Cinco Razões Para Você Cozinhar Com Seu Filho AGORA!

by Pat Feldman on 13/10/2015

in Alimentação, ARTIGOS, MAIS..., Projeto Crianças na Cozinha

Screen Shot 2015-10-13 at 2.42.31 PMCrianças deveriam aprender a cozinhar.

Cozinhar é muito mais que uma simples tarefa, mas dependendo da ocasião, chega a ser fundamental, além de muito mais saudável. Uma criança com um mínimo de destreza na cozinha será capaz de matar sua fome com uma refeição de verdade, mesmo que simples, sem ter que apelar para salgadinhos e outros lixos industrializados. Saber cozinhar pode dar à criança uma ótima sensação de orgulho e independência, por ser capaz de preparar seu próprio alimento.

Muitas pessoas ainda preferem manter as crianças longe da cozinha alegando que cozinha não é um ambiente seguro para crianças, ou que elas podem fazer lá muita bagunça, além de se machucarem. Mas oras bolas, aprender a cozinhar não é apenas aprender a fazer comida. Aprender a cozinhar envolve também aprender a lidar de forma correta e segura com os equipamentos de uma cozinha, logicamente respeitando-se as capacidades e habilidades próprias de cada idade. Uma criança não deve jamais ter MEDO de qualquer equipamento em uma cozinha, mas deve sim aprender a RESPEITAR e usar corretamente aquilo que, de outro modo, pode machucá-la (e isso vale para crianças de zero a 100 anos!).

O seu filho pode começar a frequentar a cozinha desde muito cedo, desde sempre! No início ele se familiariza com cores e cheiros. Com o tempo vai se familiarizando com texturas, gosto. Conforme suas habilidades motoras vão se desenvolvendo, a criança já é capaz de descascar uma banana, descascar um ovo cozido e lavar verduras e ervas. Conforme o tempo passa, aos poucos e sempre com supervisão, seu filho já mais velho será plenamente capaz de descascar e picar verduras, frutas e legumes. Mais adiante e cada vez mais a vontade, a criança já é capaz de lidar com forno e fogão. É um aprendizado!

Muitos pais resistem em tirar seus filhos do video game ou da televisão para acompanhá-los no preparo de uma refeição. Muitas vezes a “ajuda” que as crianças podem e querem dar mais atrapalha do que ajuda, mas se eles nunca começarem, se eles nunca forem ensinados, jamais vão aprender! Um jantar preparado com a ‘ajuda’ das crianças pode ser bem mais demorado, mas é certamente muito mais educativo e saudável e todos os sentidos!

As crianças mais velhas que não foram acostumadas à vida na cozinha podem reclamar um pouco se você decidir tirá-las das distrações usuais para ajudar nor trabalhos culinários, mas um pouco de paciência ajuda, e o dia que se derem conta do quão mais independente eles se tornam por saber se virar na cozinha, passarão a enxergar a atividade com outros olhos, e muitos podem até se apaixonar!

A seguir, cinco razões especialmente importantes para que seus filhos sejam introduzidos ao mundo da cozinha o quanto antes:

Crianças que cozinham são crianças que não têm medo de experimentar novos sabores e em geral comem melhor.

Crianças que se envolvem no processo de cozinhar – desde escolher o cardápio, reunir os ingredientes até o preparo da comida propriamente dito – em geral tendem a experimentar e gostar de novos alimentos, texturas e sabores, especialmente das receitas que prepararam por conta própria. E na verdade essa mesma facilidade com novos sabores pode se ampliar para outras novas experiências da vida, mais facilidade com o novo, com o inesperado.

Crianças que cozinham têm uma atitude mais positiva.

Quando cozinham, as crianças ganham uma confiança muito maior em si mesmas e em variadas situações – não só na cozinha – são muito mais propensas a dizer “Eu posso!” do que “Eu não consigo…”. Uma criança que se sent capaz de preparar um jantar para a família se sente confiante na cozinha e em várias outras áreas da vida.

Cozinhar é uma forma de falar de saúde.

Especialistas já são unânimes em afirmar que a coisa mais importante que você pode fazer pela sua saúde é cozinhar sua própria comida. Convidar seus filhos para cozinhar com você e ensiná-los a cozinhar garante a eles um hábito saudável para o resto da vida. Sem contar que você pode explicar de maneira muito mais clara o quando consumir um peixe pode deixá-lo mais esperto ou como comer colorido é importante para obter todos os nutrientes necessários e o quanto comer verduras e beber muita água pode ajudar o cocô a sair mais fácil.

Isso tudo de forma leve e descontraída, sem forçar a barra ou sem parecer chata.

Cozinhar é uma forma de falar sobre ingredientes saudáveis.

Quando você prepara seus alimentos em casa junto com seus filhos, eles sabem exatamente o que cada receita deve conter e sabe que é tudo comida de verdade. Bolo é feito com ovos, temperos são ervas frescas e desidratadas. Os ingredientes usados na cozinha doméstica são ingredientes de verdade e não nomes de substâncias químicas desconhecidas e difíceis de pronunciar.

Quando você faz pão com seus filhos eles entendem que um bom pão só precisa de farinha, água e paciência. Que geleia é só fruta e açúcar. eles aprendem que comida boa é comida com ingredientes e não com produtos químicos. Com o tempo você inclusive ganha um ótimo patrulheiro das suas compras. Se decidir comprar um produto industrializado, seu filho vai questionar e vai te ajudar a escolher uma opção melhor.

Cozinhar aproxima idades diferentes.

Desde filhos em idades diferentes até pais e filhos, algumas horas juntos na cozinha de vez em quando te dá a oportunidade de conversarem, contar piadas, descontrair juntos. Uma ótima chance de aproximar a família!

Além de tudo isso que citei acima, as crianças podem aprender muito na cozinha, inclusive aprender disciplinas escolares através das artes culinárias. CLIQUE AQUI e leia mais sobre o assunto!

Conheça também as nossas redes sociais:

Instagram: @pfeldman

Facebook: Comida de Verdade, por Pat Feldman

Periscope: PatFeldman

Envie para um amigo Envie para um amigo Versão para impressão Versão para impressão

Comments on this entry are closed.

Previous post:

Next post: