Tomates Recheados

by Pat Feldman on 01/09/2012

in Acompanhamentos, Aperitivos e entradas, DIETA FELDMAN ANTIENXAQUECA, Peixes, RECEITAS

Quando vi tomatões orgânicos enormes na última feira, imediatamente pensei em tomates recheados, que eu adoro, mas faço muito pouco aqui em casa. Aqui em casa só uso tomates orgânicos e é o que eu sempre recomendo. tomates são extremamente castigados por pesticidas, cuidado!

Para um tomatão dar certo como uma verdadeira refeição, recheado com alguma gostosura, é fundamental que o formato dele permita que ele seja assado e depois servido sem virar e se desmanchar todo, ou seja, tem que ser um tomatão, acho que tipo tomate caqui, que eu quase nunca encontro. O mais comum na feira dos orgânicos aqui em São Paulo é o tomate italiano, muito saboroso, porem “pontudo” demais para ser recheado.

Comprei os tomates e passei a semana olhando para eles e pensando num recheio leve e gostoso. Eis que hoje, durante a manhã, enquanto organizava a geladeira de mais uma reforma na cozinha, me deparei com uma sobra do atum mediterrâneo que havíamos preparado e logo me lembrei de que um peixe desfiado e bem temperadinho daria um belíssimo recheio para os meus tomates.

Ao chegar em casa, me lembrei de uma latinha de salmão selvagem que trouxe na mala da minha última viagem aos Estados Unidos. Quando estávamos passeando por lá, as latinhas do salmão eram uma ótima opção para refeições fora de hora, era só abrir e comer, com a colher que eu levava sempre na bolsa (afinal, bolsa de mãe sempre tem tudo, né??).

Aqui no Brasil eu nunca vi desse salmão para vender em lugar nenhum e sinceramente uvido que tenha, e mais sinceramente ainda acho que se um dia tiver, custará mais caro do que nós pobres mortais podemos pagar… Mas a receita, mesmo sem salmão selvagem, tem salvação! Eu tenho certeza de que ela ficará deliciosa com um bom atum em lata (escolha atum conservado em água e sal e cuidado, algumas marcas adicionam glutamato monossódico, um veneno), ou com a sobra do peixe do almoço (qualquer peixe, com qualquer tempero, de preferência assado).

Ingredientes (2 porções):

2 tomates orgânicos grandes e largos (olhe a foto e confirme, mas eu tenho a impressão de que são tomates caqui)

1 lata de atum em conserva de água e sal (eu usei salmão selvagem dessa vez) – e muita atenção ao rótulo, porque algumas marcas adicionam glutamato monossódico, e outras contém caldo de legumes, que com certeza não é o caldo caseiro e saudável…

1 colher de sopa de alcaparras picadas

3 colheres de sopa de cebolinha finamente picada

1 colher de sopa de creme de leite fresco (ou ricota ou cream cheese caseiro, só pra dar liga)

1 colher de sopa de azeite de oliva extra virgem

sal e pimenta do reino à gosto

um pequeno punhado de parmesão ralado para colocar sobre o tomate recheado (opcional)

Modo de Preparo:

Corte a parte superior dos tomates, de modo que ele fique parecendo um potinho com tampa.

Raspe cuidadosamente o interior dos tomates, retirando toda a polpa e sementes. Jogue fora as sementes e pique finamente a polpa. Reserve.

Prepare o recheio.

Se for usar atum ou salmão selvagem em lata, abra a lata e escorra o excesso de líquido.

Transfira o peixe para um pequeno recipiente fundo, e o desfie delicadamente com a ajuda de um garfo.

Junte a polpa de tomate picada, as alcaparras grossamente picadas, as cebolinhas, creme de leite fresco, azeite, sal e pimenta do reino (prefira investir num bom moedor, para poder moer sua pimenta na hora, porque o gosto é incomparável!).

Misture bem até formar uma espécie de patê.

Transfira a mistura de peixe para o interior dos tomates. Para o tamanho dos tomates que eu tinha em casa, a mistura coube em 2 tomates, mas dependendo do tamanho deles, pode ser que a mistura renda um pouco mais ou um pouco menos.

Exatamente assim, sem ir ao fogo nem nada, você tem uma deliciosa e refrescante opção para refeições em dias quentes, que pode ser acompanhada por uma salada verde simples.

Caso você deseje um prato quente (e nesse caso eu recomendo!), pré-aqueça o forno, polvilhe um pouco de parmesão (ou outro quejo de sua preferência) sobre o recheio dentro dos tomates e leve ao forno por cerca de 30 minutos ou até o topo estar dourado.

Sirva imediatamente, ainda bem quente, puro, como prato único (e super leve) ou acompanhado de uma farta salada verde ou ainda com arroz integral.

Envie para um amigo Envie para um amigo Versão para impressão Versão para impressão

Comments on this entry are closed.

Previous post:

Next post: