Geléia de Cebolas Roxas e Balsâmico

by Pat Feldman on 12/05/2012 · 7 comments

in Aperitivos e entradas, COMPRE DA PAT!, RECEITAS

O almoço de dia das mães será aqui em casa, mas a atração principal nem serão as mães (minha mãe e eu), mas sim meu filho mais velho, que completa sete aninhos de vida e está radiante com o aniversário.

O cardápio nem será dos mais criativos, mas ainda assim delicioso, um clássico de muitos almoços da minha família: roastbeef com molho, arroz (ou risoto, ainda não decidi) e talvez um belo suflê, paixão do aniversariante mirim.

Mas para o aperitivo eu decidi inventar um novidade, uma gostosura que já queria preparar em casa há tempos. Me lembro de ter visto essa geléia de cebolas roxa num livro ou site da internet, mas hoje vasculhei tudo e não achei de onde veio a receita que me encantou, então li algumas receitas da internet (a busca do google é realmente uma ajuda preciosa) e baseada nelas, criei a minha própria receita.

Antes de falar sobre o sabor incrível dessa geléia, eu preciso contar pra vocês o quando a minha casa está perfumada durante o preparo dela! A cebola, tomilho, vinho, aceto balsãmico e outros temperinhos perfuma o ambiente de um jeito mágico, vocês nem acreditam! Pena que foto não tem cheiro…

Para servir essa geléia, eu sugiro torradinhas pequenas, feitas com algum pão integral bem rústico, algum queijo cremoso azedinho (eu comprei o quark da feira de orgânicos, mas o cream cheese que eu ensino aqui no site, é uma opção perfeita) e a geléia por cima – você pode já levar montado para a mesa, fica lindo, ou levar em  potes separados e cada um monta seu aperitivo na hora.

Ingredientes:

8 cebolas roxas médias cortadas ao meio e finamente fatiadas

3 galhos de tomilho fresco

2 colheres de sopa de manteiga

3 colheres de sopa de aceto balsâmico (cuidado com o que compra por aí, a maioria das marcas contém montes de corantes e conservantes!)

3 colheres de sopa de vinagre de maçã não filtrado (preciso MUITO falar sobre esse vinagre maravilhoso que descobri!)

1/3 de xícara de vinho tinto seco

1/2 xícara de rapadura ralada (ou açúcar mascavo de qualidade, cuidado com as imitações!)

1/2 colher de chá de sal

1/2 colher de chá de pimenta do reino moída na hora

azeite de oliva extra-virgem

Modo de Preparo:

Junte numa panela grande as cebolas fatiadas, a manteiga e o tomilho e leve ao fogo alto.

Quando a manteiga derreter e a cebola começar a amolecer, junte o tomilho, o aceto balsâmico, o vinagre e o vinho, mexendo sempre.

Quando os ingredientes estiverem bem misturados, junte a rapadura ralada e mexa muito bem.

Baixe o fogo ao mínimo possível (se tiver um difusor de chamas, use!) e vá mexendo o casionalmente, até o líquido secar completamente e o fundo começar a caramelizar.

Junte o sal e a pimenta e mexa mais – o fundo da panela começará a ficar amarronzado e levemente grudento – é mais ou menos quando começa a queimar só que antes dequeimar, será que dá pra entender assim?

Desligue o fogo, deixe esfriar por uns 15 minutos e transfira para um recipiente de vidro com tampa (usei uma travessa baixa, tipo pirex).

Jogue uma fina camada de azeite extra virgem sobre a geléia de cebolas pronta, misture delicadamente com um garfo e espere esfriar completamente antes de guardar na geladeira, onde a geléia dura tranquilamente uma semana no pote tampado.

Tire da geladeira uma hora antes de servir.

Envie para um amigo Envie para um amigo Versão para impressão Versão para impressão

{ 7 comments }

gisele May 12, 2012 at 12:11

Oi Pat!
Tudo bem? Acompanho seu site….adoro! te agradeço por dividir tudo que sabe……sabe,estou a procura de um achocolatado para tomar com leite que seja para diabeticos!!! no mercado a gente ate encontra,porem a maioria tem aspartame….ciclamato…..que sabemos que nao da ne? como poderia resolver isso?
Voce pode me ajudar?
Te agradeço …..um beijo
gisele

Pat Feldman May 12, 2012 at 21:03

Já tentou tomar com cacau puro?? É uma delícia!!

Poliana May 14, 2012 at 14:18

Pat, que imitações de açúcar mascavo são essas a que vc se refere? Achei que aquelas diversas marcas de açúcar mascavo que vendem no supermercado fossem basicamente a mesma coisa… “Pózinho” marrom que adoça, rsrs… Vc poderia esclarecer, por favor?

E, se possível, poderia explicar a diferença entre o mascavo e o demerara? Disseram-se coisas boas a respeito deste último, mas fiquei desconfiada, porque, apesar da cor escura, parece ser tão refinado!

Obrigada!
Poliana

Pat Feldman May 15, 2012 at 9:12

Poliana, nãosei bem a diferença entre demerara e mascavo, mas como é uma dúvida comum, estou escrevendo sobre o assunto e vou escrever aquiem breve o que decobrir!

Poliana May 15, 2012 at 13:15

Ok, Pat, obrigada pela atenção de sempre! De todo modo, é como vc sempre diz, o melhor é procurar evitar o açúcar, né? Minha dificuldade mesmo é com o chocolate! rsrs

Gisele May 15, 2012 at 15:16

Oi Pat!
Obrigado pela dica…..graças a Deus nao sou diabetica! rsrrs é para uma amiga que vive querendo sair da dieta….rsrrs

Lorena December 12, 2014 at 22:38

Eu fiz e foi sucesso!! Mas, estranhamente, coloquei a metade de cebolas e mantive as quantidades (e não as proporções) do resto, pois achei que as cebolas ficariam pouco temperadas. Muito bom!

Pat, vc é um serviço de utilidade pública! Sou sua fã! =)

Comments on this entry are closed.

Previous post:

Next post: