Por que evitar utensílios de alumínio?

by Pat Feldman on 01/07/2009 · 53 comments

in ARTIGOS, MAIS..., Utensílios de cozinha

Picture 1

CLIQUE AQUI para se cadastrar e receber novidades da minha cozinha em primeira mão!!!!

O mecanismo de toxicidade do alumínio é que ele se liga a enzimas, proteínas no lugar de outros metais que deveriam se ligar a essas enzimas e proteínas, causando desregulagens no metabolismo das células e do organismo como um todo.

Alguns sintomas de intoxicação leve por alumínio incluem: diminuição da capacidade intelectual, esquecimento fácil, dificuldade de concentração e perda de massa óssea.

O alumínio é uma substância neurotóxica comprovadamente associada a doenças como o Mal de Alzheimer e Doença de Parkinson.

Fontes Contaminantes

Algumas fontes de alumínio além dos utensílios culinários são: latas de bebidas ou comidas, tubos de pasta de dente, sal e açúcar (o alumínio é utilizado nesses alimentos como agente anti-caking), fermento em pó para bolos e pães (agente anti-caking), desodorantes antitranspirantes (costumam conter hidróxido de alumínio), agentes branqueadores utilizados na produção de farinha branca, fórmulas infantis em pó (agentes anti-caking) (as fórmulas com soja podem conter até 10 vezes mais alumínio que as de leite), medicamentos antiácidos à base de hidróxido de alumínio, panelas de alumínio, panelas de teflon riscadas (expõem o alumínio da camada inferior), cigarros (o tabaco é tratado com alumínio – The American Journal of Medicine, Volume 119, Issue 3, Pages 276.e9-276.e11), embalagens tetra pack (possuem camada de alumínio), antiácidos com hidróxido de alumínio.

Por que evitar utensílios de alumínio anodizado?

Panelas de alumínio anodizado são mais duráveis, menos aderentes e bem menos reativas com os alimentos.

A anodização é um processo eletroquímico que endurece o alumínio (o alumínio anodizado é 30% mais duro que o aço inoxidável). O processo consiste num banho do alumínio em uma solução ácida, e em seguida a aplicação de uma carga elétrica. O resultado é uma reação do alumínio com o oxigênio, transformando-se em óxido de alumínio.

As superfícies anodizadas são muito resistentes à abrasão e corrosão.  As superfícies anodizadas não racham nem descascam. O alumínio anodizado é  inclusive utilizado para proteger os satélites do ambiente hostil do espaço.

O acabamento anodizado torna as superfícies dos utensílios tão lisa a ponto de torná-las não-porosas. Os poros são a principal causa da aderência dos alimentos às superfícies das panelas e assadeiras.

O acabamento anodizado é considerado quimicamente estável, não decompõe, é considerado não-tóxico e não é danificado pelo calor, sendo resistente até o ponto de fusão do alumínio (cerca de 500 graus celsius).

No entanto, a própria indústria admite que existe um grau, embora muito pequeno, de liberação de alumínio até mesmo pelos utensílios anodizados (cerca de apenas 35 microgramas por refeição). Tal quantidade, numa dose única, não é prejudicial. No entanto, é recomendável evitar utensílios de alumínio anodizado como parte do esforço para minimizar a sua exposição a metais tóxicos. O problema não está na dose isolada de 35 microgramas, mas no efeito cumulativo que a exposição ao alumínio pode ter.

Envie para um amigo Envie para um amigo Versão para impressão Versão para impressão

{ 52 comments }

Sonia July 1, 2009 at 12:56

Que utensílio usar na cozinha, se os de plásticos poluem a natureza, os de madeira guardam bactérias. Os de ferro?

Maria Christina de Sousa July 1, 2009 at 17:37

Minha avó está com 105 anos e 1/2 e usou a vida toda panelas de ferro – não tem problemas cardíacos, colesterol alto, diabetes, osteoporose, osteopenia, etc…
Está apenas muito idosa e de uns tempos para cá é que começou a ter uns lapsos de memória.
Panelas de ferro são ótimas apenas um tanto o quanto pesadas, por isso acho que a melhor opção são as de inox.

Diva Moraes Falcão July 2, 2009 at 2:48

Pat,

Excelente artigo sôbre os malefícios do alumínio.
Este artigo, com certeza é de utilidade pública.

Ao ter conhecimento dos malefícios do aluminio em nosso organismo, inclusive sua associação com o mal de Alzeimer e Parkinson, joguei fora todas as panelas de alumínio. Minha mãe cozinhou nelas durante toda uma vida. Faleceu há dois anos, vítima de um derrame cerebral; estava com 97 anos.

Grata. Diva Falcão

IVANA July 2, 2009 at 16:33

Com certeza de utilidade pública… espero poder me livrar delas o mais rápido possível!

Andreza July 3, 2009 at 18:28

Mas, e aí??? O que usar?

Pat Feldman July 3, 2009 at 19:43

Andrezza, as panelas de aço inoxidável ainda não são ideiais, mas já são bem melhores. Panelas de ferro são muito boas, assim como aquelas de pedra sabão. As panelas de cerâmica são aconselháveis também. As de vidro são totalmente inócuas, porém deve-se tomar muito cuidado para que não se quebrem.

A escolha não é das mais fáceis…

LIEUZINA DUARTE DA SILVA July 5, 2009 at 21:16

E as panelas revestidas com teflon, são prejudiciais também?

Pat Feldman July 5, 2009 at 21:28

São péssimas!!! Leia este artigo: http://pat.feldman.com.br/?p=314 Estou traduzindo um outro artigo, mais completo ainda, a respeito do teflon, que devo publicar em breve.

Carol Daemon July 7, 2009 at 11:34

Oi Pat, usei seu post sobre alumínio no meu sobre chás, espero que não se incomode.
abs, Carol

Pat Feldman July 7, 2009 at 11:55

Carol, tendo o meu link como referência, pode sempre usar à vontade!

Claryana August 22, 2009 at 17:04

Pat, e as panelas de cobre? Lembro que na fazenda minha tia fazia as compotas de frutas só em panelas de cobre.
Abraços

Pat Feldman August 22, 2009 at 17:37

Claryana, já li alguma coisa sobre elas, mas tenho que ser sincera, não me lembro… Vou ver se acho material sobre o assunto novamente e comento aqui no site!

Claryana August 23, 2009 at 18:43

Ok então!

Obrigada Pat!!

Abraços

Flávia December 7, 2009 at 20:10

Pat, estou aprendendo muito com seu site, parabéns! Troquei minhas panelas de aluminio por aço inoxidável, mas li neste blog : http://riquenutri.blogspot.com/search/label/panela que as panelas ne aço tb podem liberar aluminio, se forem riscadas. Me disseram para nunca limpá-las com palha de aço. Flávia

Pat Feldman December 7, 2009 at 20:39

Obrigada pelo carinho, Flávia!Eu não sabia sobre essa informação das panelas de inóx, e nem sei confirmar se é verdade ou não. Mas eu acho tããão chato limpar panela com palha de aço, que no fim é um trabalhinho que sempre pulo (risos)!!!! Sorte a minha, caso a informação seja verdadeira!

Deni June 10, 2010 at 14:19

Eu ja li muito sobre que tipo de panelas usar tambem. E uma escolha dificil. Todas tem seus pros e contras. As de ferro so nao sao recomendadas para pessoas que ja sofrem de excesso de ferro no sangue, mas no geral as pessoas sofrem mesmo e da falta dele. Eu uso uma de ferro temperada para a maioria das carnes e ovos e para refogar legumes. Elas distribuem a temperatura e ajudam a comida a cozinhar por igual. Pensei em uma slow cooker, mas depois de muita pesquisa eu acabei investindo numa panela de ferro esmaltada com tampa que pode ir no forno tambem, assim posso cozinhar em baixa temperatura bem devagarinho, sem comprometer o sabor da comida, a panela, e sem problemas de alimentos acidos reagirem como ferro da panela.Elas ajudam a manter a temperatura por muito tempo tambem, isso acaba economizando gas ou eletricidade com que voce esta cozinhando. O mais importante nesse caso e comprar uma panela esmaltada de boa qualidade para que o esmalte nao comece a descarcar com o tempo. Adoro poder usar uma panela so para tudo, refogar e ir direto ao forno. O preco pode ser bem salgado, especialmente ai no BR mas e um investimento para a vida toda.

Bob August 21, 2010 at 4:59

Olá pessoal. Comecei por aqui:

http://yourcookwarehelper.com/cookware-information/cookware-and-health/is-anodized-aluminum-cookware-safe/

De fato, lá está afirmado que panelas de alumínio que passaram pelo processo de anodização dura também liberam alumínio na comida (fonte não citada!). É bom enfatizar que há diferença entre alumínio simplesmente anodizado e alumínio duramente anodizado. Este último processo resulta numa camada mais grossa de AL2O3, que posteriormente é selada, dando ao final uma superfície virtualmente “sem porosidade” e, portanto, daí a antiaderência do material.

O “problema” (problema de fato? boa questão!) é que mesmo com a selagem após a anodização, o material ainda permite – informação que ainda deve ser rechecada – a liberação de 35 microgramas de AL. Isto é de certa maneira surpreendente para mim, pois mesmo sendo uma quantia ínfima de alumínio liberado, eu não esperava liberação alguma, afinal houve uma “selagem” ao final da anodização dura. Meu sentimento é de decepção e de desilusão com relação ao alumínio duramente anodizado. Nem vou comentar sobre artefatos de cozinha que passaram por anodização simples, ou pior ainda, são anodizados por fora mas por dentro têm revestimento de Teflon(R) ou outros antiaderentes que contém PFOA ou PFO.

Interessante que vejam esta página do ministério da saúde canadense:
http://www.hc-sc.gc.ca/hl-vs/iyh-vsv/prod/cook-cuisinier-eng.php
Lá se lê: […]Anodization also reduces leaching of aluminum from cookware into foods, particularly acidic foods like tomatoes and rhubarb.[…] Notem a palavra “reduces”. Não foi usada a palavra “avoids”, “blocks” ou algo do tipo. Também não ficou claro se a expressão “anodization” refere-se de fato a “hard anodization” ou uma anodização convencional.

Entretanto, para verem como este assunto de contaminação por alumínio é controvertido, leiam as seguintes páginas:
http://www.ehow.com/list_5973056_health-hard-anodized-aluminum-cookware.html

Agora, olhem só isto – a fonte é “The Alzheimer’s Association” – página: http://www.alz.org/alzheimers_disease_myths_about_alzheimers.asp

Myth 4: Drinking out of aluminum cans or cooking in aluminum pots and pans can lead to Alzheimer’s disease.

Reality: During the 1960s and 1970s, aluminum emerged as a possible suspect in Alzheimer’s. This suspicion led to concern about exposure to aluminum through everyday sources such as pots and pans, beverage cans, antacids and antiperspirants. Since then, studies have failed to confirm any role for aluminum in causing Alzheimer’s. Experts today focus on other areas of research, and few believe that everyday sources of aluminum pose any threat.”

Então… afinal de contas, não sei se eu deveria estar decepcionado sobre o alumínio anodizado… O que eu digo é: estejam sempre por dentro das últimas notícias e pesquisem bastante antes de decidir. E cuidado com os boatos.

Um abraço a todos.

Bob August 22, 2010 at 21:13

Interessante material, opinião de um médico sobre revestimentos antiaderentes (pdf, 2p, 144kb):
http://www.drmcdougall.com/misc/2006nl/april/pdf060400teflon.pdf

Recentemente na Fispal 2010, adquiri uma frigideira “Helios” da CS-Kochsysteme (Solingen, Alemanha – pronuncia-se /zólinguen/), vendida pela Azamtropex de P. Alegre, RS.
Foto aleatória: http://www.fabrikshop.info/14/007799.jpg
Levíssima, ela possui titânio no revestimento, ultra-fácil de limpar. Lava-se à mão com sabão neutro, água e uma esponja macia… se precisar ;). Dá pra grelhar, ou fritar, de tudo, sem grudar. Um espetáculo! Se grudar um pouquinho, uma espátula fina não metálica já solta o alimento. Na fritura pressupõe-se adição de óleo, enquanto que no grelhado, por definição, não há adição de gordura. Fica a critério do cozinheiro… Deve-se aquecê-la em fogo alto por 30 a 60 segundos, e então passar para o fogo baixo ou médio e usá-la. Na droga da minha frigideira anterior eu não tinha essa liberdade de escolha de pôr ou não pôr óleo.

Stephanita October 4, 2010 at 21:19

Minha mãe está fazendo um tratamento seríssimo para retirar o alumínio do organismo.Uma das consequencias que o alumínio estava causando era o esquecimento constantede tudo.
Aos poucos estou abolindo o alumínio da vida da minha família, a minha luta atual é achar uma pipoqueira de inox, sei que se pode fazer pipoca em qualquer panela de inox, mas meu esposo quer uma pipoqueira, a que temos atualmente infelizmente é de alumínio :(
Obrigada por acrescentar sempre informções uteís para termos uma melhor qualidade de vida :)

Stephanita October 4, 2010 at 21:26

Ahh tem uma doutora em nutrição aqui no Brasil que a tese dela foi sobre todos os tipos de panela http://www.unicamp.br/unicamp/unicamp_hoje/ju/outubro2002/unihoje_ju194pag4b.html.
Essa tese se transformou no livro Por Dentro das Panelas de Kesia Diego Quintal.
Vale a pena ler :)

DePaula-Cris October 28, 2010 at 18:23

Excelente matéria e assunto ainda pouco debatido no dia-a-dia. Infelizmente a maioria dos médicos preferem remédios à disciplina alternativa de rotinas.

Stephanita,
PARA PIPOCA, experimente um pacote de papel- daqueles de panificadora, sem furos. Coloque o milho, dobre bem a parte aberta, coloque no microondas com os milhos espalhados e, dependendo do seu eletro, de 3 a 4 minutos você terá pipocas deliciosas, sem gordura, extremamente natural. Então daí, você pode (ninguém é de ferro) colocar o sal – de preferência com reduzido teor de sódio, mas sal sempre será sal. E aproveite sem culpa.

Pat Feldman October 28, 2010 at 18:39

O problema dessa dica é o microondas… Nesse caso, não sendo rotinha, eu faço na panela que tiver mesmo… Eu uso uma das minhas panelas de inox, com tampa também de inox, e lucas grossas para segurar a tampa bem fechada. Não sinto falta de pipoqueira aqui em casa. Ah, e faço pipoca com manteiga, porque é muuuuuito mais gostosa!

Bete January 14, 2011 at 13:38

Querida Pat, mesmos as panelas grossas de aluminio fundido não são recomendadas?

Pat Feldman January 14, 2011 at 14:13

De preferência não!

Rogério Penna August 14, 2011 at 13:51

A verdade é que as panelas de alumínio anodizado são MAIS SEGURAS que as de aço inox. As panelas de aço inox contem vários metais também, como Crômio, Molibdênio e Níckel. Panelas de aço inox TAMBÉM soltam esses componentes na comida.

Segundo especialistas americanos, as mais seguras são as de ferro fundido. Não são somente seguras, como fazem bem a saúde. Depois as panelas de cerâmica. Em seguida as de Aluminio Anodizado. Aço Inox é menos seguro que Aluminio Anodizado, vem logo depois. Teflon não é tão inseguro como as pessoas pensam, mas é importante se certificar que é teflon de verdade, fabricado pela DuPont, e não algum outro anti-aderente.

Maria Cristina December 16, 2011 at 12:43

Oi Pat

Me da um HELP por favor, nesses dias de correria, acabei com as minhas panelas!!
Tenho colocado no fogo enquanto trabalho, e já viu, esqueci delas, tadinhas!!
Queimei duas de aço inox, aquelas de fundo triplo, e uma terceira quase.
O fato é que elas ficaram pretas, totalmente, fundo, laterais e tampa!
E agora? Já lavei com tudo que achei, sabão, bicarbonato, vinagre, coloquei no fogo baixinho com agua para ver se solta o queimado e nada.
Não queiro passar palha de aço para não riscar, se você souber como tirar me ajuda por favor, não quero ter que jogar elas ao lixo!

Pat Feldman December 16, 2011 at 18:34

Cris, infelizmente não sei como te ajudar… Será que no google você não acha alguma coisa que possa ajudar?

Maria Cristina December 17, 2011 at 17:50

Pois é Pat

Já procurei e alguns falam de bicarbonato ainda quente a panela, outros simplemente com sabão, eu usei aquele rosa tipo pedra e tirou bastante, mais não totalmente, li também que tem uma pasta da tramontina que pode ajudar na limpeza.
Mais meu marido, vendo agora o estado que elas ficaram diz que vai colocar soda caústica com agua quente, segundo ele, tira tudo, vamos ver.

Outra coisinha, acabei de voltar do supermercado e tem umas panelas de ferro fundido, esmaltadas, tipo aquelas francesas, só que estas são da China, será que a qualidade pode ser semelhante?
Você já viu?
O preço e meio salgado.
Bj

Pat Feldman December 17, 2011 at 20:59

Cris, essas panelas eu não conheço, mas confesso que tenho um pé atrás com coisas chinesas…

Maria Cristina December 18, 2011 at 10:44

Eu também, por isso perguntei, o jeito será guardar dinheiro até poder comprar uma francesa, morro de vontade de ter uma!
Bj e obrigada pela resposta

Lisandra January 4, 2012 at 15:22

Olá Paty,
Com relação aos fermentos químicos, dá uma olhada neste link que ensina a fazer “pó royal” caseiro e livre de alumínio
http://www.davidlebovitz.com/2008/10/why-you-should-use-aluminum-free/
Achei super interessante e estou te passando pra ver o que acha.
Bjos e um 2012 fantástico!!!

Maria Rosa June 15, 2012 at 13:03

Olá Pat e Claryana! respondendo a sua pergunta lá em cima sobre panelas de cobre, ela NUNCA devem ser utilizadas! liberam cobre e podem ser muito tóxicas. Cobre em excesso causa sérios danos no organismo.
E BOB e Rogério, quando vcs dizem “alumínio anodizado” é igual a alumínio fundido? Nas de inox, o molibidênio e cromo realmente não são um problema, mas o níquel sim!
Eu recomendo sempre as panelas da ceraflame, que são de cerâmica atóxica, não riscam. Ou pedra sabão, que é mais difícil de conseguir.
Mas essa semana eu fiquei sabendo das panelas de aluminio fundido com revestimento anti-aderente de cerâmica 100% biodegradável. Estão sendo usadas no programa e vendidas no site da Ana Maria Braga. Eu entrei em contato com o SAC para saber mais e eles me disseram q e atóxica (não me deram o laudo) e que se não usar utensílio que risca ela dura bastante tempo. Ou seja, me pareceu que ela pode começar a soltar essa camada anti-aderente.
Abraço,
Maria Rosa (nutricionista – Floripa)

Gabriel Gil June 17, 2012 at 11:06

Vale lembrar que o alumínio das embalagens Tetra Pak não entra em contato com os alimentos por se situar entre uma camada dupla de Plástico (polietileno, mais interna) e uma de papel grosso (mais externa)

Pat Feldman June 17, 2012 at 22:00

Pode ser que o alumínio não entre em contato direto, mas há muitos outros químicos que entram…

sandra June 22, 2012 at 12:51

Oi Pat,qual é a manteiga q vc usa,e qual o oleo q eu posso estar usando p fazer a comida?

Pat Feldman June 22, 2012 at 15:36

Sandra, eu uso uma manteiga artesanal orgânica que compro na feira, e na maior parte das receitas, é o que uso para cozinhar. De vez em quando opto pela gordura ou o óleo de coco.

Maria Rosa June 18, 2012 at 1:44

Exatamente Pat, na caixa tetra pak o alimento é “protegido”do alumínio por uma camada de plástico que contem bisfenol-A (BPA). Não sei o que é pior…. Pat, vc viu minha pergunta acima? conhece as panelas da Ana Maria Braga? Sabe o que aluminio anodizado?
Bjs!
Maria Rosa

Priscila November 21, 2012 at 16:32

Pat, você falou da panela de cerâmica. Li em alguns lugares que a pintura interna pode conter óxidos de chumbo e cádmio. Comprei recentemente uma da Staub e agora comprei umas de uma marca chinesa que vi no SamsCLub, mas não tenho a menor idéia de como verificar isso. As panelas estão novinhas e agora fiquei com medo de usar.

Pat Feldman November 21, 2012 at 19:11

Priscila, nunca tinha pensado sobre a pintura da panela de cerâmica… Vou tentar pesquisar mais sobre o assunto. Nas panelas Staub eu super confio – é a que eu uso em casa, mas panelas chinesas… Sinceramente? Não confio!!!

Fabiana Bertini October 13, 2014 at 7:05

Oi Pat! Estou pensando em comprar uma panela Staub para testar. Comprei algumas de aco inox, revestidas com vidro, mas confesso que nao gostei pq nao distribuem bem o calor e sao complicadas para limpar. Sempre preciso usar palha de aco. Eu nao me importava com o trabalho ate ouvir dizer que isso faz com que a panela passe a liberar residuos no alimento. Mas antes de comprar a Staub gostaria de saber … elas distribuem bem o calor? Os alimentos grudam facilmente? Como vc faz a limpeza? Te agradeco deste ja Pat! (e desculpe pela falta de acentos! meu teclado esta temperamental hoje :P

Pat Feldman October 14, 2014 at 21:32

Fabiana, eu sou suspeita, porque AMO minhas Staub de paixão!!! Sim, elas distribuem bem o calor e são relativamente fáceis de limpar, eu lavo com uma bucha macia e sabão de coco.

Fabiana Bertini October 15, 2014 at 6:08

Obrigada Pat, por ser sempre tão atenciosa, respondendo nossas perguntas! Vou comprar uma Staub para testar e depois te conto o que achei! Obrigada!

Lourdes February 28, 2013 at 22:30

comprei uma panela de titânio e estou com receio de que não seja de boa qualidade, pois vi um tipo de panela pesada parecendo panela de ferro, mas o vendedor dizia ser de titânio e depois vi outra (a que comprei) mais leve, então fiquei com receio de ter comprado uma panela apenas revestida e que ao sair o titanio venha trazer prejuízo para a saúde. O que você tem de informação sobre a panela de titânio de boa qualidade?

Sueli September 10, 2013 at 17:31

Olá, as panelas de alumínio fundido são tão prejudiciais quanto às de alumínio?? O processo de fabricação altera a composição da matéria fazendo-a menos nociva ou é tudo “alumínio”??Parabéns pelo post

Juliano September 13, 2013 at 22:46

Oi, eu também gostaria de saber se as panelas de alumínio fundido são prejudiciais igualmente as de alumínio. As de alumínio fundido são menos prejudiciais a saúde?

Daiane December 17, 2013 at 11:33

Olá! Estou escolhendo panelas e estou com algumas dúvidas. No momento, queria algo prático, para ser usado todo o dia. Dentre as seguintes opções, qual você me indicaria? 1 – Solar, da Tramontina, inox grosso, revestimento triplo em toda ela); 2 – Cerâmica, da Ceraflame (segundo a propaganda é atóxica, porém, mais frágil); 3 – Infinity, da Brinox (alumínio 4,5 mm, com revestimento de cerâmica).
Algumas considerações:
– quanto à panela de cerâmica, não queima os alimentos? O cozimento é mais demorado? Dá para fazer carnes?
– quanto às de inox, particularmente não gosto para carnes, prefiro as de ferro ou alumínio grosso, mas parece que não são muito saudáveis.
– estava determinada a comprar as panelas Mônaco da Tramontina, pois acho elas lindas. No entanto, além de serem caras, tem revestimento de star-flon, o que me fez desistir.
Enfim, gostaria de alguma opinião.
Obrigada e parabéns pelo excelente trabalho e pelas informações sempre esclarecedoras.

Daiane.

Pat Feldman December 18, 2013 at 6:34

Daiane, aqui em casa eu uso muito as panelas de ferro da Staub, que além de excelentes, são lindas e podem até ir à mesa em refeições informais. Para preparos maiores, em que o tamanho da panela tem que ser muito grande, uso justamente a linha Solar da Tramontina, que eu gosto muito.

Vania February 28, 2016 at 10:17

Olá Pati, também estou precisando de ajuda. Comprei ontem um jogo de panelas Mônaco da Tramontina, o vendedor me garantiu ser revestimento de cerâmica, mas ao chegar em casa e verificar as informações contidas na caixa, vi que o revestimento é de Starflon Plus. Liguei na loja para falar com o vendedor e o mesmo voltou a garantir ser cerâmica, me disse que a informação é da própria Tramontina em um treinamento realizado para a loja. SOS…. por favor!

Pat Feldman February 28, 2016 at 19:32

Vania, dei uma super busca pra saber o que é esse revestimento Starflon Plus e não achei nada sobre o assunto… Não diz nem que é cerâmica… Eu prefiro passar longe de promessas mirabolantes como essa, porque sempre tem química pesada, já que mágica não existe!

joaodamasceno June 13, 2016 at 19:26

Se possível, por favor, me tirem uma dúvida: ganhei recentemente uma churrasqueira tipo bafo. Comenta-se que é de alumínio, ainda que eu ache estranho porque é muito pesada. Pois bem 1.existe esse tipo de alumínio que tem como característica ser muito pesado (ou na verdade seria ferro)? 2.de acordo com o texto, então é ruim que eu prepare minhas carnes, linguiças, massas etc utilizando essa churrasqueira (caso ela seja mesmo de alumínio)?? Enfim. Obrigado e tudo de bom.

Michele Fernandes Tomanik June 23, 2016 at 17:53

Pat….e as garrafinhas térmicas de água, são de alumínio….tem o mesmo problema? Obrigada

Pat Feldman June 23, 2016 at 20:30

Sim, o ideal são garrafas de inox ou vidro.

Comments on this entry are closed.

{ 1 trackback }

Previous post:

Next post: