Instruções divertidas sobre como cuidar de um bebê

by Pat Feldman on 13/07/2010 · 22 comments

in ARTIGOS, Bebês, Gravidez, MAIS...

Uma imagem vale mais do que mil palavras, e como os cuidados com um bebê são importantíssimos, eis aqui um manual ilustrado interesantíssimo e muito divertido para vocês!! Ideal para mamães e papais de primeira viagem e para futuros mamães e papais.

Aproveitem!!

(clique em cada imagem para ampliá-la!)

CLIQUE AQUI para se cadastrar e receber novidades da minha cozinha em primeira mão!!!!

Queridos leitores, acho que ao observarem as imagens fica óbvia a brincadeira, né? Crianças na Cozinha também é diversão!!

Fonte: Make Me Minimal

Envie para um amigo Envie para um amigo Versão para impressão Versão para impressão

{ 10 comments }

RAIANE December 7, 2008 at 13:50

GENTE ISSO E MUITO ENGRAÇADO ,ADOREI

Casa do Simbad - Jacqueline July 27, 2009 at 19:30

Rolei de rir e já mandei para uma amiga que está grávida e outra que acabou de ter neném.

Diva Moraes Falcão July 28, 2009 at 20:29

Pat,

Estou simplesmante apavorada!!!
Penso nos bebês em mãos irresponsáveis!!!

Estas cenas deveriam ser divulgadas em algum programa de grande audiência, tipo “Fantástico”, da TV GLOBO, mas de uma forma didática.

Não acho graça nenhuma. Há cenas aparentemente hilárias, misturadas com cenas terrivelmente preocupantes.

Diva Falcão.

Pat Feldman July 28, 2009 at 20:39

Poxa Diva, eu não tinha enxergado sob essa ótica…

PIcky July 29, 2009 at 17:28

HAHAHAHA!!!
Todas orientações ÓBVIAS e engraçadíssimas, tal qual a verificação das fraldas do bebê… mas infelizmente não todas inéditas… Tal qual bebês sendo jogados para cima ou mesmo distraídos com televisão… ah, e óbvio, o teste da temperatura da mamadeira!!! Valeria inserir uma foto para que as pessoas não beijassem mãoes de recém-nascidos!
Adorei as charges! bjs

guilherme February 5, 2010 at 20:09

Diva, fala sério: sua vida deve ser amarga pra raio, hein? Credo, gente que não sabe dar risada de coisas simplesmente engraçadas me cansa, tem que aprender a encarar as coisas com leveza! Sua afirmação que “coisas aparentemente hilárias” estão “misturadas com cenas terrivelmente preocupantes” me preocupa, porque mostra que você é do tipo de pessoa que a)acha piadas sempre ofensivas, b) pensa que as pessoas são estúpidas e obedecem a qualquer imagem, mesmo que cômica, c) supõe, simplisticamente, que o politicamente correto de chamar, por exemplo, “cego” de “deficiente visual” cessa o sofrimento e elimina o preconceito, d) acredita que a censura deveria existir, desde que fosse você quem escolhesse o que pode ou não, e) não consegue rir de uma videocasseatada porque só consegue pensar em dor e f) vive em constante paranóia. Uma charge que mostra um bebê dentro de um aquário jamais dará a idéia para “mãos irresponsáveis” tentarem fazê-lo, e quem for de fato irresponsável o suficiente para chegar a esse ponto não precisa ver nada para ter tal idéia estapafúrdia. Cabeças fracas existem naturalmente, não precisam disso.

Esperimente soltar uma boa risada ao assistir um vídeo alguém caindo de bicicleta em vez de se horrorizar e verá como é bom. Faça isso três vezes ao dia, sempre depois das refeições, por um mês ou até que desapareçam os sintomas.

Ah, peço desculpas à Pat, a quem sequer conheço, pela intromissão e palavras duras, mas eu não só não tinha como não consigo enxergar sobre essa ótica distorcida.

Daniella July 13, 2010 at 16:10

Amei Pat, achei fantástico, principalmente a cena da mamadeira!
bjokas com carinho
Dani

Norma July 14, 2010 at 2:11

Hahahahahaha, muito bom!!!

Pat, por falar em bebes, encontrei uma comunidade maravilhosa no orkut e lembrei de vc –

http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=1122463

Abração!

Norma

Pat Feldman July 14, 2010 at 8:06

Norma, essa eu conheço, mas nunca me interessei em participar porque meu filho sempre dormiu muitíssimo bem!

ana paula March 2, 2011 at 16:59

eu adorei as instrusões para cuidar dos bebes ainda mais que eu to no começo da minha é um pouco difiscil por que eu sou mãe de primeira viajem da um pouco de medo, mas é ótima a sensação de que tem uma pessoinha crescendo dentro de mim a cada dia eu ja me sinto muito mãe eu o desejei por um bom tempo mesmo eu sabendo que eu sou ova demais eu nao to nem ai eu quero que ele venha com muita saúde ainda mais que eu to doida para que ele ou ela venha bem rapido não vejo a hora de te-lo os meus brasos e chamar de meu filho ou de minha filha. muito obrigado adorei

Comments on this entry are closed.

{ 12 trackbacks }

Previous post:

Next post: