Pão de Morangos e Castanhas

by Pat Feldman on 07/08/2009 · 33 comments

in Café da Manhã, Lancheira da escola e dos passeios, Pães, RECEITAS

[ratings]

Cursos CRIANÇAS NA COZINHA
CLIQUE AQUI e saiba mais!

Ontem à noite eu coloquei uma receita de massa básica para fermentar porque pensava em usá-la hoje para assar pizza para o jantar, mas foi um dia quente como verão, cansativo e eu desanimei da pizza. Estou querendo algo mais simples, menos “de forno”.

Estava batendo a massa novamente hoje, para misturar o sal e o bicarbonato, quando abri a geladeira e dei de cara com um montão de morangos, muito mais do que vou usar no sorvete que farei mais tarde. Eu adoro morangos, mas essa semana simplesmente esqueci deles na geladeira…

Olhei para os morangos, os morangos olharam para mim, e eu imediatamente me lembrei de um pão de cramberry  (é assim mesmo que se escreve?) com nozes que comi em Nova York uma vez. Divino! Eu ainda não descobri o que é cramberry em português, nem muito menos sei qual a cara dele fora de pães, geléias e molhos. Morango também é um “berry” (do inglês, strawberry), nozes eu não tinha em casa, mas castanhas do Brasil substituem bem.

Assim saiu o pão, que está terminando de assar agorinha, e deixou a casa inteira super perfumada!

A receita segue o esquema básico das minhas receitas de pães, com poucas alterações. Eu agora estou fazendo tantos pães, que já me permito inventar alterações, novidades.

Jantamos o pão, já morninho, com manteiga orgânica crua e queijo de iogurte artesnal, lá de Santa Catarina.

Ingredientes:

3,5 xícaras de farinha de trigo integral

1 xícara de farinha de trigo branca

1,5 xícaras de kefir de leite (que você pode substituir por iogurte ou kefir de água)

1 xícara de manteiga

1 pitada de sal

1 colher de sopa de bicarbonato de sódio

1,5 xícaras de morangos orgânicos picados

1/3 de xícara de castanhas do Brasil picadas grossamente (eu teria colocado um pouco mais, se tivesse na geladeira)

1/3 de xicara de mel (pode também ser melado)

Modo de Preparo:

Numa vasilha funda junte as farinhas, o kefir e a manteiga.

Usando as mãos ou uma boa batedeira planetária, misture muito bem todos os ingredientes até obter uma massa homogênea.

Sove a massa por pelo menos 5 minutos. Cubra com um pano limpo molhado e deixe repousar em local abrigado por 12 a 24 horas.

Passado o período de repouso, junte os demais ingredientes e sove a massa por pelo menos 10 minutos.

Tranfira para uma forma de pão untada com manteiga e enfarinhada e asse em forno baixo (150 graus) por cerca de duas horas. Na última meia hora aumente a temperatura para 180 gruas – fogo médio.

Envie para um amigo Envie para um amigo Versão para impressão Versão para impressão

{ 32 comments }

brisa August 8, 2009 at 3:53

Oi! Acho que o mais proximo no BR eh a groselha-em aparencia e sabor: redondinha, menor que uma acerola, maior que um grao de feijao. Casca amarga e durinha qdo cru, e bem acida qdo cozida com acucar. Assemelha-se ao Lingonberry. Chama-se Cranberry (com “n”mesmo). Gostei da receita:) Se achar groselhas frescas por aih, te ensino um bolo invertido de cranberries que eh muito bom:):) Da uma olhada na wikipedia.

Abs

Nanda August 8, 2009 at 10:47

Oi Pat! Cranberry em portugues chama-se oxicôco, mas não é encontrado aqui no brasil sem ser congelado… com certeza seu pão de morango fresquinho ficou muito melhor do que com cranberry congelado! Beijão…

Denise K. August 8, 2009 at 11:50

Parabéns Pat,

receita muito criativa!!! Estou louca para experimentar!!!!
Bjs

Debora Diana August 8, 2009 at 18:39

Pat,
Uma dúvida, quando vamos bater o pão de novo, a massa fica muito mole e é preciso colocar mais farinha, não? Mas essa farinha não está fermentada. Como você faz?
bj

Pat Feldman August 8, 2009 at 19:14

Débora, nem sempre eu sinto necessidade de colocar mais farinha, mas quando acontece, prefiro usar a farinha branca, que já não tema casca com os fitatos.

Ana Cláudia August 8, 2009 at 20:23

Oi Pat,
Entrei naquela parte de encomendas e fiz um pedido de granola e oleo de coco há algum tempo…Será que vc recebeu??
Estou no aguardo.
Obrigada.Bj

Pat Feldman August 8, 2009 at 20:55

Ana, estou com alguns e-mails atrasados. Vou verificar e te mando notícias!

Maria Christina de Sousa August 9, 2009 at 16:03

Hola Pat,

Estou curiosa sobre o resultado final desse pão de morango. Vou para o Rio de Janeiro no dia 14 para um casamento e gostaria de levar algo diferente, inusitado , para meus amigos. Pensei em fazer o bolo de laranja mas essa sua última invenção me deixou curiosa.
Que tal ficou? testado e provado?

Pat Feldman August 9, 2009 at 17:40

Poxa, esqueci de escrever o resultado final!!! Mas é que eu me distraí devorando o pão!!! Ficou delicioso DEMAIS!!!! Acompanhdo de manteiga, queijo e a melhor geléa de morango do mundo então,ficou melhor ainda!!

A receita da geléia vem hoje ainda, mais tarde!

maria cristina August 10, 2009 at 16:06

Olá Pat

Fiquei com muita vontade de experimentar, adoro morangos, mais não consegui organicos este final de semana, acho que vou mesmo faze-lo tenho no freezer polpa de morangos organica, sera que da no mesmo?
Ja coloquei a massa para fermentar, amanhã farei o pão e venho para contar a vocês como ficou.
Amei esta receita

maria cristina August 10, 2009 at 16:09

Outra coisinha, aproveitando, te pergunto:
Tenho feito biscoitinhos caseiros para meus cães(são 3) que ja aderiram a alimentação natural, faço com trigo integral e iogurte, tenho que deixar tambem de um dia para outro?
Normalmente faço a massa e logo asso os biscoitos.
Nem preciso falar que eles adoram!!

Pat Feldman August 10, 2009 at 16:53

O melhor é deixar a massa fermentar de um dia para o outro também para a cachorrada. Passa a receita dos biscoitos!!

maria cristina August 10, 2009 at 22:32

Pat

A receita dos biscoitinhos eu tirei do site cachorro verde, é assim:
2 colheres de sopa de gengibre ralado fresco (eu uso o que fica do ginger ale)
4 xicaras de farinha integral
2 colheres de cha de canela em po
1/2 xicara de agua (eu coloco iogurte ou kefir)
1/2 xicara de melado organico

Mistura tudo, abre a massa com rolo, corta no formato desejado e assa meia hora, mais o menos, forno medio, ficam bem sequinhos e duram alguns dias guardados bem fechadinho, a cachorrada adora!

maria cristina August 10, 2009 at 22:39

As vezes eu coloco, aveia, ou farinha de milho, misturada a farinha integral, tambem tenho colocado de centeio.

Outra receita que vi na internet, e parecida mais leva tambem cenoura ralada , casca de ovo moida, e 1 colher de sopa de oleo de figado de bacalhau.

Acho que o mesmo jeito de mudar uma receita para nos, serve tambem para os bichinhos não enjoar, sempre usando ingredientes de boa qualidade…

Devo falar que a tua receita multiuso, eles aman, e as vezes não sobra nem uma migalha de pão para nos, eles comen todinho!

Leticia August 11, 2009 at 15:33

Fiz o pão e a geléia ! Acabei de assar e cozinhar :)
O pão ficou enorme (cresceu muito ! Nunca tinha feito um pão que cresceu tanto), ficou bem fofinho.
A geléia também deu certo, fiz com mel (não tinha rapadura). Ela está esfriando.
Obrigada pelas receitas.
Beijos

maria cristina August 20, 2009 at 18:00

Pat

Fiz o pão, com a polpa mesmo, ficou uma delicia o gosto do morango muito suave, parecia um bolo, maravilha, o meu marido não gostou, ele odeia tudo o que seja integral, azar dele….minha filha e eu nos deliciamos, e quando estava no fin fiz torradinhas com manteiga, melhor ainda.

Porem tenho uma duvida, a respeito das castanhas, você sempre fala em usar elas crocantes,tenho feito, mais não gostamos , elas ficam rançosas depois de assadas, e assim mesmo?
Não podem ser consumidas in natura? tem que deixar de molho?

Com as nozes e amendoim fica a mesma coisa, sera que faço errado?

Pat Feldman August 20, 2009 at 18:43

Cris, as castanhas não deveriam ficar rançosa não, de jeito nenhum!!!! Por isso a minha sugestão de usar o forno muuuuuuito baixinho e com a porta entreaberta.

Pat Feldman August 20, 2009 at 18:43

Da última vez, as sequei no meu desidratador e aí elas ficaram ainda melhores!!

maria cristina August 21, 2009 at 18:17

Obrigada Pat

Tentarei de novo, tambem ando atras de um desidratador, porem eu quero construir um desses que aproveita o calor do sol, aqui no brasil tem tanto que acho que devo aproveitar!!
O jeito e convencer o marido a fabricar hehe…
Alem disso os meus pães estão saindo um espetaculo, modestia aparte.. como você diz e so pegar o jeito..
E hoje estou super feliz porque comprei uma batedeira planetaria, meus bracinhos agradecem, e ja tem mais um pão assando no forno..
Beijos

maria cristina August 21, 2009 at 18:20

Tenho notado uma grande diferença tambem nas castanhas e nozes que ja vem descascadas, elas ficam ruins mais cedo, estou comprando tudo com casca, e tiro na hora de usar, acho que as ultimas eram sem casca, por isso que ficaram tão ruins…

Pat Feldman August 21, 2009 at 18:30

Dá mais trabalho, mas vale a pena!

Ana September 14, 2009 at 18:42

Olá Pat! Estou fazendo essa receita de pão e a geléia tb… a geléia está no fogo e o pão descansando, para continuar amanhã! É a primeira vez que faço pão, espero que dê certo! rs…

Pretendo dar para os filhotes levarem de lanche na escola, mas queria saber… quanto tempo dura o pão? Como é melhor conservá-lo?

Será que colocar aveia no lugar das castanhas fica bom? Ou é melhor as castanhas mesmo? Li acima que as descascadas não ficam muito boas, e por aqui só encontro assim.

Bjs!!!

Ana September 15, 2009 at 16:16

Ficou maravilhoso o pão, e a géleia arrazou! Amei. Meu primeiro pão e ficou fofinho! Estavam todos desacreditando rsrs Fiquei com medo, pq na hora que misturei o mel e o morango ficou hiper mole a massa e acabei colocando mais farinha! Mas no final tudo deu certo rs.

Valeu Pat! Agora vou experimentar fazer essa massa de pão com as outras variações!

Obs: Como é a melhor forma de armazenar o pão? Ou é melhor consumir no dia?

Pat Feldman September 15, 2009 at 16:19

Ana, quanto mais fresco mais gostoso o pão está, mas isso é óbvio! Se ele durar mais de 2 dias, sugiro guardar na geladeira, já que é um pão totalmente livre de conservantes.

Ricardo December 29, 2011 at 13:05

Oi Pat, parabéns pelo blog, ele é muito rico!
Eu estava navegando pelo seu blog e me deparei com este post antigo, não sei se vc já descobriu sobre o cranberry, se não segue o post da Carolina, uma chef de cozinha que gosto bastante http://caramelodrama.com/blog/blog/2010/04/07/cranberry-ou-oxicoco/

Nani May 22, 2012 at 17:01

Pat, posso usar kefir de água para fermentar a farinha de trigo para fazer pão?

Pat Feldman May 22, 2012 at 18:40

Pode!

Nani May 22, 2012 at 20:18

Que ótimo! Obrigado!

Natalia May 27, 2013 at 14:53

Olá Pat, fiz o pão e ficou divino, obrigada por compartilhar, Beijos

Mônica June 4, 2013 at 17:45

Olá Pat!

Adoro pães…aliás, sou apaixonada…porém já havia lido algo sobre o problema dos anti-nutrientes do trigo e a questão do gluten…fiquei arrasada…rs Então…eis que pesquisando mais, achei seu site e a matéria sobre pães do seu marido..e estou aqui super feliz, rs
Gostaria de tirar uma dúvida: a forma de fermentar o pão é a mesma para qq tipo de receita? Vi as fotos dos pães integrais, mas não achei a receita aqui..

Muito obrigada por compartilharem informações tão valiosas!!

Bjos

Leticia April 1, 2014 at 15:32

Pat, desculpe a ignorância, mas quando voce fala em usar o kefir, é só a água ou usa os grãos? Obrigada

Pat Feldman April 1, 2014 at 17:07

Só a água!

Comments on this entry are closed.

{ 1 trackback }

Previous post:

Next post: