Sorvete Rústico de Amêndoas e Mel

by Pat Feldman on 02/08/2009 · 22 comments

in RECEITAS, Sobremesas, Sorvetes

Picture 8Cursos CRIANÇAS NA COZINHA

CLIQUE AQUI e saiba mais!

Apesar de hoje termos tido um dia bastante ensolarado (e agradável), as temperaturas não estão particularmente altas aqui por São Paulo. Mesmo assim eu tirei o fim do dia para aperfeiçoar uma receita de sorvvete totalmente livre de leite e derivados.

Eu estava devendo essa receita para aqueles que têm algum tipo de intolerância ou alergia relacionada ao leite e principalmente a alguns clientes que seguem a dieta kosher, não misturam carne com leite e ainda assim adorariam ter um sorvete cremoso para suas sobremesas.

Da forma que eu preparei o sorvete hoje, tive como resultado uma massa deliciosamente cremosa e ligeiramente rústica, com minúsculos pedacinhos de amêndoas. Para quem está acostumado a sorvetes industrializados, completamente homogêneos, repletos de aromatizantes e flavorizantes que dispensam uma quantidade maior de amêndoas, o sorvete pode parecer esquisito no começo. Esquisito não, talvez não seja o termo correto. Você talvez o ache meio “feiozo”, ou pesado demais, ou rústico demais.

Ele pode parecer tudo isso, rústico e “pedaçudo” ele realmente é, mas o sabor é inigualável, sabor de amêndoas de verdade! E saudável, preparado com ingredientes selecionados, usando procedimentos cuidadosos.

Eu recomendo que você experimente primeiro assim, bem rústico, e depois acompanhe aqui no site a evolução desta receita. Talvez eu acabe me rendendo e ache um jeito de deixar o sorvete mais lisinho e uniforme, como o grande público normalmente prefere simplesmente porque ele parece mais bonito (porque mais gostoso, vai ser difícil!)

Ingredientes:

2 xícaras de amêndoas crocantes

1,5 xícaras de água gelada

1 colher de sopa cheia de extrato natural de baunilha

1 colher de chá de extrato natural de amêndoas (o extrato de amêndoas que eu tenho aqui em casa é bastante forte, mas se você provar essa quantidade achar que a massa ainda está meio sem gosto, use um pouco mais)

1/2 xícara de mel orgânico

2 gemas cruas

Modo de Preparo:

Bata todos os ingredientes no liquidificador por cerca de 5 minutos ou até a mistura ficar totalmente homogênea e ganhar corpo.

Transfira para a sorveteira e siga as instruções do fabricante.

Nas minhas outras receitas de sorvete há uma explicação de como prepará-los sem a sorveteira. Uma explicação bem básica que corre por diversos sites de receitas e que pelo que me contaram dá super certo. Com essa receita eu não sei, não testei. Se alguém quiser testar, venha contar depois:

Caso você não tenha máquina de sorvete em casa, leve a mistura ao freezer. Assim que começar a gelar, bata na batedeira e volte ao freezer, deixando lá mistura de uma a duas horas. Bata novamente e repita o processo até conseguir a consistência cremosa do sorvete.

Atendendo a pedidos, uma palavrinha sobre o extrato natural de amêndoas!!

Há alguns anos meu marido comprou o extrato natural de amêndoas que usamos até hoje (bem forte) na Botica ao Veado D’Ouro – acho que foi o melhor que já encontramos.

Nos Estados Unidos, em lojas de produtos naturais e orgânicos, também se encontra facilmente o verdadeiro extrato de amêndoas.

Envie para um amigo Envie para um amigo Versão para impressão Versão para impressão

{ 21 comments }

Débora Lemos Dal Corso August 3, 2009 at 9:31

Como fazer o extrato natural de amêndoas?
Teria a receita?

Pat Feldman August 3, 2009 at 23:18

Oi Débora, a “receita” do extrato de baunilha é das mais fáceis: comprar pronto! Há alguns anos meu marido comprou o que usamos até hoje na Botica ao Veado D’Ouro – acho que foi o melhor uqe já encontramos.

Nos Estados Unidos, em lojas de produtos naturais e orgânicos, também se encontra facilmente o verdadeiro extrato de amêndoas.

Debora August 13, 2009 at 19:22

Ola Pat,
Voce podera encontrar o extrato de amendoas da Veado Douro agora em Pinheiros. O tel da Botica é (11) 3819.8000

Elaine August 3, 2009 at 10:52

Pat, esse extrato de amendoas segue a receita do extrato de baunilha?

Pat Feldman August 3, 2009 at 23:19

elaine, esse extrato eu ainda não descobri como preparar, por enquanto compro pronto, como falei no comentário acima.

Isa August 3, 2009 at 12:38

Sou viciada em sorvetes e confesso que esse deu água na boca!!
Adorei a receita, basta fazer..rs

Luciana Pinto August 3, 2009 at 15:28

PAt, o extrato natural de amêndoas vc compra ou faz em casa? Onde vende? Bjs e Obrigada!

Debora Diana August 3, 2009 at 15:57

Pat, como faz seu extrato natural de amêndoas? Posso usar as amêndoas sem ser crocantes? Na verdade não tenho acertado amendoas ou castanhas de caju crocantes, umas ficam duras outras boas…as nozes e as castanhas do Brasil ficam boas…o que será que ocorre?
bjs,
Debora

Maria Christina de Sousa August 3, 2009 at 18:52

Legaus! e como eu consigo o extrato natural de amêndoas? porque com certeza não deve ser aquele vidrinho vendido no supermercado?

Tatiana Freitas August 4, 2009 at 15:00

Pat, seu site está nos meus favoritos!Vc me dá uma indicação de sorveteira e iogurteira para comprar?as marcas disponiveis são desconhecidas prá mim…
Obrigada!bjs!

Pat Feldman August 4, 2009 at 19:06

Tatiana, a melhor iogurteira, na minha opinião, é uma panela grande (ou recipiente de vidro, melhor ainda), uma manta ou toalha e um local abrigado como o seu forno. Poque para preparar o iogurte, tudo que você precisa é aquecer o leite, misturar a “isca” e manter o leite morninho durante algumas horas, e isso você consegue embrulhando o recipiente do iogurte com uma manta ou toalha e guardando o “pacotão” dentro do forno, que eu acho que é o local mais abrigado das casas.

A sorveteira que eu tenho aqui em casa é ótima, porém nunca mais encontrei para vender. Foi um achado, uma marca “genérica”, um preço ótimo e funciona muito bem. Hoje eu compraria a Cusinart, como essa no site do William Sonoma (confira AQUI) ou o acessório da Kitchen Aid (confira AQUI) para sorvetes, jáque a batedeira eu já tenho em casa.

Tatiana August 6, 2009 at 19:57

Pat, obrigada pela atenção!
me apaixonei pela kitchen aid, mas com a batedeira…$$$$$
encontrei uma similar da cuisinart, acho que vai ser esta!
http://www.submarino.com.br/produto/34/21533590/maquina+de+sorvete+dupla+ice-40+cuisinart+110v
bjs!

Pat Feldman August 6, 2009 at 20:09

Menina, que sorveteira linda!!!! Deu água na boca!!!

Tati February 13, 2011 at 21:01

Muito saboroso! Fácil de fazer e de um sabor incrível.

Lu February 15, 2011 at 20:12

Pat, vc acha q essa mesma receita fica legal com pistache? Uma amiga disse q comeu um sorvete de pistache sem leite incrivel, fiquei curiosa para fazer, mas não achei receita! O q vc acha? Bjs

Pat Feldman February 15, 2011 at 20:47

Pode ficar interessante, e se meu marido souber da idéia com certeza vai pedir pra testar!! Eu não me animo muito… Não gosto de pistache…

Caio Petrônio October 1, 2012 at 9:50

Oi, Pat!
Só queria saber se não há nenhum problema em consumir o ovo cru. Já ouvi falar no risco de salmonela e fiquei meio preocupado.
Ah, normalmente eu uso os ovos Yamaguishi mas às vezes não encontro e vai aquele Label Rouge, mesmo.
Valeeeu!

Pat Feldman October 1, 2012 at 16:51

Olá Caio,
Antes de mais nada, fico sempre com peninha do ovo, que ganhou a fama de transmissor malvado de salmonella enquanto na verdade qualquer alimento cru ou mal processado pode transmiti-la. Houve até um caso nos EUA em que biscoitos da Kraft tiveram contaminação por salmonella!!!
Eu consumo gemas cruas quase diariamente e dou para os meus filhos também. Aprendi que uma boa forma de prevenir o contágio por salmonella é lavar muito bem a casca dos ovos (até com água e sabão) imediatamente antes de usar os ovos, já que a salmonella está na casca e não no interior dos ovos. A contaminação aconteceria no momento em que se quebra o ovo!

Helena October 13, 2013 at 12:38

OI Pat!
A partir de que idade as crianças podem comer a gema crua? minha nenem fez dois anos essa semana.
Beijos e parece DE-MAIS!!!!! essa receita!!!!

Pat Feldman October 13, 2013 at 19:25

Helena, meus filhos comeram gema crua, de ovos orgânicos e caipiras, desde os 4 meses de idade.

Helena October 13, 2013 at 21:19

Nossa, que maravilha!
aqui também comemos ovos orgânicos e caipiras! vou amanhça mesmo procurar o extrato de amêndoas.
Obrigada, pat!
Beijos e obrigada!
PS estou fazendo direto as receitas de bolo com o fermento caseiro que peguei a receita aqui. Sucesso total!

Comments on this entry are closed.

{ 1 trackback }

Previous post:

Next post: