Nhoque de Abóbora com Ricota

by Pat Feldman on 22/11/2009 · 13 comments

in Massas, RECEITAS

Imagem: http://www.cookthink.com (o meu nhoque não teve tempo de ser fotografado... Mas essa imagem é parecidíssima, e de quebra, vem com a sálvia que eu queria tanto!)

Imagem: http://www.cookthink.com (o meu nhoque não teve tempo de ser fotografado... Mas essa imagem é parecidíssima, e de quebra, vem com a sálvia que eu queria tanto!)

Já fazia muito tempo que eu queria repetir essa receita de nhoque aqui em casa – eu a preparei uma vez há vários anos atrás, mas não anotei as quantidades que usei de cada ingrediente.

A minha preferência absoluta para acompanhar pratos de massa que levem abóbora é, com certeza, um molho de manteiga com sálvia, mas atendendo à pedidos saudosos do meu irmão, o nhoque de hoje veio com molho pesto caseiro e para matar a vontade do marido, um molho bolonhesa caseiro.

O almoço foi ótimo e em puro clima de celebração, com a família reunida. A receita está a seguir, para vocês fazerem em casa com a ajuda dos pequenos. A receita foi suficiente para 5 pessoas comerem muitíssimo bem, sobrou um pouquinho de nada. Talvez desse para 6 pessoas.

Ingredientes:

360g de abóbora sem casca e cortada em cubos (comprei a embalagem já com os cubos cortados, na feira de orgânicos)

270g de ricota fresca

2 xícaras de caldo de frango caipira caseiro (poderia ter usado apenas uma xícara para essa quantidade de abóbora – o caldo que sobrou foi guardado para uma sopa ou para cozinhar um arroz diferente)

1 ovo caipira

6 a 7 xícaras de farinha de trigo (usei farinha branca, mas quero ainda testar uma opção diferente com farinha integral e iogurte coado no lugar da ricota)

farinha de trigo extra para acertar o ponto da massa

1 pitada generosa de noz moscada

sal à gosto

Modo de Preparo:

Cozinhe as abóboras no caldo de frango com um pouco de sal, até que estejam moles a ponto de desmanchar. Você pode até realizar esse cozimento algumas horas ou até um dia antes, assim a abóbora esfria um pouco antes de ir para a mistura.

Escorra o caldo que restar na panela e transfira a abóbora para um recipiente grande. O caldo pode ser guardado para depois você usar no preparo de um arroz ou em frango ensopado.

Amasse a abóbora com um garfo e junte a ricota e uma xícara de farinha, além de um pouco mais de sal e uma pitada de noz moscada.

Mexa bem, com o auxílio de uma colher de pau ou (“método preguiça”), com a ajuda de uma boa batedeira planetária.

Vá juntando mais farinha, uma xícara por vez, mexendo sempre, até obter uma massa completamente homogênea e que desgrude das mãos.

Salpique um pouco de farinha numa superfície limpa, separe a massa em 3 ou 4 porções e enrole-as em rolinhos fininhos, com cerca de 1cm de diâmetro.

Corte os rolinhos no tamanho dos nhoques.

Imagem: http://www.cookthink.com/

Imagem: http://www.cookthink.com/

Ferva muita água numa panela bem grande com um pouco de sal.

Quando a água estiver borbulhando bastante, comece a acrescentar os nhoques cuidadosamente e aos poucos. Eles irão para o fundo da panela.

Conforme começarem a boiar, estão prontos. REtire os que forem subindo à superfície da água fervente.

Transfira para um recipiente refratário, levemente untado com manteiga.

Na hora de servir, jogue o molho de sua preferência por cima e, caso queira, leve um pouco ao forno para dourar/gratinar.

Como falei acima, minha opção favorita seria o molho de manteiga com sálvia, mas já comi um nhoque de abóbora com molho de queijo roquefort que ficou simplesmente DIVINO!!!

Envie para um amigo Envie para um amigo Versão para impressão Versão para impressão

{ 12 comments }

Marisa November 23, 2009 at 16:12

Nossa, essa receita deve ficar divina, maravilhosa, me deu até agua na boca agora. Assim que eu achar abobora, vou fazê-la, e vou testar fazendo com iogurte coado no lugar da ricota para ver como fica, deve ficar muito bom.

Livia November 23, 2009 at 21:39

Puxa, Pat, há dias venho pensando num nhoque de jerimum (no ceará, chamamos assim). Agora chega vc com seu nhoque lindo e me dá coragem! Tenho um jerimum lindo que trouxe hoje da feira. Vou tentar trocar uma xicara pela farinha integral e a ricota por kefir coado, te digo o resultado. Valeu pela receita!
Lívia

anna emilia November 24, 2009 at 8:04

já conseguiste fazer nhoque sem glúten?
se tiveste sucesso na substituição da farinha neste caso, gostaria de aprender.
abraço!

LianaG November 24, 2009 at 9:16

Esse fim de semana faço a receita com certeza. Vou usar o iogurte coado. Deve ficar Bem Bom Mesmo.

Daiana Neumann November 24, 2009 at 12:38

Pat fiquei com desejo, ontem nem dormi direito pensando na sua receita. Como nao eh facil encontrar abobora aqui na RT vou tentar fazer com uma batata doce que eles tem aqui que lembra abobora.

Pat Feldman November 24, 2009 at 17:05

Depois conta como ficou!

Monica Loureiro Jorge December 2, 2009 at 9:17

Adorei a idéia do CALDO DE FRANGO CAIPIRA CASEIRO….Preciso aprender a fazer !

Pat Feldman December 2, 2009 at 12:42

Já viu a receita aqui no site?

Jacqueline December 9, 2009 at 22:12

Pat,
Dá pra congelar esse nhoque?

Pat Feldman December 9, 2009 at 22:37

Jacqueline, não tentei, mas imagino que dê sim, cru mesmo. Se você tentar, me conta depois?

Val October 29, 2014 at 17:18

Pat, sonsei ou realmente não li onde entra o ovo?

Michélle January 27, 2015 at 15:47

Oi, Pat,

Já fiz este nhoque com metade da farinha integral ou farinha de aveia. Dá certo igual.
Bjs.

Comments on this entry are closed.

{ 1 trackback }

Previous post:

Next post: