Previous post:

Next post: