Gatorade Caseiro (beet kvaas)

by Pat Feldman on 31/01/2011 · 68 comments

in Bebidas, Conservas Caseiras, DIETA FELDMAN ANTIENXAQUECA, Lancheira da escola e dos passeios, RECEITAS

Essa deliciosa bebida, de origem russa, cujo nome original é “Beet Kvaas“, é conhecida por suas propriedades medicinais e principalmente como um excelente tônico digestivo. Beterrabas são riquíssimas em nutrientes, têm uma cor lindíssima – sem a necessidade de nenhum corante artificial.

Além de uma excelente bebida, rica em lactobacilos, o “beet kvass” pode ser usado no lugar do vinagre ou do limão em molhos para as suas saladas. Não é uma grande idéia?

As crianças talvez estranhem inicialmente o sabor menos doce e ligeiramente azedo dessa bebida – eu estranho muito! Procure servi-la mais diuída no começo, se for o caso. A cor é bastante atraente, e se você preparar um copo bem bonito, com uma rodela de limão enfeitando, ela fica ainda mais atraente.

Para a lancheira essa é uma grande opção! Essa bebida não estraga facilmente fora da geladeira, se bem que tomá-la bem fresquinha é muito mais gostoso, portanto mande-a nu,a garrafinha térmica!

Ingredientes:

3 beterrabas médias (ou 2 grandes), de preferência orgânicas, descascadas e cortadas em fatias de cerca de 0,5 cm;
1/4 de xí­cara de soro de iogurte (ou pode ser o iogurte mesmo, mas aí a bebida não ficará tão límpida)
1 colher de sopa de sal marinho (de preferência não refinado, que aqui em SP eu acho na Casa Sta. Luzia)
água filtrada

Modo de Preparo:

Essa bebida é super nutritiva e digestiva e as beterrabas fornecem diversos nutrientes.
Coloque as beterrabas, o soro e o sal em um pote com tampa com capacidade para cerca de 3 litros e cmplete até quase a boca com água filtrada.
Mexa bem e tampe.
Deixe o pote fechado à temperatura ambiente por 2 dias e depois transfira para a geladeira.

Na hora de servir você vai notar algumas coisinhas brancas na superfí­cie, como se fosse um bolor. É só tirar e não há com o que se preocupar – isso é somente o resultado da fermentação das “bactérias boazinhas” provenientes do soro de iogurte e que são importantí­ssimas para uma boa saúde da flora intestinal.
Aliás, essa bebida é boa até para nós!!!

O cheiro dela, para quem não está acostumado, é meio estranho – parece daqueles pães fermentando!!

Mas eu estou de prova que o pequeno toma isso com o maior gosto!!!

Envie para um amigo Envie para um amigo Versão para impressão Versão para impressão

{ 66 comments }

Arlequina May 24, 2007 at 19:50

Obrigada pela receita Pat !!!:) Assim que fizer venho aqui contar o resultado. O mais difícil vai ser conseguir um pote de 3 litros :). Graças à você o miojo foi abolido daqui de casa! Só não consegui convencer a minha mãe.

Milena May 25, 2007 at 21:44

Oi Pat, estou passando aqui pra agradecer pelas receitas, e deixar um beijo pra você, outro pro Dr. Alexandre, e mais um pro seu galãzinho que adora um sal!
Sucesso no seu blog!
Visito-o sempre que posso!
Beijos, Milena!

Silvia June 1, 2007 at 8:01

Pat, perguntinha rápida sobre o sal: uma conhecida minha, que tem problemas da tireóide, descobriu, através de muitas pesquisas, que o iodo acrescentado ao sal industrializado faz um mal danado à saúde, principalmente para quem tem propensão a problemas da tireóide. Esse sal não refinado que você compra é sem iodo?

Tércia (Tiérce) June 10, 2007 at 20:55

Parabéns pelo site, é bem criativo.

Marina November 13, 2008 at 6:58

Olá!
Alguém saberia dizer quanto tempo essa bebida pode ser guardada na geladeira?
Há uma maneira de armazenar para possíveis “emergências”: vômitos, diarréias etc?

Pat Feldman November 13, 2008 at 13:17

Marina, como se trata de uma bebida lactofermentada, ela dura vários meses na geladeira. Em caso de diarréias e outros problemas do tipo, ela pode ser oferecida às colheradas.

zenir May 1, 2009 at 18:20

PAT
EU POSSO TOMAR ESSA BEBIDA, SENDO QUE TENHO INTOLERANCIA A LACTOSE??

Pat Feldman May 1, 2009 at 19:41

Pode tomar sim, Zenir. Normalmente a intolerância à lactose não se manifesta no consumo de produtos lácteos fermentados, já que os lactobacilos se “alimentam” da lactose quando presentes na bebida, como é o caso aqui. A excessão para casos gravíssimos e raríssimos.

Rosa May 20, 2009 at 10:05

Olá Pat! estou gostando muito desse blog…
gostaria de sabver se posso fazer a mesma conserva com c
cenouras, chuchus etc… queria também umas receitinhas com cream cheeser, e em que eu posso usar, quero dizer que eu fiz o cream cheser, mas achei muito azedinho, é assim mesmo?

Fátima August 6, 2009 at 22:43

Ola Pat, adorei sei blog, faz 30 anos que consumo alimentos integrais, já fui mais radical, hoje posso dizer que estou em equilíbrio, achei vc por acaso, enquanto buscava onde comprar baunilha em favas, pois aqui em Pelotas não tem, vc conhece alguém que venda pela internet?
Outra coisa obrigada pela receita do gatorade caseiro, tenho dois ciclistas aqui em casa então vou fazer pra eles.
Bjos

Fátima August 16, 2009 at 13:33

Olá fiz hoje a receita do seçu Gatorade Caseiro, e posso dizer que o yogurte que sai depois de coado o soro é algo fantástico, quanto soro sobrou bastante depois de usar 1/4 para 3 litros de água, e como não tinha beterrabas usei um pequeno pedaço de fava de baunilha, que consegui em S.J do Rio Preto-SP e açucar mascavo 1 colher de sopa. Vamo ver… Depois e aviso no que deu e se houve aceitação.

Nanda do Ben September 9, 2009 at 0:01

Pat, o soro de iogurte pode ser substituído pelo kefir de leite?

Pat Feldman September 9, 2009 at 6:37

Eu nunca tentei, mas tenho certeza de que pode sim, porém usando direto o kefir de leite a bebida não terá um aspecto tão límpido.

Tricia Cavalcante January 6, 2010 at 2:50

Pat, acabei de preparar, mas só consegui um pote de vidro de 2,5 litros. Será que tem problema?

Pat Feldman January 6, 2010 at 6:58

Nenhum problema! Apenas se você achar o sabor muito forte, dilua em um pouco de água.

Paula ZZT January 29, 2010 at 15:49

Pode ser sal grosso? Eu nunca fiz iogurte, poderia usar qq iogurte natural? Vc recomenda algum?

Pat Feldman January 29, 2010 at 15:52

Paula, pode ser sal grosso sim, ou sal marinho. Cuidado com algumas marcas de sal grosso, principalmente quando iz que é para churrasco. Normalmente contém glutamato monossódico adicionado.

Ju Rocha February 3, 2010 at 13:40

As beterrabas são desprezadas após os 2 dia?

Pat Feldman February 3, 2010 at 17:06

Ju, ou você as despreza ou usa para fazer uma deliciosa sopa fria de beterrabas. Essa, de quebra, vem cheia de lactobacilos!!

Kelly Andrade October 11, 2010 at 20:51

Essa receita seria do Kvass de Beterraba,aquela bebida Russa é um líquido vermelho-rubi conhecido por ter muitas qualidades medicinais, sendo considerada um tônico com toneladas de benefícios para a saúde dos nutrientes, enzimas e organismos benéficos em que:

Desintoxica o fígado
Alcaliniza o sangue
Trata pedra nos rins
Ajuda a combater fadiga crônica
Usado em terapias contra o câncer na Europa
Usado em tratamentos contra sensibilidade química
Auxilia na digestão e problemas digestivos
Promove a regularidade
Ajuda contra alergias
Protege contra doenças infecciosas
Utilizada no tratamento da candidíase

Amo Kvass!

Pat Feldman October 12, 2010 at 8:06

Kelly, é o kvass mesmo, que eu só chamei de “gatorade caseiro” pra associar com algo mais conhecido dos brasileiros.

Tatiana November 18, 2010 at 21:15

Pat, acabei de fazer o gatorade caseiro. Dai corri para o seu site para confirmar a receita e me dei conta que coloquei 1 xícara e meia de soro de iogurte e não 1/4..ai, ai, ai. Estou sem beterraba e minha feira é só no sábado. Alguma sugestão?

Pat Feldman November 18, 2010 at 21:19

Tati, serve o gatorade diluído meio a meio ou 2 partes de água para uma da bebida. Mal não faz!

Tatiana November 18, 2010 at 21:51

Obrigada pela dica Pat. Vou diluir!
Aproveitando a oportunidade, gostaria de lhe agradecer por todo esse carinho e cuidado que você tem dispensado a todos nós ao compartilhar suas experiências e conhecimento neste espaço PRECIOSO.
Amo o seu site, suas dicas e suas receitas.
Mais uma vez, obrigada!
Que Deus a ilumine sempre.

Tati B. December 2, 2010 at 22:45

Pat, achei super gostoso o gatorade e acabei bebendo ele sem diluir mesmo.
Como você mesmo disse, mal não fez!
Bj, T.

Tiana February 2, 2011 at 11:45

Pat, existe quantidade e consumo por dia? Quem tem problema de resistencia a insulina, hipoglicemia pode tomar?Pergunto isso por conta da beterraba…
brigada querida
saudade bj

Pat Feldman February 2, 2011 at 13:22

Ti, vou confirmar, mas como a beteraba usada no preparo não se come (quer dizer, até pode, mas não precisa) eu tenho quase certeza de que não há problemas. Tome diluído meio a meio substituindo a água ou puro de manhã e a noite.

Tiana February 6, 2011 at 12:35

Brigada! jah fiz. Hj completam os dosi dias!!vamos ver!beijo enorme

Tiana February 6, 2011 at 16:22

Oura coisa querida…vc diz q dá uma ótima sopa fria(com as beterrabas desprezadas) pq se esquentar, os lactobacilos morrem e perdem o valor “medicinal”?
brigada novamnte, b enorme
Ti

Pat Feldman February 6, 2011 at 21:42

Tiana, aprendi que mesmo mortos, a simples presença da estrutura dos lactobacilos, tem alguma ação benéfica no nosso organismo, mas mantê-los ativos é interessante, e o aquecimento mata lactobacilos.

izaque April 25, 2011 at 17:04

me diz onde eu posso encontrar desse tipo de bebidas Manaus-Am!!

Pat Feldman April 25, 2011 at 17:09

Mais fácil fazer em casa!

Karen September 5, 2011 at 10:30

OI Pat, fiz o gatorade de duas formas:

1- num frasco fechado hermeticamente,portando sem entrada constane de ar, somente com o ar suficiente deixado dentro do fransco. Ficou quase 4 dias fermentando fora da geladeira. Adicionei um pacotinho de cultura starter pra iogurte a base de bifidus e bifidubacterium e adicionei agua. Na verdade nao ficou doce, pq 4 dias fermentaram todo o acucar e ele desapareceu completamente. Ficou melhor assim do que do segundo jeito.

2- num frasco sem ser fechado a pressao, era apenas uma jarra de suco e por isso entrou ar durante a fermentacao. Ficou um monte de bolor branco por cima que nao sei se sera crescimento de bacterias ou mesmo se sao fungos. E olha que eu sou microbiologista, mas mesmo assim nao da pra distinguir, pq so daki uns dias que ele iria esporular e eu teria a certeza de serem fungos.

Decidi fazer assim com bifidus pq apanhamos uma infeccao intestinal nas ferias na praia, ha 15 dias por beber alguma agua contaminada de uma bica, toda a familia ficou doente, vomitando varios dias, com diarreia, febre e fraqueza. Medicos daki dizem ser um virus. So que esse virus detona com o intestino da gente e percebemos que ficamos com sequelas depois de passada a infeccao, como digestao super lenta e dificil, gases, diarreia, e fraqueza. Assim decidi usar os bifidus pela propriedade que têm de resistir ao suco do estômago (ao contrário dos lactobacilos normais do iogurte: L bulgaricus e S. termophillus, que morrem com o suco gasatrico). Assim a minha idéia é repovoar a nossa flora intestinal aqui em casa.

Bem, filtrei os 2 separadamente e decidi experimentar e bebi um copo do que tem a camada branca por cima, ainda nao morri, nem sequer deu diarreia. Acho que ta aprovado, rsrs.

O outro, que nao tem a camada branca, vou experimentar amanha, pq quero saber a acao de cada um dos dois no meu corpo e pra isso devo experimentar separadamente.

A beterraba eu provei e ficou uma delicia, parece um pickles. Entao eu coloquei dentro de um frasco fechado, adicionei agua (pq tenho a sensacao de que se ficar no seco, mesmo na geladeira vai aumentar muito a camada branca em cima dos cubinhos de beterraba), adicionei pimenta seca vermelha (so uma pitada, sal rosa dos himalayas, suco de meio limao, algumas sementes de cominho que apanhamos nos montanhas bulgaras esse ano, e cobri toda a mistura por cima com folhas de endro (dill) e salsa. Assim diz a minha sogra (bulgara, especialista em conservas de vinagre como manda a tradicao dos paises de leste com inverno rigoroso) que é pra evitar esse bolor branco. Segundo ela, as conservas devem ser totalmente cobertas com folhas de alguma erva aromática, que é pra evitar que o pickles em questao suba, boie, fique descoberto e embolore (uma mao cheia caprichada mesmo de erva por cima de toda a mistura, e eu nao fiz isso no inicio logo, pq era um gatorade e eu nao queria ele com gosto de erva aromatica). Vou deixar na geladeira uns dias pra pegar gosto e volto aqui pra contar. Agr so nao sei se nao vou matar os lactobacillus bons com a alteracao do pH pela adicao do limao.

E em outro frasco eu guardei outro pouco seco sem cobrir com agua e so adicionei um pouco de sal. Vou observar o que acontece e venho contar depois.

Duvidas:
Sera que mesmo fazendo so com soro de iogurte ele ficaria com esse esbranquicado por cima?
Vc costuma aproveitar a beterraba? Qto tempo ela dura? Cresce bolor por cima dela depois de retirada do liquido?

Um abraco

Karen September 6, 2011 at 13:42

Oi Pat, voltei pra contar.
Entao aquelas beterrabas que eu gurade sem liquido ficaram emboloradas, e nao deu pra comer nao.

Eu tinha dividido dois liquidos, m ue fermentou fechado e outro que fermentou com tampa frouxa. O que fermentou com tampa frouxa ficou todo esbranquicado e eu mesmo assim experimentei um copo, filrei e bebi. MAs soltou o meu intestino brutalmente, entao nao recomendo nao. Mas como eu sou cientista, testo as coisas em mim mesma, nao me incomodo com isso nao. E nao fez pior doque o virus intestinal que todos pegamso em casa, mas entao nao recomendo a ninguem beber do liquido se ficar uma camada branca.

Agr o outro pote, que fermentou com tampa fechada nao fez essa camada, e eu deixei pra experimentar hj. Guardei na geladeira. Nao queria misturar o resultado do dois. O que aconteceu eh que hj de manha ele ainda estava bebivel, mas agora de noite estava ja azedo como vinagre, entao depois de fermentar 4 dias, ele so aguentou 2 dias na geladeira e ao fim do segundo dia ja passou do prazo de validade pro meu paladar. Esse nao me fez nada de mal pro intestino e por isso acredito que fez bem.

Agr as beterrabas que estavam no pote, eu coloquei num frasco com agua e limao e coloquei endro (dill) por cima, e salsa. Tudo na geladeira. Mas formou de novo a camadona branca por cima. To achando que vou descartar. Ainda tou pensando se vou provar amanha ou nao.

Agora perguntinha: que gost tem essa bebida? É azeda mesmo? Acho que li Pat, que vc manda isso na lancheira do seu filho, nao é possivel que tenha o mesmo gosto que a minha bebida, pq duvido que crianca alguma iria querer provar uma coisa tao azeda…..

Pat Feldman September 6, 2011 at 19:03

karen, assim purinha, principalmente quando fermenta demais, solta mesmo o intestino, o meu filho mais velho já sofreu com isso há alguns anos. assim, super fermentada, eu só ofereço a bebida bem diluida – aprendi isso na marra… atualmente meu filho educadamente recusa a bebida e confesso que como eu nao gosto muito do gosto, nao faço há tempos. ele gosta assim, azedinha mesmo, porque nunca se acostumou a sucos de frutas, que mesmo naturais, sao muito doces.

Maria Cristina September 7, 2011 at 12:51

Oi Pat

Confesso que a pesar de gostar de coisas azedas o sabor da bebida não me agradou muito, então para aproveitar os beneficios em casa bebemos assim: 1/3 de copo do fermentado, suco de uma laranja e completo com agua, fica um suco leve e com uma cor linda, e assim da para beber sem problemas, e acho que a laranja deve ficar mais saudável junto dos lactobacilos, não?
Pelo menos minha filha bebe assim, e acho que pode ser uma boa idéia para acostumar as crianças, já que a bebida e saudável demais.
Bj

CRISTINA September 14, 2011 at 0:25

FIZ O KVASS DE BETERRABA,DAÍ FICOU TIPO UM BOLOR POR CIMA, EU O RETIREI, E GUARDEI NA GELADEIRA,ESSE BOLOR É NORMAL?,SERÁ QUE DEVERIA TIRAR AS BETERRABAS TAMBEM E DEIXAR SÓ O LIQUIDO NA GELADEIRA ,EU ESTOU COM DUVIDAS E COM RECEIO DE TOMAR, POR GENTILEZA AGUARDO SUA RESPOSTA, POIS PROCURO ALGO NATURAL PRA FAZER O USO E GOSTEI MUITO DAS RECOMENDAÇÕES, SÓ NAO TENHO CERTEZA SE FIZ CERTO.

Pat Feldman September 15, 2011 at 8:15

cristina, após o período inicial de fermentaçao, as beterrabas devem ser retiradas e voce guarda só o líquido, em um recipiente de vidro com tampa.

Dirlei September 24, 2011 at 18:52

Olá Pat

Posso beber esse gatored caseiro durante as corridas?

Meus treinos duram mais de 50 minutos, e preciso repor nutrientes
Bjo

Pat Feldman September 24, 2011 at 19:38

Pode sim, mas beba diluido em água, meio a meio.

Maria Cristina September 30, 2011 at 12:36

Oi Pat

Mais uma dúvida, se puder me informar eu te agradeço.

Fiz novamente o kvass, mais tenho lido aqui mesmo nos comentários que os lactobacilos comuns, os do iogurte morren no estómago, por causa do ácido, é isso mesmo?
Eles não sobrevivem até chegar na flora intestinal?
Então adianta tomar iogurte comum, feito en casa?

No site da Sonia Hirsh, está a mesma receita, só que ela fala que nenhum soro serve, nem de iogurte, nem de leite pasteurizado, só o de leite cru, deixando talhar em temperatura ambiente, esse soro segum ela é o unico que serve para fermentar o kvass.

Se é assim, o meu não estaria fermentando?
Ainda não consegui leite de vaca feliz, embora vou a uma feira de orgánicos, e agora achei uma outra, bem pertinho de casa, amanhã irei para conhecer e ver o que tem de bom.

Pat Feldman October 1, 2011 at 8:44

Cris, os lactobacilos do iogurte feito em casa ou industrializados são similares, então se o caseiro morre, o industrializado idem. Isso é papo pra desestimular as pessoas a fazer as coisas em casa!
O leite cru, seja na forma de leite mesmo ou na forma de derivados fermentados, é sempre infinitamente melhor do que o leite pasteurizado, mas se não tiver jeito, se tiver que ser industrializado, que seja iogurte e não leite.

Maria Cristina October 1, 2011 at 11:31

Obrigada querida, eu faço o iogurte com leite de saquinho faz anos já, e tenho feito todos os fermentados que você ensina com o soro dele, e adoro, então fiquei confusa con tanta informação.

Aqui em casa, a minha filha, consome diariamente, muito, ela adora, sozinho , as vezes com polen e un tiquinho de mel (não para adoçar, mais sim pelas propriedades), e outras vezes batido com frutas e oleo de coco.

E posso garantir que raramente ela fica doente, então achei que estava fazendo certo, além de dar uma alimentação bastante variada.

Vou continuar fazendo e consumindo então os fermentados.

Infelizmente a gente do sitio que vende na feira de organicos, não trazem o leite, acho que é porque pode estragar, mais eles vendem sim iogurte, coalhada, manteiga e queijo branco, tudo feito com leite puro, então eu consumo de vez en quando o deles também.

Beijo

Pat Feldman October 1, 2011 at 16:32

Cris, você está fazendo certinho! Viu que publiquei a tua tradução da farinha de coco?

Marcia July 27, 2012 at 23:26

Pat, o q vc pensa sobre o kefir criado em açucar mascavo? meu bebe tem alergia a proteina do leite e nao pode ter contato com o leite, toma neocate, mas desde q começou com papinha as fibras travaram o intestininho… estou dando o kefir e hj comecei o oleo de coco…

Pat Feldman July 27, 2012 at 23:29

É um probiótico também, pode oferecer sim!

Susana November 7, 2012 at 15:57

Pat, nesta receita deve-se colocar o sal mesmo? Imagino que a bebida final fique ácida e salgada, e gostaria na verdade de tomar adoçado, porém fico preocupada se não fica um sabor esquisito por conter sal…

Pat Feldman November 7, 2012 at 17:41

A beterraba dá um toque doce, mas se você prometer que vai usar beeeeeeeeeem pouquinho, adoce com mel ou melado na hora de consumir.

Celso Martinez December 5, 2012 at 13:18

Adorei o seu site suas receitas e já experimentei algumas, o repolho lacto fermentado é um sucesso aqui em casa, fiz tb o gatorade caseiro e no começo ficou com a cor linda da beterraba, mas já guardado na geladeira e sem as beterrabas dentro sua cor foi mudando, indo pro marrom claro, é normal isso? Obrigado

Patty December 23, 2012 at 7:54

Pat,

uma outra sugestao de Gatorade Caseiro, bem facil e recomendada pra beber depois de atividade fisica mesmo (meu marido e’ atleta/instrutor, toma diariamente)

1-2 colh. de sopa de Vinagre de Maca Organico
1 250ml de Agua (copo)
1-2 colh. sopa de Mel organico
servir gelado…

O vinagre de maca e’ um tonico poderoso entre outras aplicacoes..

tem muita informacao boa neste site, imagino que vc ja’ conheca, se nao fica aqui a dica..
http://bragg.com/books/acv_excerpt.html
(e’ uma empresa organica, bem familiar muito tradicional aqui nos EUA)

abracos,
Patty

Pat Feldman December 23, 2012 at 14:08

Boa dica, e eu conheço um vinagre de maçã não filtrado e não pasteurizado que é tudo de bom!!!!

Claudia Vieira November 7, 2013 at 0:17

Gostaria de saber se posso tomar somente o soro ele pode substituir o whey industrializado?

Vi em muitos lugares que o soro que sobra do iogurte é o whey, mas como tomar e sabe me dizer quanto tempo ele dura para o consumo?

Obrigada!

Pat Feldman November 13, 2013 at 17:41

Claudia, o gosto (na minha opinião) não é muito agradável, mas você pode tomar sim – sugiro numa diluição de uma parte de soro para duas de água. Esse soro dura muitos meses na geladeira.

DCB February 22, 2014 at 23:11

Olá Pat! Gosto muito do seu site, é muito bom! Queria deixar uma sugestão. O kvass fica melhor se reduzir a colher de sal, por apenas uma pitada. Ao invés do sal eu coloquei folhas de hortela e gengibre(que servem de conserva). Havia feito com essa quantidade de sal ( uma colher) mas ficou salgado e fiquei com retenção de líquido. O melhor mesmo foi ter feito apenas com uma pitada e ter batido no liquidificador 300 ml do líquido do kvass com meia banana, meia maça e um pouco de limão espremido( tb coloquei gengibre ralado e duas folhinhas de hortela). Ficou delicioso, com uma cor maravilhosa, e cheio de espuma. Cheirando muito bem! Tenho certeza que essa vitamina fará sucesso com a garotada, experimente! Grande abraço!!

Pat Feldman February 23, 2014 at 8:47

Gostei da ideia, vou testar!

vera March 14, 2014 at 22:35

Congelei como cubos de gelo usar em sucos podê!

vera March 14, 2014 at 22:38

Digo o soro , não a bebida com beterraba, nem sei se pode congelar , achei legal para colocar em sucos.

Paula August 9, 2014 at 17:06

Estou tomando um pool de lactobacilos feitos na farmácia de manipulação. Posso tomar o kvas ou aí fica demais?

Adriana de Queiroz Christo January 11, 2015 at 18:14

Olá, Pat!

Adorei a receita do Gatorade! Faço kefir de leite e estou com soro sobrando em casa. Já havia escutado falar que ele é a proteína whey, mas nunca encontrava explicações claras sobre como consumí-lo.

Posso usar outros legumes/verduras para fazer o gatorade? Exemplo: cenoura, couve, pepino, espinafre (Citei as que mais gosto).

bjs

Pat Feldman January 13, 2015 at 21:48

Adriana, aqui no site tem várias outras receitas de bebidas e conservas fermentadas, dá uma procurada!

Daisy de Faria Barros May 28, 2015 at 16:34

Como consigo fazer o soro do iogurte. Faço iogurte em casa mas não fica com soro. Obrigada pela atenção.

Diana Viegas August 11, 2015 at 19:57

Deixar as beterrabas???

leticia August 23, 2016 at 22:12

Oi, depois do kvass pronto eu tenho que coar o liquido e colocar na geladeira? ou posso simplesmente depois de fermentar colocar o pote na geladeira junto com as beterrabas picadas?

Pat Feldman August 24, 2016 at 20:43

Sim, tem que coar!

Marcia Aielo January 26, 2017 at 16:24

Pat, gostaria de saber mais receitas com o soro de kefir, pois tem sobrado bastante e como sei que é muito nutritivo, náo gostaria de joga-l8s foro.
Gostei muito de seu site.
Da pra fazer biscoitos caseiros ou bisnaguinhas com o soro, por favor me de outras receitada com o soro.
Bis
Sucesso.
Marcia Aielo

Pat Feldman January 26, 2017 at 17:33

oi Marcia! Tudo o que eu faço com soro de iogurte você pode fazer igualzinho com soro de kefir!

Comments on this entry are closed.

{ 2 trackbacks }

Previous post:

Next post: