Pão de Castanhas do Pará com Alecrim

by Pat Feldman on 26/07/2009 · 33 comments

in Café da Manhã, Lancheira da escola e dos passeios, Pães, RECEITAS

A receita original vem do apetitoso livro Cozinhando para Amigos, da Heloisa Bacellar. Esse é um livro que se você não quer ou não gosta de cozinhar nada, vale a pena ter só pelas imagens lindas de pratos saborosos. Eu confesso que uso poucas receitas dele, não porque não goste, mas porque tenho mania de inventar as minhas próprias.

Este pão é um caso “intermediário”. Ele não chega a ser a receita à risca do livro (que lá é um biscotti de nozes, então passou longe!), nem é uma receita exclusiva da minha cabeça. Eu peguei um pouquinho da receita dela, um pouco do que tinha em mente, adaptei às minhas técnicas de fermentação natural e então saiu essa gostosura!

O resultado é um pão super aromático e saboroso, mas bem grande, então quando for preparar, programe para receber família e amigos em casa para um lanche ou divida o pão com alguém. Eu acho que fazer uma comidinha gostosa e dividir com alguém querido é sempre uma atitute muito simpática, para dizer o mínimo!

Ingredientes:

500g de farinha de trigo integral (dá cerca de 3,5 xícaras e se você conseguir moer os grãos na hora como eu faço, melhor ainda!)

1 xícara de farinha de trigo branca

2 xícaras de iogurte natural integral

2 colheres de sopa de manteiga

1,5 xícaras de castanhas do Brasil (antes chamadas “do Pará”)

2 colher de sopa de alecrim desidratado

1/2 xícara de fubá

1 colher de sopa de mel

pimenta do reino à gosto (sugiro 1/2 colher de chá)

1 colher de sopa de bicarbonato de sódio

1 colher de chá de sementesde erva doce

Modo de Preparo:

Misture as farinhas de trigo com o iogurte, a manteiga e o alecrim e bata muito bem, na mão ou usando uma batedeira planetária, por uns 10 minutos para que a massa possa arear.

Cubra o recipiente da massa com um pano molhado e deixe descansar por pelo menos 8 horas ou até 20 horas.

Após o perído de descanso, misture muito bem o fubá e os demais ingredientes e sobre bem a massa durante pelo menos 1o minutos.

Este é o meu tipo de assadeira favorito para pães
Este é o meu tipo de assadeira favorito para pães

Pré-aqueça o forno a 180 graus (médio).

Transfira a massa para uma assadeira retangular untada com manteiga e enfarinhada.

Asse por cerca de 50 minutos ou até espetar um palito e ele sair limpo.

Espere o pão esfriar por uns 15 minutos antes de começar a fatiá-lo. Eu já caí na tentação de fatiar antes, mas assim ele está quente e macio de mais e pode desmontar todinho!

Envie para um amigo Envie para um amigo Versão para impressão Versão para impressão

{ 33 comments }

Carol Musa July 26, 2009 at 19:24

aonde vc compra CASTANHA DO PARÁ?

Pat Feldman July 26, 2009 at 19:36

Carol, eu compro as castanhas orgânicas na feira do Parque Água Branca.

Debora Diana July 26, 2009 at 21:32

Pat, não consegui te enviar as fotos da aula de ontem? Como faço, os emails voltaram…bjs
Debora

Casa do Simbad - Jacqueline July 27, 2009 at 0:34

Oi,
adorei a receita, vou tentar! Também gostei da sua forma. Que tipo de material é esse? Silicone? Conta pra gente aonde comprou?
Grata!

Pat Feldman July 27, 2009 at 0:38

Essa assadeira é de cerâmica, bem simples, comprada numa liquidação da Spicy aqui em SP

PIcky July 27, 2009 at 14:36

Ai que água na boca deste Pão!!! Não vejo a hora de poder degustar pedacinho a pedacinho… Hummm! Pat, dispensa maiores comentários, estou precisando de uma babador aqui só de pensar nele!!! rsrsrs

Pat Feldman July 27, 2009 at 15:04

Gra, esse é exatamente o pão que você ocmeu ontem!!!

PATRICIA SONG July 27, 2009 at 14:57

OI PAT,VC E ANIMADA NA COZINHA NE?PARABENS,QUERO COMPRAR SEU LIVRO.SABADO IREI NA FEIRA DE ORGANICOS NOVAMENTE, E ESQUECI 3 CAIXAS DE OVOS,HEHEHE NA BANCA DO CHEF.
E VOU MUITO A MANAUS E SEMPRE TRAGO CATANHAS.VOU USALAS,E NA SUA RECEITA A CASTANHA E TRITURADA NE ?SABADO ENTAO PEGO O LIVRO OK,E ATE LA TE AVISO O QUE MAIS ,BJCAS

Casa do Simbad - Jacqueline July 27, 2009 at 19:33

Oi Pat,
Desculpe se fiz o comentário inoportuno sobre a forma de ceramica, mas é que eu realmente não encontrei na Spicy aqui do RJ. A intenção era comprar da mesma maneira que seus clientes de SP compram o caldo de carne (que eu fico aqui só sonhando que gosto tem esse caldo da Pat…)
Mas vou procurar pela internet, quem sabe encontro.
Grata,

Pat Feldman July 27, 2009 at 21:05

Problema nenhum, Jacq!!

A Spicy tem um site, com loja virutal e tudo. Verifique se eles não entrgam no Rio, que eu vejo certinho o modelo pra você. Quanto aos caldos, não vejo a hora de ir ao Rio para umas aulas, estou com saudades da Cidade Maravilhosa!!

Casa do Simbad - Jacqueline July 27, 2009 at 21:08

Eles entregam sim, mas no site não tem nada parecido com essa sua forma.

Carol Musa July 28, 2009 at 5:12

PAT, VC SABE AONDE EU ENCONTRO MACADAMIAS ORGÂNICAS?

Pat Feldman July 28, 2009 at 6:41

Carol, taí uma pergunta que não vou saber responder… Do mundo das nozes e castanhas, a única que acho orgânica por aqui é a castanha do Brasil

Carol Musa July 29, 2009 at 19:55

OBRIGADA POR RESPONDER!!! EU TAMBÉM NUNCA ACHEI ORGÂNICAS. Voce acha a noz macadamia saudavel?, nunca vi nenhuma receita sua com elas…. o que acha?

Vivian August 19, 2009 at 20:51

Oi Pat!
Estou fazendo essa receita hoje (fiz a massa pela manhã e ela está lá, quietinha no forno do fogão) e me ocorreu uma dúvida: será que a temperatura (moro no RS e está uns 11 graus aqui) não interfere na fermentação da massa?
Obrigada, estou adorando as receitas e as dicas. Parabéns pelo trabalho!

Pat Feldman August 19, 2009 at 21:39

Vivian, normalmente as temperaturas mais baixas retardam a fermentação. Pode ser que o pão cresça menos, não estranhe!

Vivian August 20, 2009 at 19:19

Oi Pat,
Foi o melhor pão que eu fiz até hoje! Ficou delicioso, tive que dar um pedaço pra mãe e outro pra sogra rsrsrs

Apesar do frio, creceu bastante e ficou mto fofo. Obrigada pela receita, vou fazer as outras tb.

Pat Feldman August 20, 2009 at 21:04

Que bom que deu certo!!!!! Vai virar padeira!!!

Debora October 14, 2009 at 7:33

Pat, HELP!!!!!!!!!!!!!
Estou fazendo o pão agora, mas é impossível bater a massa na batedeira, está quase uma farofa, já li e reli a receita várias vezes, mas não sei o que eu fiz de errado. Porque a massa está tão seca? Será a consistência do iogurte? Fiz com iogurte natural industrializado na Nestle.

Pat Feldman October 14, 2009 at 8:07

Débora, você lembrou da manteiga? Ou será que eu é que esqueci de colocar na receita?

Pat Feldman October 14, 2009 at 8:10

Dei uma lida na receita e ela parece OK. Esta receita ganha ingredientes “molhados” depois da fermentação, mas ainda assim não deveria ficar tão “farofa”! Acrescente mais iogurte aos poucos, até atingir uma consistência melhor.
Vou ver se refaço essa receita nos próximos dias, para cnferir se as medidas estão todas de acordo!

Diva Moraes Falcão January 29, 2010 at 17:00

Pat,

Revendo esta matéria hoje, dia 29/01/2010.
Surgiu uma dúvida?
Como vc ensina que devemos colocar grãos de molho, nesta receita de pão, de castanha do pará com alecrim, o grão de trigo foi moído e colocado de molho, de véspera?
Ou o grão do trigo foi moído na hora e vc deu início imediato para fazer o pão, sem colocá-lo de molho?

Peço por favor esclarecer.
Grata. Diva Falcão.

Pat Feldman January 29, 2010 at 17:19

Diva, eu moí os grãos de trigo para que virassem farinha e imediatamente misturei a farinha com o iogurte. DEixei essa mistura descansar por 12 a 24 horas para que fermentasse e só então iniciei o preparo final do pão.

fluvia January 28, 2014 at 20:43

Preciso de sua ajuda pat, fiz essa receita mas o pão não cresceu muito, ficou um pouco pesado e com um sabor amargo. Deixei umas 20 horas antes de assar, será que foi muito? Aqui na minha cidade é muito quente e eu deixei um pouco dentro do forno. Obrigada

Danila February 4, 2014 at 14:28

Pat acho que você não aguenta mais responder sobre esse pão, rsrs… 5 anos de post, e ainda continua um sucesso!!
Apesar de eu gostar bastante de cozinhar, eu nunca fiz pão porque sempre acho que não vai crescer, ou vai ficar duro, etc. Mas esse eu quero muito fazer. Então me tire duas dúvidas por favor: a castanha é em pedaços ou triturada (farinha de castanha)?? Eu posso fazer a noite e deixar descansar até no outro dia de manhã?? Vai dar umas 9 horas.

Pat Feldman February 4, 2014 at 17:37

oi Danila, pior é que eu nem sou tão boa assim com pães, acredita! Nessa receita as castanhas são quebradas em pedaços. E você pode sim fazer no fim da tarde ou a noite para assar no dia seguinte. Quanto a dar certo, vou ser sincera: não sei qual é a mágica!! Eu faço a mesma receita. Uma vez fica ótimo e outra vez fica medonho, de jogar fora….

Danila February 24, 2014 at 10:32

Pat fiz o pão esse fim de semana.
Ficou lindo… eu nem acreditei quando vi crescer no forno :)
Mas quando experimentei, não foi a melhor das reações, rsrs. Achei a massa muito pesada, apesar de macia.
E acho que meu paladar já está treinado para coisas “doces” ou “salgadas”. Ele não fica nem um, e nem outro né?!
Bom… mas de qualquer forma obrigada pela receita. Descobri que sim, é possível fazer pão sem fermento… e esse será, sem dúvidas, o primeiro de muitos pães saudáveis que vou fazer :)

Pat Feldman February 25, 2014 at 19:37

É um novo sabor memso Danila! Massa fermentada naturalmente é meio azedinha, você se acostuma!

Helena September 15, 2014 at 17:36

Olá tudo bem?

Eu gostaria de saber onde compra essa assadeira para pães, tem algum site que venda? Estou procurando e não consigo encontrar!
Obrigada, suas receitas são ótimas!

Pat Feldman September 15, 2014 at 22:25

Helena, a minha eu trouxe dos EUA, mas creio que em lojas de produtos para restaurantes você encontre com facilidade.

Gisele December 16, 2014 at 7:34

Pat, bom dia!!!
Tenho um projeto para 2015: não sentir dor de cabeça!
Já li o livro “Enxaqueca só tem quem quer e encontrei o seu site. Anotei a receita, mas tive alguns problemas na execução: minha massa ficou muito seca, deixei descansar por umas 13 horas, mas não aconteceu muita coisa (ele deveria crescer nesta fase?), fui reler a receita para ver se tinha me esquecido de alguma coisa e adivinha: esqueci! Não cobri com um pano molhado! E depois fiquei pensando, molhado quanto? Foi bem difícil misturar o restante dos ingredientes, pois a massa estava ainda mais seca. Mas enfim, coloquei para assar e cresceu um tiquinho de nada e não ficou fofo, pelo contrário. Mas mesmo assim, o gosto ficou muito bom!!! Tirei umas fotos para te mostrar, mas não encontrei uma forma de mostra-las para você.
Farei outra tentativa…

Carolina December 17, 2014 at 14:09

Oi Pat, será que posso substituir o iogurte pelo soro do leite?

Pat Feldman December 17, 2014 at 14:13

Pode sim, Carolina.

Comments on this entry are closed.

Previous post:

Next post: