Sopa Dourada

by Pat Feldman on 20/06/2009 · 8 comments

in DIETA FELDMAN ANTIENXAQUECA, RECEITAS, Sopas

sopadourada[ratings]

Aulas de culinária infantil.
CLIQUE AQUI e saiba mais!

Com a chegada do inverno, uma boa sopa, na minha opinião, é sempre uma das melhores opções para o jantar (bem, você pode comê-la no almoço também, mas eu sempre associei sopa com jantar…). Uma sopa bem preparada é uma opção super reconfortante, saborosa e extremamente nutritiva, além de ser muito prática, já que a maioria das sopas permite preparo prévio – você pode até preparar várias opções num dia que tem mais tempo, congelar em porções e descongelar quando quiser usar.

Essa sopa é de um tom alaranjado lindo, extremamente saborosa e super fácil de fazer!

Ingredientes:

3 xícaras de abóboras cozidas (use o tipo mais fresco que encontrar, de preferência abóboras orgânicas)

3 xícaras de caldo de frango caseiro

1 colher de sopa de gengibre fresco ralado

1 xícara de alho poró picado – só a parte clara

1 colher de sopa de óleo de coco extra-virgem orgânico

2 colheres de sopa de raíz de açafrão da terra ralado (eu tenho encontrado dessa raíz com muita facildade na feira de orgânicos, ela se parece com um gengibre, porém mais miúda e com uma coloração laranja forte)

1 colher de sopa de pimenta caiena fresca

sal e pimenta do reino à gosto

iogurte ou cream cheese caseiro à gosto (opcional)

Modo de Preparo:

Você pode cozinhar as abóboras no vapor ou assá-la em cubos por cerca de 45 minutos, até que fiquem macias – o sabor muda um pouco dependendo da forma que você cozinhar as abóboras, prove dos dois jeitos, ficam deliciosos!

Enquanto as abóboras cozinham, refogue o alho poró no óleo de coco até que ele fique macio.

Junte num copo de liquidificador o caldo de galinha, abóbora, alho poró, gengibre, açafrão, pimenta caiena, sal e pimenta.

Bata bem até obter uma mistura uniforme.

Volte para a panela, aqueça, acerte o tempero e sirva imediatamente.

Já no prato, caso você queira (e eu recomendo!), junte uma colher de sopa cheia de cream cheese caseiro.

Enfeite o prato com folhas de coentro ou salsinha e/ou pimenta do reino moída na hora.

Você também pode guarnecer a sopa com amêndoas crocantes picadas.

Envie para um amigo Envie para um amigo Versão para impressão Versão para impressão

{ 7 comments }

Irlene June 22, 2009 at 11:10

Pat, pimenta caiena é a mesma pimenta dedo de moça?
O meu primeiro caldo de carne está no forno (ligeiramente entreaberto) desde ontem.
Obrigada por tantas dicas/orientações!
Irlene

Irlene June 23, 2009 at 12:05

Ah, senti falta do alho e do sal no caldo. Tive dúvida, mas estou mantendo a panela tampada,… que ainda continua no forno. Pretendo finalizar o processo hoje.

Cacau June 23, 2009 at 18:05

Pat, aproveitando o friozinho que tem feito aqui no Sul, na sexta passada eu coloquei uma abóbora no forno pra assar, sem miolo, com uma xícara de creme de leite fresco, sal,noz moscada e pimenta branca. Ralei um pedaço de Gruyere de aprox. 250grs, coloquei dentro da abóbora e deixei no forno até ficar macia. Servi com pita integral torradinho e vinho. O que sobrou, no domingo virou sopa, no mesmo esquema da tua, mas pra temperar eu usei só salsinha fresca e gengibre. ;) delícia!

Pat Feldman June 23, 2009 at 18:12

Cacau, o detalha do queijo me deixou babando de água na boca!! Eu amo queijos!!!

Vanessa April 16, 2010 at 5:36

Oi Pat, o gengibre ralado que vc usa é com casca mesmo? Eu sempre fico na dúvida se descascar ou não. Dizem que o princípio ativo tá na casca!

Pat Feldman April 16, 2010 at 7:06

Vanessa, eu nunca ouvi falar que o princípio ativo esteja somente na casca e duvido que isso seja verdade. O gengibre ralado com casca, a não ser que esteja muito novo e fresco, não é tão agradável ao paladar, por isso eu tiro sempre. Já para o preparo de chás, onde os pedaços de gengibre nõ serão efetivamente consumidos, se eu estiver usando gengibres orgânicos, deixo a casca, senão tiro igualzinho.

Vanessa April 16, 2010 at 11:09

Obrigada, Pat! Pois é, eu tb sempre tiro a casca, mas li isso no blog da Vera Falcão e fiquei meio assim…

Comments on this entry are closed.

{ 1 trackback }

Previous post:

Next post: