Molho Pesto

by Pat Feldman on 28/10/2009 · 22 comments

in COMPRE DA PAT!, DIETA FELDMAN ANTIENXAQUECA, Molhos, Para salada, RECEITAS

pesto

CLIQUE AQUI e conheças as opções de aulas de culinária infantil que eu ofereço.

Os cursos podem ser ministrados em escolas ou na sua casa.

Entre em contato comigo!

O molho pesto é comumente utilizado com massas, mas eu descobri que ele também fica delicioso acompanhando carnes, peixes e até alguns risotos. Em torradinhas de pão integral, com tomates frescos por cima fica simplesmente divino!!

Ingredientes:

2 xícaras cheias de folhas de manjericão fresco (se achar do orgânico, melhor – além de mais saudável, é ainda mais saboroso e perfumado, e o perfume do manjericão já tirou crise de enxaqueca de uma conhecida minha, justamente enquanto ela preparava este molho)                

2 a 4 dentes de alho médios descascados

1/2 colher de chá de sal

1/4 de xícara de piñolis crocantes (prepare como as pecans crocantes, ou use as próprias – barateia a receita e ela continua saborosa)

1/4 de xícara de um bom queijo parmesão (compre em peça, JAMAIS use aqueles que vêm em saquinhos, já ralados)

1/3 de xícara de azeite de oliva extra-virgem (aproximadamente)

Modo de Preparo:

Coloque as folhas de manjericão lavadas e secas no processador (você pode usar o liqüidificador, mas com processador é mais fácil – eu tenho um miniatura, que é acoplado à mesma base do liqüidificador). Use a função “pulsar” até que as folhas estejam completamente picadas.

Adicione o alho, sal os piñolis (ou pecans) e o queijo. Bata bem.

Adicione o azeite de oliva aos poucos, até atingir a consistência desejada.

O molho pesto pode ficar guardado na geladeira por vários dias, em um recipiente bem fechado.

Alguns livros dizem até que ele pode ser congelado, mas eu particularmente evito ao máximo congelar qualquer erva porque na minha opinião elas perdem bastante o sabor.

Envie para um amigo Envie para um amigo Versão para impressão Versão para impressão

{ 13 comments… read them below or add one }

PatriciaUK April 3, 2008 at 15:24

Adorei que vc colocou a receita do pesto aqui, acho que valeria a pena ressaltar que se criancas adoram!!O pesto aqui em casa eh o fast foo dos meus meninos, quando chego tarde e estou com pressa para dar janta para eles – eles amam!!! Se eu estou com um tempinho a mais, coloco abobrinha e pimentao grelhados no macarrao. Tbem fica otimo em cima de uma posta de salmao. bjos x

Reply

Camila Bonilha Piovezan October 29, 2009 at 15:17

Pat:
Boa tarde!
Adorei a receita, achei super saborosa, mas tenho uma dúvida: o que são piñolis (ou pecans)?
Um forte abraço
Camila

Reply

Martha October 29, 2009 at 17:44

Pat, experimente este molho e veja o que acha. Aqui em casa nunca falta dele.

MOLHO DE IOGURTE PARA SALADA

– 1 xícara (chá) de iogurte (fica mais gostoso com o iogurte caseiro)
– 2 colheres (sopa) de mostarda
– 2 colheres (sobremesa) de mel (se gostar de um molho mais adocicado, pode aumentar essa quantidade)
– 2 colheres (café, rasas) de sal
– 2 colheres (chá, rasas) de pasta de alho (uso uma que eu mesma faço)
– 1/3 xícara de azeite extra virgem (80 ml)

Numa tigela misture o iogurte natural com a mostarda e o mel.
Acrescente o azeite em fio e vá batendo com um fuet até incorporar bem todos os ingredientes.
Este molho pode ser guardado na geladeira por vários dias.

Reply

Pat Feldman October 29, 2009 at 18:13

Martha, parece ótimo!

Reply

suely toledo February 28, 2013 at 11:17

Experimente colocar raspas de limão no molho. Faz
toda a diferença!

Reply

Livia October 30, 2009 at 17:51

Oi, Pat. Como nunca achamos pinoles aqui, uso castanhas de caju, q temos em abundância. Fica muito bom; bruschetta de pesto é mara!!!

Reply

Cacilda November 8, 2011 at 13:42

Pat,
Piñolis é o que conhecemos por pinhão ou é outra coisa?
Um abraço, Cacilda

Reply

Pat Feldman November 8, 2011 at 14:36

Cacilda, os pinolis são parecidos com o pinhão, só que bem pequenos – e bem caros!

Reply

sandra November 22, 2012 at 11:09

Oi Pat boa tarde,,,aonde acho a receita desse pao de aipim q esta na foto do site…todo final de semana faço pao ak em casa.E gostaria de experimentar esse tbem.bjs….

Reply

Pat Feldman November 22, 2012 at 18:38

Sandra, esse não fui eu que fiz. Comprei de um produtor artesanal em Sta. Catarina.

Reply

Mariana January 28, 2013 at 16:17

Pat,
Uma dúvida: por que você disse “jamais” para os parmesões ralados de saquinho?
O que tem de obscuro neles que eu desconheço? rs
Obrigada!
Abraços!

Reply

Pat Feldman January 28, 2013 at 16:38

O gosto deles é bem inferior, eu os acho completamente oxidados!!! E ralar/cortar um queijo na hora que for usar não é tão difícil assim, né…

Reply

Mariana January 28, 2013 at 17:21

Ah, isso com certeza. Eu compro não por facilidade – por que é até ridículo pensar assim – mas acontece que nem sempre é fácil/acessível adquirir uma peça de parmesão, e muitas receitas pedem quantidades generosas, por isso recorro aos de saquinho. Grata pela resposta!

Reply

Leave a Comment

* IMPORTANTE: LEIA ANTES DE CLICAR EM "ENVIAR" * Ao enviar seu comentário, você fornece à Pat Feldman e ao Site CriancasNaCozinha.com.br 100% dos direitos autorais do seu texto, e fornece também uma licença PERPÉTUA (para toda a vida) e IRRETRATÁVEL (sem a possibilidade de voltar atrás) para a reprodução de suas palavras associadas ao seu nome, seja neste site, seja em outro site, seja em algum livro que venha a ser publicado, ou em qualquer mídia atual ou futura.

{ 9 trackbacks }

Previous post:

Next post: