Molho de Tomates Assados

by Pat Feldman on 25/03/2017 · 7 comments

in DIETA FELDMAN ANTIENXAQUECA, Molhos, RECEITAS


Sabe quando você tem um monte de tomates lindos na fruteira e está com preguiça de fazer aquele meu molho de tomates maravilhoso? Sim, eu também tenho meus dias de preguiça na cozinha, e aquela quantidade toda de tomates que estavam em cima da pia era demais pra comer na salada, sanduíche ou o que fosse, aí eu improvisei!

Já tinha ouvido de algumas pessoas que assar os tomates antes de preparar um molho podia ser uma ótima ideia, aí resolvi testar do jeito que veio na minha cabeça. Aliás essa coisa de fazer meio de cabeça é uma boa viu, não precisa ter medo! Você pode até não acertar a receita de primeira, pode não ficar a coisa mais gostosa do mundo até você pegar o jeito, mas comida ruim não mata ninguém, só ensina a não repetir mais aquele jeito de fazer ou aquele tempero. Não tenham medo de tentar!!!

Essa receita deu certo, certíssimo, e além de tudo é fácil DEMAIS!! O resultado está mais pra pasta de tomate, bem grossa, do que para molho – o que também é um ponto positivo, porque se você fizer um monte e quiser congelar, ocupa menos espaço no freezer. Na hora de usar é só diluir em um pouco de água ou caldo caseiro.

Ingredientes:

2 kg de tomates italianos bem maduros sem sementes

1 cebola média cortada em quatro

2 a 4 dentes de alho

sal e pimenta do reino moída na hora

Modo de Preparo:

Pré aqueça o forno a 200 graus (médio-alto)

Corte os tomates ao meio e retire o excesso de sementes.

Junte os demais ingredientes e leve-os ao forno numa assadeira grande, de modo que fiquem bem espalhados (aqui em casa eu uso assadeira de cerâmica, ferro ou vidro).

Leve a assadeira ao forno por uma hora – é desejável que os tomates fiquem levemente tostados no topo, mas não demais. Se o seu forno for muito forte, talvez você deva tirá-los antes.

Retire a assadeira do forno, deixe esfriar um pouco e leve tudo ao liquidificador até obter uma massa uniforme – o molho nesse caso fica bem grosso e concentrado.

Sirva assim mesmo ou dilua em um pouco de caldo caseiro – isso vai depender da receita onde você vai usar o molho e/ou do seu paladar.

Envie para um amigo Envie para um amigo Versão para impressão Versão para impressão

{ 7 comments }

Michelle March 25, 2017 at 8:08

Hum, estou com uns 3 kg de tomate aqui, vou fazer!
O verdinho nesse teu prato lindo é manjericão? Você colocou em que momento? Obrigada!
Abraço, Michélle.

Pat Feldman March 27, 2017 at 6:37

O manjericão – é o verde da foto – coloquei só no final, mas ainda na panela.

Michelle March 29, 2017 at 18:32

Humm, imaginei. Delícia!
Outra coisa que faço quando tenho muitos tomates é suflê de tomate, manjericão e parmesão. Fica delicioso!
Abraços,
Michélle.

Bárbara March 27, 2017 at 16:53

Esse molho é uma delícia! dá para colocar cenoura, beterraba…

Daniela March 28, 2017 at 11:28

Bom dia.

Estou acompanhando vocês, enviei um e-mail com várias dúvidas no pat@feldmann.com.br, mas infelizmente não tive resposta. Minha filha trabalha no suporte e atendimento no site de um médico na mesma linha de vocês e ela disse que vocês não responderiam mesmo. Pena.

Pat Feldman March 28, 2017 at 21:28

Olá Daniela, eu acho que não recebi o teu e-mail, porque ainda que u demore um pouco as vezes, procuro responder a todos os e-mails que recebo, pessoalmente!! Você envia novamente por favor, e corrige o endereço: pat@feldman.com.br

elisas March 28, 2017 at 16:50

Adorei a receita.

Comments on this entry are closed.

Previous post:

Next post: