Bolo de Chocolate sem farinha

by Pat Feldman on 02/02/2011 · 136 comments

in Bolos, COMPRE DA PAT!, Lancheira da escola e dos passeios, RECEITAS, Sobremesas

cimg1613

Para adoçar o fim de semana, a semana, a lancheira, a sobremesa ou o aniversário de forma saudável, segue minha super receita, sem farinha e sem industrializados.

Modéstia a parte, uma delí­cia!!!!!!!

E sabe a melhor parte dessa receita de bolo de chocolate? É tão fácil de fazer, que até as crianças mais novinhas võ adorar ajudar!!!


Ingredientes:
– 7 ovos caipira
– 7 colheres (sopa) de cacau puro em pó (sem açúcar – já existe no mercado o cacau puro da marca Garoto e o orgânico Callebault)
– 5 colheres (sopa) de rapadura ralada ou melado de cana (hoje me dia eu já ponho até menos – questão de acostumar)
– 100 g de coco ralado
– 2 colheres (sopa) de manteiga ou óleo de coco ou uma mistura dos dois
– 1 colher (sopa) cheia de fermento em pó (opcional – se você não colocar o fermento, o bolo fica mais “massudo”, muito parecido com um brownie)

Modo de Preparo:
Bater todos os ingredientes no liquidificador até obter uma mistura homogênea.
Colocar em uma assadeira redonda baixa, untada com manteiga e/ou azeite extravirgem e/ou óleo de coco.
Levar ao forno pré-aquecido por cerca de 25/30 minutos.

Na hora de servir pode-se polvilhar coco ralado por cima ou um pouco de canela em pó.
Pode-se também enfeitar com frutas vermelhas cozidas rapidamente (sã as frutas, sem açúcar!).

spiced_chocolate_cake-1.jpg
Se você tiver um fornecedor de confiança, compre creme de leite fresco, cru, e bata até obter consistência de chantilly. Caso queira, adoce com pitadas de rapadura ralada (é o melhor chantilly do mundo, garanto!).

Fica uma daquelas gostosuras de revista, e saudável até não poder mais!!!!

Bom fim de semana para todos!!!!!

Envie para um amigo Envie para um amigo Versão para impressão Versão para impressão

{ 115 comments }

Emiko March 9, 2007 at 23:03

Pat,ja te contei que esse foi o bolo do aniversario do Andreas…Delicioso,saudavel,e agora me deu vontade,acho que amanha faco denovo…rsrs

Angela March 10, 2007 at 20:36

Eu também amo esse bolo! :)
Fiz ano passado no dia dos namorados! Ah, e usei uma forma em forma de coração! :))

Simone March 28, 2007 at 10:13

Nossa Pat fiz esse bolo esse fim de semana, simplesmente espetacular!!
obrigada

patblog March 30, 2007 at 16:58

Já estou preparando mais um para o fim de semana!!

Com esse calorão ele fica perfeito com iogurte, chantilly ou compota beeeeem geladinha!!!

Sheila September 17, 2007 at 12:12

Gostaria de saber se tem receita de bolo de chocolate som coco??

Pode me ajudar?

Abraços

Sheila

Cristina October 10, 2007 at 16:50

Pat, boa-tarde. Sou fiel paciente do teu marido (apesar de ser de SC) e sigo à risca a dieta Feldman. Resolvi fazer o bolo de cacau, mas precisei modificar um pouco a receita. Como não consegui coco fresco ralado, comprei um pacotinho de 100g (puro, sem açúcar ou aditivos) e hidratei com 100ml de leite de coco (também puro). Da primeira vez, usei as 7c.s. de cacau, mas ficou muito forte para os outros (pra mim, ficou perfeito). Da segunda, usei 4c.s. e também ficou delicioso. Eu não uso o fermento (morro de medo de me dar dor). O bolo, tanto na versão super amarga quanto na mais amena é absolutamente delicioso. Parabéns.

Pat Feldman October 14, 2007 at 19:51

Cristina, o coco fresco ralado costuma ser facilmente encontrado em feiras livres.

Dá uma tentada!!

Paula Mattos July 18, 2008 at 11:21

Pat, fiz o bolo, ficou delicioso mas p não comer inteiro tive que distribuir, isso porque a Maria Victória é muito novinha p comer muito doce, mesmo que saudável e meu marido não suporta chocolate (nunca pensei que isso pudesse acontecer com alguém – risos). Então tem alguma opção para substituir o chocolate?
Bjs

Célia Cristina March 6, 2009 at 9:15

Pat, adorei a dica, pois aqui em casa todos são loucos por chocolate, eu tento evitar ao máximo, mas é muito difícil resistir as tentações. Adoro fazer bolos,tortas, sobremesas, enfim, essa será a minha receita escolida para meu próximo bolo de chocolate, espero que as crianças gostem pois será a mais saudável que eles já comeram na vida! Obrigada por todas as dicas.BJS…

Sónia Cristina May 6, 2009 at 10:57

Peço desculpa pela pergunta(por se calhar é tão obvio, mas eu não estou a ver o que é)..o que é Rapadura?????melado de cana então nem pergunto porque acho que aqui não encontro..estou no outro lado do planeta…em Espanha…e tenho 3 traquinas..e desde que conheci o seu blogue ando a tentar ser mais consciente do que lhes dou..desde o não usar plástico, ao tema do leite..sei lá gosto de tudo no seu blogue..mas aqui deste lado há coisas que não sei onde arranjar..outras nem sei o que é..E a rapadura é o caso….ta-me parecer algo haver com açúcar (pela parte do melaço!!!)

Pat Feldman May 10, 2009 at 8:43

Sonia, a rapadura é basicamente o açúcar sem refinamento algum – apenas o caldo de cana cozido até reduzir e se transformar numa barra sólida. CLIQUE AQUI para ver uma boa imagem de rapadura, e AQUI também.

Há cerca de 3 000 anos, os indianos descobriram que, fervendo o caldo da cana (Saccharum officinarum), originária da Nova Guiné, se obtém um xarope que, batido, dá um açúcar rústico hoje conhecido como mascavo. Foi a primeira tentativa de substituir o mel como adoçante. Vem daí a expressão “mel sem abelhas”, cunhada pelo rei persa Dario I (550-486 a.C.), que invadiu a Índia e descobriu a iguaria.

O segredo do açúcar escuro se espalharia pelo mundo após o século VII, com a invasão da Pérsia pelos árabes. Ao Brasil, a cana chegou em 1532. Seus subprodutos logo entraram na dieta local, dando origem a enorme variedade de doces.

O melado é obtido da fervura do caldo de cana até ficar consistente, ao mesmo tempo em que é purificado com a retirada constante da espuma. Mais concentrado, batido até começar a cristalizar e moldado em formas de madeira, ele se transforma na rapadura. Para virar açúcar mascavo, deve ser batido até secar. O melado é, pois, um produto artesanal, sem aditivos.

Nos Estados Unidos e na Europa, costuma ser usado como calda para panquecas e em pães e bolos, combinado com canela, raspas de limão, cravo, gengibre, alcaravia, erva-doce, noz-moscada, frutas cristalizadas, banana, uvas passas, amêndoas e nozes. A cozinha cajun, do sul dos Estados Unidos, lança mão dele para besuntar assados e preparar molhos para carnes e frutos do mar. Além dos usos sertanejos – sobre mandioca cozida, batata-doce, queijos ou misturado com farinha de milho ou de mandioca -, pode entrar numa infinidade de pratos, incluindo grande parte das receitas que levam mel.

Drika_Reis January 30, 2012 at 16:16

oi vc sabe que nome dão à rapadura em inglês?

Pat Feldman January 30, 2012 at 16:32

Chamam de rapadura mesmo, pelo menos é assim que encontro na maioria da literatura!

Henrique Terra May 25, 2009 at 21:43

Olá. Vou experimentar esta receita com prazer e água na boca, mas gostaria de saber se dá pra congelar ou guardar na geladeira por alguns dias sem perda de textura ou sabor.
Muito obrigado e parabéns pelo site.
Henrique

Pat Feldman May 25, 2009 at 22:02

Henrique, eu nunca tentei congelar, mas quando preparado com o óleo de coco, este bolo fica fresco e molhadinho por até uma semana, fora da geladeira.

Se você congelar e der cernto, passe aqui e conte para gente!

Rosemara June 4, 2009 at 15:32

Olá Pat, achei essa receita o máximo, será q dá certo fazer pra aniversário do meu filho de 4 anos? Estou pensando em fazer um bolo com recheio de morando cozido e leite condensado cozido tb, e vi esse bolo e achei muito legal, vc acha q dá certo? vou colocar por cima glacê, ou vc tem outra idéia? Gostaria de uma ajuda sua, pois o aniversário é domingo agora dia 7. Outra coisa esse bolo é grande? ou terei q fazer dois? Pois tenho uma forma bem grande em casa.
Agradeço e aguardo seu contato.
Abraços

Pat Feldman June 4, 2009 at 17:55

Rosemara, para uma assadeira bem grande eu costumo usar 10 ovos e aproximadamente 200g de coco fresco ralado.

Tenho certeza de que vai dar certo e todos vão adorar. Quando é para usar cobertura, eu faço esta aqui: http://pat.feldman.com.br/?p=1394

Aline July 16, 2009 at 19:38

Estou com o bolo no forno agora! Mas como estou nos 3 meses de dieta, retirei o ingrediente melado ou rapadura. Vamos ver como vai ficar!!!já estou planejando comer ele com iogurte + ameixa preta, hum…

VIVIANE FREITAS July 20, 2009 at 11:22

Pat pode usar como cobertura do bolo creme de leite pasteurizado ou nata q vende no mercado?

Pat Feldman July 20, 2009 at 20:39

O ideal é ter creme de leite fresco, cru e orgânico – ideal, mas nem sempre possível. Procure o creme de leite fresco do supermercado, mas procure evitar aomáximo o creme de leite em lata ou caisinhas. São os piores.

Kélvia Amaro August 24, 2009 at 11:21

Nossa…
Espetacular, farei no aniversário da minha filha Bianca.
Ela é alérgica ao açúcar e só no aniversário que dou chocolate, docinhos pra ela, e essa receita é perfeita.
Muito obrigada!!

Ah! Gostei muito do seu site, você tem mais idéias para uma alimentação sem muito doce?
Obrigada!

Maria Christina October 5, 2009 at 11:48

o contrário de todas as demais que amaram esse bolo logo de cara, eu confesso que o detestei – senti como se estivesse comendo um pedaço de espuma ou isopor – traumatizei e nunca mais arrisquei fazê-lo. Isso foi em 2007 logo após a quarentena dos 3 meses. Ontem eu estava com o maravilhoso sorvete de creme no freezer pedindo por um bolo de chocolate, mas tudo o que eu tinha no momento eram 2 cxs de ovos caipira, um montão de cxs de cacau que comprei/ganhei e coco fresco ralado. Pensei muito se valia a pena tentar novamente a receita e acabei chegando a conclusão que valia sim, afinal de contas esse é o meu terceiro ano na Dieta Feldman e de lá prá cá muita coisa mudou na minha vida com a melhora significativa de minhas crises, me proporcionando prazer em atividades que haviam sido deixadas de lado ou totalmente abandonadas.
Mas voltando ao bolo, fui para a cozinha, fiz, assei, ele ficou lindo e simplesmente divino – o sorvete foi um complemento perfeito.

Pat Feldman October 5, 2009 at 14:28

Agora você entendeu perfeitamente o uqe queremos dizer com reeducação do paladar. Parabéns!! (a propósito, eu também não amei o bolo logo de cara!)

Flávia December 11, 2009 at 13:34

Não estou conseguindo achar rapadura nem melado, será que dá certo usar açucar mascavo ou mel? Flávia

Pat Feldman December 11, 2009 at 13:52

Flavia, o mel perde muitas das suas ótimas propriedades quando aquecido, porém mesmo assim continua melhor opção que açúcar. Pode usar!

Paula ZZT January 29, 2010 at 15:51

que delicia!! Unta só com o óleo/manteiga? sem enfarinhar?

Pat Feldman January 29, 2010 at 16:02

Sem enfarinhar!

Paula ZZT January 29, 2010 at 15:58

AHH, esqueci te perguntar tb, rsrs qual a temperatura do forno e o tamanho da forma? Pode fazer com essas de buraco no meio? Sou uma perdida em cozinha, como pode notar…

Pat Feldman January 29, 2010 at 16:03

Forno médio, de 180 a 200 graus. Uma assadeira redonta, mais ou menos do tamanho de um prato de comida, e o melhor tamanho para assar esse bolo.

Edna April 21, 2010 at 19:39

Pat, adoro bolo de chocolate, e esta era a opção que faltava para mim. Testei e adorei! Apenas coloquei uma colher a mais de rapadura por causa da minha filha que também adorou.
Como não tenho muito tempo aproveitei e congelei um pouco, ficou ótimo! Tiro do frizer de manhã e levo para o trabalho, fica fresquinho e não altera o sabor. Ótima opção p/quem não tem muito tempo como eu. Obrigada! Edna

Rosália February 3, 2011 at 9:03

Pat,

amo seu site e olha que coincidência. Fiz essa receita dia desses, com uma pequena substituição e ficou maravilhosa. Substitui a rapadura pelo açúcar mascavo orgânico (que é justamente a rapadura ja triturada ou açúcar sem refinar, sem processar), o que torna o preparo mais prático. Minha irmã estava aqui em casa e adorou. Levou a receita e substituiu o açucar mascavo por açúcar demerara (outro tipi de açúcar, desta vez o cristal, sem refino e sem clareamento). ela disse que ficou ótimo tbm, pois a rapadura e o açúcar mascavo tem um sabor muito forte. nessa variação com o açúcar demerara sobressaiu o sabor do chocolate.

Tatiane February 4, 2011 at 18:06

OI Pat!

Você sabe se esse bolo pode ser congelado???? Aproveitando, e aquele que é feito com farinha de coco?

P.S.: Saudade do nossos encontros “feirais”!

Pat Feldman February 4, 2011 at 18:57

Tati, nunca congelei, mas nem acho necessário, não dá um bolo tão grande assim, e qualquer coisa você divide a receita pela metade (os ovos você usa 4).

Vanessa February 5, 2011 at 17:33

Olá Pat!
A algum tempo fiz a inscrição do meu e-mail e estou recebendo os artigos. Me interessei poelo site porque estou fazendo uma dieta com nutricionista funcional. Ela cortou o glúten, o leite e o açucar refinado. Até hoje não tinha me aventurado na cozinha com essa alimentação “diferenciada”, no entanto, quando vi este bolo…..falei:
É AGORA!!!, comprei os ingredientes. O coco fresco ralado não encontrei noslocais que fui aqui em Belo Horizonte, então comprei o coco seco, quebrei, aqueci no microondas, descasquei e ralei….mas todo o trabalho valeu muito!!!! O BOLO FICOU MAGNÍFICO!!!! todos aqui em casa gostaram e nem perceberam que foi feito sem farinha porque ficou super fofinho!!! Muito obrigada por postar tantas dicas maravilhosas…att, Vanessa.

Pat Feldman February 5, 2011 at 20:03

Vanessa, vou te corrigir em alguns ponto importantes: o coco ralado fresco você provavelmente vai encontrar não em supermercados, mas sim em feiras livres. Alguns supermercados talvez o vendam congelado e normalmente fica bem escondido. Não deixe de perguntar! O coco seco ralado, aquelel da prateleira sem refrigeração, normalmente contém aditivos, não e uma boa opção.
O uso do microondas também não me atrai muito. Eu mesma nunca uso, nem tenho em casa faz tempo!

Mas para quem tem restrição ao glúten esse bolo é, definitivamente, uma das melhores opções!!

Silvia February 9, 2011 at 18:04

Pat, 100g de coco ralado dá mais ou menos quantas colheres de sopa, você tem ideia?

Pat Feldman February 9, 2011 at 19:04

Silvia, em colheres eu não sei, mas dá mais ou menos uma xícara.

Carla March 22, 2011 at 7:16

Olá Pat!
Adorei suas receitas. Na medida do possível, tb pocuro fazer comidas o mais saudáveis possíveis para os meus filhotes. Seu site veio bem a calhar….vou ter novas receitas para testar!!
Abs
Carla

Ludmila April 2, 2011 at 20:43

Oi Pat, não me canso de acessar seu site. Adoro!!! Estou sempre por aqui e ainda tenho muito o que ler e aprender. Aos poucos estou montando minha cozinha, quem sabe qualquer hora dessas você não vem ao Rio finalizar “uma reforma na cozinha” daqui de casa?!!! Fiz esse bolo duas vezes e em ambas ele grudou. Usei o óleo de cocô para untar, mas infelizmente tive que usar a fôrma de alumínio (a que tinha). Será por isso? Quero investir em umas fôrmas novas, mas não sei qual tipo de material é melhor. Maio é aniversário da minha filha e quero fazer esse bolo, um em cima do outro com recheio de frutas cozidas, mas preciso acertar na escolha. Você poderia me ajudar a escolher a assadeira ideal? Quais fôrmas seriam boas? Ahh, dessa última vez coloquei uma passas sem sementes na massa e gostei do resultado. Obrigada por tantas receitas maravilhosas!!!

Pat Feldman April 2, 2011 at 21:01

Ludmila, até bem pouco tempo eu usava uma assadeira de teflon (uiiiii!!!!) e nessa não gruda mesmo! Eu untava com manteiga e/ou óleo de coco. Mas já fiz esse bolo em pirex de vidro (excelente) e agora comprei assadeiras ceraflame, de cerâmica – ainda não fiz o bolo nelas, mas acho que não deve grudar. Tenta no pirex e me conta, mas não economiza óleo/manteiga na hora de untar!!

Ah, e quando precisar de uma reforma aí no Rio, só chamar!!

Ludmila April 3, 2011 at 21:53

Pat, muito obrigada pela resposta! Esqueci de dizer que todos aqui em casa amaram o bolo, inclusive a pequena que vai fazer dois anos e nunca tinha experimentado bolo de chocolate. Dessa última vez fiz, especialmente, prá ela que tava se recuperando de um exantema súbito (que deu febre bem alta, que não baixava com anti-térmico – terrível) e não tava comendo quase nada. A sorte foi que ela ainda mama no peito e com isso se manteve bem hidratada. Vou fazer de novo e te conto, mas olha que não economizei no óleo não! Acho que foi a assadeira mesmo. Não vejo a hora de poder fazer a reforma!! Tudo de ótimo!!!

Ludmila December 1, 2011 at 9:31

Oi Pat!! Esses dias fiz novamente no pirex e deu CERTO!!! Untei com bastante manteiga e óleo de coco e usei exatamente a quantidade de coco da receita (antes estava usando um pouco a mais). Ficou maravilhoso!!! Estou pensando em acrescentar também uvas passas e castanhas. Será que fica bom?! Um beijo!!!

Ludmila April 2, 2011 at 20:44

Corrigindo: óleo de côco!!!

luciana April 24, 2011 at 20:20

Oi Pat:
Fiz o bolo hoje e ficou uma delicia..Pena que na pressa eu não consegui fazer o confeito/modelagem do jeito que eu queria. Seria uma surpresa de páscoa para as crianças e uma surpresa saudável. Mas o modelinho já está guardado para o próximo ano…Mas olha o bolo é DELICIOSO!!!!
Tem um bolo que também faço de cenoura que já reduzi muito a quantidade de farinha e troquei por coco ralado e o óleo de girasol eu troquei pelo óleo de coco, mas ainda vou tentar 100% sem farinha. Tenho feito muitos cupcakes com esta receita e tem sido um sucesso total no lanche das crianças. Se quiser te passo a receita.
Bjs,
Lu

Pat Feldman April 24, 2011 at 20:37

Fiquei curiosa, Lu. Me passa a receita sim!

luciana April 24, 2011 at 22:09

Oi Pat: Segue a receita (ó a receita original é do meu filho Pedro e era a tradicional só um pouquinho mais light por ter menos óleo…Foi o primeiro bolo dele…e eu fui adaptando com o tempo para torná-la ainda mais saudável).
3 ovos, 2 cenouras grandes descascadas e cortadas em rodelas, 1/2 xícara de óleo de coco (as vezes um pouquinho mais se ficar muito seco), 1 xícara de farinha de trigo, 1 xícara de coco ralado, um pouco mais de 1/2 xícara de açucar e 1 colher de sopa de fermento.
Primeiro colocar os 3 ovos, o açucar, o óleo de coco e a cenoura. Bater tudo. Depois colocar o coco ralado, misturar, e por último misturar o fermento.
A mistura do coco com a cenoura fica divina. Agora quero ver se consigo tirar a farinha de trigo e trocar o açucar refinado por demerara. Sinceramente não sei se qualquer outro tipo de açucar, que não o demerara, interferiria demais no sabor da cenoura + coco.
Vou testar no próximo final de semana, se der certo te falo. E se vc. se aventurar e gostar, me conta, tá?!
Bjs, Lu

Magali Vegas May 9, 2011 at 6:01

Pat, bom dia ! qual a melhor marca de oleo de côco ?
Onde posso comprar rapadura ?

Eu moro no bairro do Brooklin

Grata, Magali Vegas

Pat Feldman May 9, 2011 at 11:00

Magali, eu tenho comprado Dr. Organico e Finococo, sempre na Casa Santa Luzia, que costuma ter um bom preço. Rapadura se compra em casas do norte. tem em diversos pontos da cidade.

Marília Peixoto May 11, 2011 at 8:13

Olá, Pat
cheguei aqui através da indicação da Silvia do blog http://sylribeiro.blogspot.com/
Adorei esta receita! Estava procurando algo parecido, pois comi aqui em Zagreb um bolo de chocolate sem farinha com cobertura de framboesa maravilhoso! Vou provar agora a receita!
Achei muito legal a ideia do teu blog, parabéns!
Um abraço e tudo de bom,
Marília

Pat Feldman May 11, 2011 at 8:20

Seja bem vinda!!!!

Fernanda Viscardi July 30, 2011 at 13:36

oi, Pat! dá pra fazer em forminhas de cupcake? fiz aqui uma versão GAPS, com mel no lugar da rapadura, não usei fermento e acrescentei 1 col. sopa de essência de baunilha (natural, feita em casa!). hummmmmmm! fiz num pirex quadrado untado com bastante óleo de coco, e não gruda mesmo! ah, e servi com marshmallow caseiro, feito com claras e mel fervido em ponto de bala. perfeição!!! obrigada pela receita!!!

Pat Feldman July 30, 2011 at 18:47

fernanda, eu nunca fiz em forminhas pequenas – morro de preguiça de untar uma a uma…. hehe

luciana July 30, 2011 at 19:51

Fernanda e Pat:
Dá para fazer sim. Eu sempre uso esta receita para fazer os cupcakes para as festas das crianças ou até mesmo para o lanche dos pequenos no colégio. A única recomendação é que as forminhas seja de boa qualidade (mago ou wilton). E não precisa untar. Pode tentar que é sem erro e as crianças amam.

Fernanda Viscardi July 30, 2011 at 21:57

muito obrigada pela dica, não conhecia estas marcas!

Karol August 3, 2011 at 18:56

Olá, gostaria de uma receita de biscoito de cacau e farinha de coco,que não fosse muito difícil,pois sou iniciante na cozinha!rsrsr,Será que é possivel fazer biscoitos ou cookies usando apenas a farinha de coco ou necessita de outra farinha para dar liga?Grata

Joseli Alves August 6, 2011 at 18:12

Eu me preparei toda pra fazer este bolo, e quando olhei na geladeira, só tinha 4 ovos caipiras! Como tenho marido e filhos comilões, nao quiz fazer meia receita, vou fazer assim que der a receita toda! Hoje acabei fazendo aquele pao de iogurte, que deixei fermentando desde ontem! Depois vou comprar mais ovos pra fazer o bolo, já que todos dizem que é maravilhoso, só pode ser verdade!

Pat Feldman August 6, 2011 at 18:26

sou suspeita pra falar. adoro esse bolo…

jamille October 9, 2011 at 19:59

eu adorei esse bolo eu comir na casa de uma amiga
perguntei a ela como ser faz ela disse que foi colocando todo que tinha na geladeira.
mas quando agente vio esse , agente fez ficou do mesmo gosto,entãoela fez ele eu adorei mesmo OBRIGADO

Samira December 8, 2011 at 10:49

Pat, qual cacau você tem usado?

Bruna Betoli June 6, 2012 at 9:29

Pat,
será que essa receita dá certo fazendo em forminhas de cupcakes?
bjs

Pat Feldman June 6, 2012 at 15:38

Bruna, acho que alguém aqui já me disse que fez e ficou ótima. Eu nunca tentei!

Bruna Betoli June 12, 2012 at 11:08

Pat,
obrigada ; )
fiz na forma de cupcake e deu super certo!
aliás, a quantidade de massa é exata pra forma de 12 bolinhos.
bjs

Luciana June 6, 2012 at 22:07

Bruna: Eu faço a algum tempo como cupcake e dá super certo. Sucesso total!

Mariana December 27, 2012 at 19:28

Oi Pat!
Encontrei seu site ontem, e hoje já fui fazer esse bolo! A princípio estava meio receosa, pq não sou muito fã de coco, mas achei que valeria a pena tentar. Ficou fantástico! Mas da próxima vez acho que vou adoçar um pouco mais. No meu bolo, adocei com xarope de agave, mas achei que não deu conta do recado, hahaha!
Como ficou meio amargo, acho que vou fazer a compota de frutas vermelhas mais docinha pra acompanhar!
Obrigada pela receita maravilhosa!

Lola June 10, 2013 at 19:53

Oi, Pat,

Me salva! Que fermento caseiro é esse? É aquele de pão que compramos na padaria? Pq nos bolos costumo usar pó roial.

Assim que responder eu farei! :)

Bjs!!!

Pat Feldman June 10, 2013 at 20:00
Adriana June 19, 2013 at 18:33

Olá Pat,

Gostaria de saber o porquê do bolo ser preto. Me pergunto se o cacau que usas, o orgânico ou até mesmo o da Garoto, é dessa cor. Já varri Porto Alegre e só encontro pozinho marrom, mesmo o que dizem não ser lecitinado.

Outra coisa é se daria para substituir o côco ralado por farinha de côco.

Muito obrigada por sua costumeira atenção.

Adriana

Pat Feldman June 20, 2013 at 11:45

O meu pó de cacau (tenho usado o Callebault) é marrom escuro, mas no bolo pronto ele realmnte parece ainda mais escuro, quase preto, mas ainda marrom. Talvez a foto não tenha mostrado da melhor forma.

margaret June 28, 2013 at 21:13

Olá, muito bom o bolo, pena que o cacau me dá dor de cabeça, ou seria outro ingrediente
Por favor, vc teria uma receita de bolo seco só de frutas secas processadas e alguma farinha pode ser de amendoim , castanha de caju, talvez alguma liga líquida? pode-se usar farelo de aveia na receita?

Cacau em pó , seria talvez um alimento que poderia causar dor de cabeça?

Obrigada e um abraço.

Margaret.

Carmen Pithágoras Dragone September 25, 2013 at 17:03

Pat, manteiga é melhor que margarina? Qual a melhor marca que não tenha um gosto tão forte? Obrigada!

Pat Feldman September 25, 2013 at 19:25
Pat Feldman September 25, 2013 at 19:28
Dayane September 26, 2013 at 11:42

Obrigada por dividir essa receita conosco!Conheci seu blog a pouco tempo e estou apaixonada!Fiz esse bolo ontem e coloquei para o meu filho levar de lanche para a escola, consciência leve por estar oferecendo bolo de chocolate saudável para o meu filhote!

Michele October 8, 2013 at 14:33

Olá, fiz o bolo e amei…..é possível fazer de outros sabores?….cenoura, por exemplo?…obrigada….abraços!

Pat Feldman October 8, 2013 at 15:36

Nunca fiz Michele. Se você testar, venha nos contar o resultado!

Michele October 13, 2013 at 9:00

hummmm……ficou muito bom. Substitui o cacau por duas cenouras pequenas raladas.

Edna Rosa de Jesus October 20, 2013 at 18:33

Pat, Como vai? Hoje fiz esse bolo delicioso mudando um pouco a receita, e ficou ótimo. Fiz 2 receitas. Quando faço o leite de coco costumo congelar a parte que ficou na peneira sem torrar mesmo. Hoje resolvi aproveitar a farinha de coco congelada para fazer este bolo, também fiz leite de coco bem concentrado e usei no bolo, e dessa forma pude diminuir os ovos pela metade. Deu tudo certo, ficou delicioso acompanhado com o chantlly probiótico!!!

Já tenho 5 apostilas impressas e encadernadas tiradas do seu site e costumo passar para outras pessoas, mas sempre que a receita pede rapadura ralada algumas pessoas me perguntam se podem substituir pelo açucar mascavo. O que você acha? Porque a rapadura é melhor que o açucar mascavo???

Pat Feldman October 20, 2013 at 19:17

Edna, na verdade o açúcar mascavo DE VERDADE nada mais é do que rapadura ralada. O problema é que tem muita enganação no mercado, muito açúcar branco ganhando banho de melaço pra ficar com cara de açúcar mascavo… Mas se for açúcar mascavo de verdade, pode e deve usar, é bem mais prático não ter que ralar a rapadura!

Edna Rosa de Jesus October 21, 2013 at 18:25

Pat, muito valiosa sua informação. Não sabia disso. Vou ficar atenta e orientar minha família e meus amigos. Aqui em Goiânia tem bastante açucar mascavo, resta saber se é de verdade. Conheço pessoas que já lidaram com engenho de cana-de-açúcar, vou dar uma investigada. Na dúvida ficarei com a rapadura mesmo. Grata!!

Paula December 11, 2013 at 14:05

Parabéns, estou encantada com seu site.
Tantas informações que eu desconhecia e que estou adorando.

maria izabel magalhes January 5, 2014 at 16:18

OLá Pati, Parabéns pelo ótimo site. Gostaria de saber se posso substituir a raspa de rapadura ou melado pelo mel. Agradecida bjs

Pat Feldman January 5, 2014 at 18:06

Pode sim!

Maria Gabriela January 13, 2014 at 20:43

Oi Pat. Fiz este bolo no final de semana, mas não deu certo, ficou com um gosto muito estranho. Usei coco ralado grosso… será que foi isso?

Pat Feldman January 13, 2014 at 21:07

Eu uso coco FRESCO ralado grosso. Foi esse que você usou? Esse bolo é mais amargo que bolos à base de farinha!

Maria Gabriela January 15, 2014 at 15:43

Infelizmente não pude usar o fresco, mas sempre o utilizo. Mas enfim, era ralado grosso e, digamos assim, o coco separou da massa: na parte de baixo ficou parecendo um omelete doce e na de cima ficou o coco, com pouca massa. Sem contar o gosto que ficou estranhíssimo. Pretendo tentar mais uma vez.

Pat Feldman January 16, 2014 at 14:40

Não deixe de usar o coco fresco, provavelmente foi aí que deu problema!

estela January 27, 2014 at 16:36

Umas opções a mais pra esse bolo, que eu faço quase toda semana:
– adicionar umas bananas bem maduras na massa
– adicionar uma xícara de feijão preto cozido (sem tempero nenhum, lógico) na massa. Fica muito bom! O feijão não dá gosto, mas acrescenta – ainda mais – proteínas e deixa o bolo fofinho.

E quase sempre eu faço uma caldinha com leite mais leite de coco e um pouquinho de rapadura, molho o bolo ainda quente e sirvo geladinho. :-)

Michele May 26, 2014 at 15:52

Pat, alguma dica para manipular o melado? comprei um que deio num potinho de plastico….coloquei a colher para pegar e grudou tudo na colher…rsss

Pat Feldman May 26, 2014 at 18:32

Eu uso duas colheres: uma pra pegar o melado e outra para desgrudá-lo da colher!!! kkkk

Daniela June 26, 2014 at 16:20

Pat, usa rapadura de leite ou de amendoim???

Pat Feldman June 26, 2014 at 20:01

Uso rapadura de rapadura, dessas que se compra em casas do norte.

Ana Lucia October 29, 2014 at 14:40

Há muito tempo procuro uma receita de bolo sem glúten, lactose, já fiz algumas receitas interessantes, mas nenhuma tão boa quanto esta! E olha que relutei em fazer. Fica um bolo areado, leve, gostoso! Ótima receita!

Rosa Henrique January 24, 2015 at 0:04

Meninas!!!! Acabei de fazer esse bolo, já é uma da manhã e não resisti tirar do forno e não comer. Não coloquei o coco pq não tinha no momento, mas ficou simplesmente fantástico!!! Muito leve e com um amargosinho para vômer com calda dr frutas vermelhas que deve ser um sonho parabéns Paty!!!! Ameiiiiii.

Bjsssss

Michele January 24, 2015 at 20:23

Sem o côco? Verdade? E ficou consistente?

Pat Feldman January 25, 2015 at 6:35

Michele, dá certo sim, ele só fica mais molhadinho, lembra um suflê. Eu faço direto aqui em casa!

Renata Pinho August 1, 2015 at 7:24

Bom dia, estava a pensar fazer eta receita para o aniversário da minha filha, pois tem amiguinhos que são celiacos…
Agora começa o problema, sou de Portugal…. Onde encontro coco fresco ralado? ou serve aquele coco ralado normal que se compra nos supermercados? E a rapadura? dá para fazer em forma retangular?

Obrigada, Renata

Pat Feldman August 1, 2015 at 10:08

Renata, será que você não encontra coco ralado congelado?

Renata Pinho August 1, 2015 at 11:33

Não faço ideia, nunca procurei.. mas sinceramente nunca vi nada disso ca a venda :s não da para usar farinha de coco?

Pat Feldman August 1, 2015 at 20:32

Eu nunca fiz com farinha de coco, tenho medo que fique meio ressecado, mas se você testar, coloque uma colher a mais de manteiga ou óleo de coc na receita, que deve dar certo. Depois me conta!

Renata Pinho August 4, 2015 at 7:09

Ola Pat, já experimentei com a farinha e ficou muito seco… :(
Uma amiga minha conseguiu encontrar o coco mesmo… como faço para fazer ralado? Me disseram que basta cortar em cubos juntar 200 ml de água e triturar no liquidificador… depois coar e que já está… É assim mesmo?

Roberta November 13, 2015 at 17:39

Nossa, Pat, fiz e ameeeei!!! Esse bolo é tudo de bom, mas o pessoal que é formiga aqui achou sem doce, mas eu amei desse jeitinho que vc passou mesmo! Estou lendo o livro do seu marido e concordo que as pessoas estão perdendo o paladar pro doce, adoçam tudo demaais!
Muito obrigada! Bjosss

Bruna December 11, 2015 at 13:22

Vou tentar fazê-lo, parece-me delicioso!
Como é bonito de ver que se pode fazer uma sobremesa tão gostosa sem usar farinha, nem açúcar e ou outro aditivo não-natural. Bom se todos reconhecessem isso!

clarice February 22, 2016 at 15:30

Oi Pat! Posso adoçar com xylito? Obrigada!

Pat Feldman February 23, 2016 at 5:50

Melhor conversar com a tua nutri de confiança e que entenda desse adoçante. Eu SEMPRE opto pelos mais naturais.

Gustavo March 22, 2016 at 19:52

Oi Pat!
Fiz o bolo sem o fermento e ficou muito bom! Minha filha e esposa gostaram muito. Para não ficar “massudo” bati as claras em neve separado e misturei depois com os outros ingredientes.
Eu quero fazer o fermento caseiro mas não encontro o cremor tártaro em nenhum lugar.
Abraço

Pat Feldman March 22, 2016 at 20:29

Gustavo, se você mora em SP, encontra o cremor tártaro na banca de temperos do Mercadão da Cantareira ou na Casa Santa Luzia.

Gustavo March 28, 2016 at 14:44

Moro em Brasília. Já fui a quase todas as redes de mercado da cidade, e não encontro o cremor tártaro. Mas vc me deu uma ideia, vou procurar nas feiras também, quem sabe!
Obrigado!!

Iza June 21, 2016 at 19:20

Pat! Eu fiz e ficou uma delícia! Muito bom mesmo! Pena que não consigo mandar as fotos por aqui.

No começo eu achei que daria muito errado porque o liquidificador custou pra conseguir bater bem a massa, que ficou bem consistente, mas no final ele ficou muuuuito bom! Usei uma daquelas formas de pão, só que menor que o usual, ficou delícia!

Fiz também um cremezinho pra passar no bolo na hora de comer, com cacau em pó 100%, manteiga, creme de leite e um pouco de rapadura pra adoçar, ficou divino! Tô me segurando pra não comer o bolo todo! Rs

Muito obrigada pela receita!

Doris July 30, 2016 at 17:26

Fiz esta receita de bolo acima e ficou horrível, segui toda a receita, a única diferença foi que usei melado de cana de açúcar e não a raspa de rapadura. Fiquei triste.

Pat Feldman July 31, 2016 at 10:35

Eu confesso que também não gosto muito do resultado quando faço com melado…

karol November 19, 2016 at 16:11

Pode substituir o coco ralado por farinha de coco?

Pat Feldman November 19, 2016 at 19:09

Eu já tentei, mas achei que o bolo ficou muito seco…

Eliane December 12, 2016 at 21:08

Oiiii… Eu penso em fazer o bolo mas queria usar algo para adoçar que fosse diet.. Xilitol, tal e qual, algo para dieta, mesmo nao tão saudável, já que este eu nao ofereceria para as crianças…. Tem alguma dica de opção ? Obrigada

Pat Feldman December 13, 2016 at 5:31

Eliane, como eu não uso nada artificial, não sei dizer o que dá certo…

Pat Feldman August 4, 2015 at 9:26

Esse truque da tua amiga é ótimo!

Comments on this entry are closed.

{ 21 trackbacks }

Previous post:

Next post: