Aniversário no Parque

by Pat Feldman on 12/05/2013 · 15 comments

in Datas Comemorativas, Festa de Aniversário, MAIS...

Screen Shot 2013-05-12 at 10.02.05Nessa 2a. feira, dia 13 de maio, meu filhote mais velho completa 8 anos de idade!!!!!

Ano passado, pela primeira vez, fiz uma festinha no buffet. Festinhas em buffet definitivamente não são a minha cara, principalmente porque esse tipo de trabalho eu não me importo nadinha em ter: adoro cozinhar, preparar, receber, e sou muito festeira!!! O que me falta é espaço. Apartamento definitivamente não comporta comemorações lotadas de crianças – o meu apartamento em especial, que não é dos maiores. E pra piorar, meu prédio – muito antigo – não tem salão de festas.

Achei um buffet que se aproximava razoavelmente bem do que eu acho que tem que ser uma festa de criança. Nesse buffet não tem jogos eletrônicos, luzes alucinantes ou músicas barulhentas. Nada contra quem gosta e faz, mas não é a minha cara!

Nesse buffet do ano passado tinha brincadeira de roda, brinquedos de madeira, músicas brasileiras e muita comidinha gostosa. Não exatamente super caseira ou super saudável, mas me pareceu melhor que a média. E as queridas ainda me deixaram levar de casa um picadinho – esse sim caseiro – para incrementar a hora do almoço.

Pra quem ficou curioso e quer/precisa de festinha no buffet infantil, recomendo a Casa Tupiniquim.

Mas eu sou teimosa, e não deixei de lado a ideia de uma festinha com cara de casa tudo mais pitoresco, sem regras ou horários. Não tinha pensado em nada para esse ano e vi a carinha triste do meu filho quando, com uma alegria meio sem vergonha, combinei com ele um almoço bem gostoso com a família para comemorar junto o dia das mães e o aniversário dele. Tudo bem, ele adora a família, mas a idéia não empolgou…

Eis que na última 2a. feira a noite eu tive uma ideia muito maluca, que eu nem sabia como faria para colocar em prática, nem sabia se daria certo ou se as crianças iam aproveitar: um picnic no parque!

Decidi pelo Parque da Água Branca, que eu acho um parque menor, mais aconchegante e cheio de bichinhos fofos pra criançada curtir.

Screen Shot 2013-05-12 at 18.35.24

A parte das comidinhas estava garantida! Eu faço tudo em casa e pra ajudar, lá no parque, em frente ao galpão da feira de orgânicos – onde marquei o encontro – tem um quiosque que serve um monte de gostosuras para um belo café da manhã orgânico (aliás, recomendo!). Usei de apoio, comprei delas os sucos e café para quem pediu.

E o que fazer para entreter as crianças?? Quando eu era criança, nas festinhas, as crianças se entretiam sozinhas, com bolas, jogos e brincadeiras, mas parece que hoje em dia quando não tem monitor, as crianças simplesmente não sabem o que fazer… Eu fiquei quebrando a cabeça com o que fazer sem gastar um absurdo e sem tirar do parque aquela cara de lugar gostoso, calmo e aconchegante.

Pensei numa contação de histórias – tem pessoas incríveis que fazem esse tipo de trabalho – mas vejam bem, eu decidi 2a. feira a noite um evento que faria no sábado de manhã!!! Correria é apelido, então conseguir um profissional foi complicado e não deu mesmo…

Sem nenhuma opção de monitoria ou coisa do tipo, contei com a animação e a criatividade das crianças para se divertirem sozinhas. Sem pedir nem programar, contei com a empolgação da Márcia, mãe de um dos amiguinhos, que os levou para conhecer vários pontos do parque: o lago de carpas, o aquário e os parquinhos. Na nossa mesa de picnic mesmo as crianças ficaram pouco – como eu já disse outras vezes, quem come em festa de criança é o adulto. Criança só quer se divertir!

Mas como sou eu, e como era um picnic no parque, as comidinhas não poderiam deixar de estar lá, tudo feitinho em casa (menos o bolo, feito por uma amiga da minha irmã). Olha cada opção bacana e prática, fácil de levar e que fez sucesso entre as crianças:

  • Espetinhos caprese, aquele de queijo e tomatinho, que já está quase virando minha marca registrada
  • Ovinhos de codorna cozidos, temperados só com sal. As crianças acham o máximo comer o que elas chamam de “ovo-bebê”!
  • Bolinhos de carne com ketchup caseiro
  • Bolos artesanais super deliciosos, de fubá, de limão e de milho, que eu comprei lá na feirinha de orgânicos
  • Cookies incríveis, com gotas de chocolate, que eu encomendei da Paula Cinini, da The Cookie Shop (gente, é de comer de joelhos, de tão bom!!!)

A minha mãe, morrendo de medo de faltar comida, levou 3 variedades de pão de queijo da padaria (e pão de queijo não tem jeito, bom ou ruim, caseiro ou não, sempre faz sucesso!!!), bisnaguinha e mais umas coisas que acabaram nem saindo do carro!

As crianças correram, se cansaram MUITO, correram mais, beberam sucos orgânicos feitos na hora (pedi lá no quiosque do parque que serve o café da manhã orgânico), comeram um pouquinho, cantaram parabéns, e no final, peguei a molecada toda com gravetos na mão, brincando de “cowboy” – os gravetos, com a criatividade e a imaginação deles, viraram os revólvers e espadas.

Então pra resumir: tivemos uma festa linda ao ar livre, num dia de sol espetacular, com atividades educativas como a visita ao aquário, com comida de verdade, com bebidas gostosas, água da bica, SEM monitores e com muita alegria e brincadeiras.

No próximo aniversário do seu filho, recomendo que você saia um pouco da sua zona de conforto e pense numa atividade diferente. Os buffets infantis são divertidos, não posso negar, mas existe vida e alegria além deles, e as crianças só precisam de novos estímulos para querer e gostar.

Os pais acharam o máximo e se divertiram e relaxaram também.

Eu tive muito pouco trabalho. Mais trabalho do que só chegar no buffet e receber os convidados é claro, mas nada que me deixasse de cabelo em pé. O bolinho de carne eu poderia ter feito, não é difícil, mas pedi pra  fiel escudeira da minha mãe, que me conhece desde criança e é especialista no assunto. Os ovos de codorna são chatinhos pra descascar, mas nada absurdo. Os espetinhos de queijo e tomate são fáceis demais, as crianças vão amar ajudar a prepará-los, e se você não quer nem ter o trabalho de cortar o queijo em cubinhos, pode simplesmente comprar aqueles queijos que já vem em bolinhas.

A propósito, desculpas públicas aos muitos amigos queridos e seus filhos que esqueci de convidar. Sim, tenho que admitir que na correria, esqueci mesmo… Veio de verdade quem está super por perto no nosso dia a dia, o que não significa que quem não está tão por perto seja menos amigo ou menos querido….

Screen Shot 2013-05-14 at 11.43.56 Screen Shot 2013-05-14 at 11.44.11 Screen Shot 2013-05-14 at 11.44.27 Screen Shot 2013-05-14 at 11.43.38 Screen Shot 2013-05-14 at 11.43.08 Screen Shot 2013-05-14 at 11.42.33 Screen Shot 2013-05-14 at 11.39.58Screen Shot 2013-05-14 at 11.39.58 Screen Shot 2013-05-14 at 11.42.33 Screen Shot 2013-05-14 at 11.43.08 Screen Shot 2013-05-14 at 11.43.38 Screen Shot 2013-05-14 at 11.43.56 Screen Shot 2013-05-14 at 11.44.11 Screen Shot 2013-05-14 at 11.44.27

Envie para um amigo Envie para um amigo Versão para impressão Versão para impressão

{ 15 comments }

Thalita May 13, 2013 at 10:47

Queria ter feito algo assim pra festa de um ano do meu filho, mas janeiro no Rio de Janeiro é muitíssimo calor e chove demais. Achei arriscado. No fim, choveu o dia todo mesmo. acho q nunca vou realizar esse sonho, pelo menos não enquanto morar no Rio :(

Fernanda May 14, 2013 at 12:21

O aniversário do meu filho esse ano foi piquenique também! Foi bem legal, a única diferença é que como chamamos só a família, deu pra fazer com a toalha xadrezinha no chão, bem tradicional. Gosto muito de festas ao ar livre. Parabéns para o seu filho, deu pra ver que ele se divertiu bastante.

Elizabeth Ambiel Pires May 15, 2013 at 9:27

Sou admiradora sua e suas propostas, achei super legal vc incentivar as mães a esse tipo de entretenimento. Mutas são ocupadas demais e perdem esses momentos de riqueza sem fim.

Natalie May 15, 2013 at 17:10

Pat, estou com ideia de fazer algo parecido pro aniversário de dois anos do meu filho e foi ótimo encontrar esse seu post, com suas dicas. Vamos ou fazer um pique-nique num parque (gostei da ideia do Água Branca, não tinha pensado nele. Não é tão perto da minha casa, mas é melhor pras crianças que o Ibirapuera) ou numa praia!
Obrigada por compartilhar essa experiência.

Cacilda May 16, 2013 at 9:15

Para quem quiser se inspirar e fazer reuniões ao ar livre.

http://www.amilonga.com.br/2011/10/aniversario-feito-mao-as-mesas-de.html

Elaine MOhri October 21, 2014 at 13:31

olá…
Adorei de verdade, todas as suas dicas, esse ano estou pensando em fazer umna festa no pq para meu filho que completa 5 aninhos em novembro, o unico problema é que moro em sp e o clima, nesta época é sempre instavel,, tenho um pouco de medo, mas vou arriscar, estou pensando em fazer no pq do anhanguera, onde existem quiosques cobertos com churrasqueiras, vou ver se posso colocar um toldo como complemento ono local e vou soltar a imaginação e criatividade nos preparativos, se vc tiver alguma dica por favor me escreva.
bj

Camila Ricciardi March 17, 2015 at 14:06

Oi… tenho uma pergunta… rs… estou querendo fazer um pic nic para o meu filho, a dívida é… como você se acomodou no parque? chegou super cedo para guardar lugar? ou fez algum tipo de reserva? (apesar de crer que isso não existe rs…) outra coisa… vi que estava bem sussegado no dia que você fez, pelas fotos…. no final de semana eh mto mais cheio? Vou fazer no mesmo parque…

Obrigada,

bjs

Pat Feldman March 17, 2015 at 15:00

Camila, eu fiz num sábado, e como sempre chego cedo lá porque faço feira, não tive problemas, mas o parque enche bem sim, viu!

Tassia Santos January 17, 2016 at 17:45

Oi, amei, desculpe a pergunta boba mas tenho maior pânico de chegar alguém do parque e falar hei, não pode festas aqui hahah, isso não acontece mesmo né? Parabéns pela sua festa :) O meu problema tbm é que faria em julho, você acha que dá pra fazer nesta época de inverno?

Pat Feldman January 17, 2016 at 19:40

Nunca vi desse tipo de problema, mas na dúvida, conversa antes com a administração do parque. Quanto ao mês, já fiz em maio e em julho e foi ótimo!

gabriela January 18, 2016 at 11:38

Olá!! Parabéns pela festinha! Pareceu deliciosa e divertida! Vou fazer a festinha de 2 anos do meu filho lá no Parque da Agua Branca. Sempre vamos lá, mas nunca fiz piquenique. Pelo que vi, vc fez a festinha na frente da feirinha de orgânicos. Foi lá? Lá tem algum espaço? Essas mesas ficam sempre lá? Sei que o parque tem uma área reservada para piqueniques mas, não sei se lá é tão gostoso. Você conhece?
Beijos e muito obrigada por compartilhar :)

Maria Elisa April 21, 2016 at 13:15

Oi! Tudo bem? Estou querendo fazer a mesma coisa para o aniversário de 1 ano do meu filho em julho. Você alugou as mesas e cadeiras de madeira ou elas estão no parque? Muito obrigada!

Pat Feldman April 21, 2016 at 21:30

Elas ficam no parque.

Amauri Alves da Silva April 24, 2016 at 14:35

Muito boas, tanto ideias como execução.

Estas mesas ficam próximas dessa área do parquinho?

Pat Feldman April 24, 2016 at 21:37

Não. Fica ao lado do galpão da feira de orgânicos.

Comments on this entry are closed.

Previous post:

Next post: