Farofa do Vale do Itajaí­

by Pat Feldman on 29/12/2009 · 8 comments

in Acompanhamentos, RECEITAS

CIMG1583Esta receitinha na verdade não tem nada de tão especial e inventivo, a não ser pelo fato de que desde que eu me conheço por gente nunca usei outra farinha de mandioca para prepará-la além daquela que alguém da família sempre trás do Vale do Itajaí, em Santa Catarina – por isso o nome que dei a ela.

A marca comercial que eu mais gosto é a Tupã – quem mora por lá deve conhecer bem – mas a minha avó não abre mão de comprar a “farinha do japonês”, totalmente artesanal e ainda mais gostosa!

A receita básica é extremamente simples e consiste de apenas 100 g de manteiga derretida e levemente aquecida para cada xícara de farinha de mandioca e um temperinho com sal e pimenta do reino à gosto. A gente mexe bem, até virar farofa.

As variações são infinitas!! Eu já preparei com brócolis picadinho no meio, couve manteiga, salsinha, linhaça moída na hora, cebolinha, cebolas roxas e ovos. Às vezes um pouco de azeite extra virgem ao final para um sabor mais sofisticado.

Acompanha bem a carne seca, um churrasco, carne de porco em geral e alguns ensopados. Com arroz e feijão é uma delícia!! Mas sempre atenção à quantidade, é um acompanhamento bastante calórico e não é exatamente a opção mais nutritiva!! Meu filho já come, mas é só de vez em quando e em pouca quantidade.

Neste Natal, aqui em casa, eu preparei simples para a noite e com castanhas portuguesas para o almoço do dia 25. Para uma encomenda, preparei com bacon artesanal bem sequinho e ervas. Para a ceia de ano novo talvez use nozes e damascos secos, ou talvez sirva purinha mesmo, que é “de comer de joelhos”!!!

Eu compro essa farinha normalmente em Balneário Camboriú ou Itajaí, onde tenho meus familiares, mas acredito que seja fácil encontrar em qualquer supermercado ou mercadinho da região.

Envie para um amigo Envie para um amigo Versão para impressão Versão para impressão

{ 6 comments }

msns December 29, 2007 at 18:33

até eu que estou aqui fiquei com agua na boca …. e nunca lembrei de colocar linhaça !!!

Nina February 1, 2010 at 11:46

Fiz hoje essa farofa e adicionei brocòlis, alho-porò e tomate em cubinhos-inhos-inhos. Meu filhote de 02 anos adorou e meu marido idem. Eu e a minha bebezinha que nascerà em breve também! :D

cardozo August 12, 2010 at 22:09

gostaria de comprar a farinha de mandioca Pavão, em Curitiba, é possível?

Sandra December 31, 2010 at 12:45

Eu costumo colocar um pouco de cebola ralada, refogada na manteiga. depois acrescento os demais ingredientes. fica deliciosa.Ja fiz com sobras de peru, com sobras de tender. fica bom também.

Neula October 24, 2014 at 15:44

Pat!!!

Como não gosto muito de farinha, nunca faço, mas, meu marido gosta. Me fala uma coisa: Se eu colocar brócolis ou franco ou outra coisa, primeiro refogo na manteiga ou coloco depois da farinha refogada?

A farofa que já fiz eu mexia o ovo na manteiga e depois acrescentava a farinha. Nem sabia que ficava bem com outras coisas…

Meu pai fez farinha no sítio e mandou para mim tem um tempão, nem dei uma torrada ainda, tô com receio de ter estragado, a questão é, farinha sem ser torrada estraga? :)

P.S.: Lembro de vc quando vou ao sítio e pego couve, tomates, ovos, chuchu… Essa semana tive que recusar chuchu pq não sabia o que fazer, sem tempo… A couve uso no suco e os tomates, como quase ninguém gosta aqui, fiz omelete com os ovos que também peguei lá.

Se tiver boa vou fazer sua farofa e engordar mais junto com o maridão :)

Beijoka!

Pat Feldman October 27, 2014 at 8:24

Neula, se estão crus eu refogo antes, mas na maioria das vezes eu aproveito algum restinho cozido/refogado que já estava na geladeira.

Comments on this entry are closed.

{ 2 trackbacks }

Previous post:

Next post: