Pão de Queijo da Pat

by Pat Feldman on 10/04/2007 · 58 comments

in Café da Manhã, Lancheira da escola e dos passeios, Pães, RECEITAS

Como ninguém é de ferro e pão de queijo é uma delí­cia, que pelo menos a gente prepare em casa, onde se tem a garantia da boa procedência dos ingredientes e todo cuidado do mundo no modo de preparo.

 

A saúde das nossas crianças e da nossa famí­lia fica nos pequenos detalhes!!

 

From Crianças na Cozinha 1
From Crianças na Cozinha 1

O preparo deste pão de queijo delicioso também pode se tornar uma deliciosa brincadeira para as crianças, até as pequenas! Prepare a massa e dê um pouco para o seu filho. Mostre que o pão de queijo tradicional vem na forma de bolinhas, mas deixe-o usar toda a sua imaginação e criar pães de quijo nos mais variados formatos!!

Nesta receita de pão de queijo há a garantia de bons queijos, uma boa manteiga, nada de gorduras trans, nada de corantes, conservantes e flavorizantes. Delí­cia pura e simples!! Aproveitem!!!

Ingredientes:

1 prato de sopa de queijo meia cura ralado grosso
a mesma medida de araruta (arrowroot) – a araruta anda cada vez mais difícil de achar, e para substitui-la eu descobri que a combinação meio a meio de polvilho doce e azedo é perfeita.
sal a gosto
2 colheres de sopa de manteiga
2 ovos (ou o suficiente para dar liga)
1 colher de sopa de cream cheese
2 colheres de sopa de iogurte natural integral
mais araruta (ou a combinação de polvilhos), o suficiente para a massa ficar boa para enrolar.


Modo de Preparo:

Junte todos os ingredientes, sendo um ovo de cada vez, amassando bem, para que se torne uma massa homogênea. Faça bolinhas, coloque em uma assadeira untada com um pouco de manteiga e azeite e asse em forno quente até que as bolinhas fiquem levemente douradas.




Envie para um amigo Envie para um amigo Versão para impressão Versão para impressão

{ 53 comments… read them below or add one }

Tati April 11, 2007 at 15:18

Pat,

Primeiramente gostaria de dizer que sou sua fã. Admiro muito seu trabalho e estou me inspirando em você e no D.Alexandre para melhorar a qualidade de minha alimentação. Agora uma perguntinha, a araruta é encontrada em supermercados? Tem alguma marca específica?

Abraços

Reply

patblog April 11, 2007 at 18:51

Tati!!

Taí uma coisa que na pressa eu esqueci de mencionar!!! É suuuuuper difícil achar araruta, pelo menos aqui em São Paulo…

Quando eu encontro, compro logo um montão. Quando não, substituo por polvilho azedo, que dá um efeito bastante parecido, mas infelizmente não é tão nutritivo e saudável….

Aliás, se alguém passar por aqui e tiver a dica de onde encontrar araruta, em qualquer parte do planeta, postem por favor!!!!!

Pat

PS.: Bom saber que você gosta tanto do nosso trabalho e que te inspiramos! É muito recompensador ler/ouvir elogios ocmo o teu!! Obrigada!

Reply

Wendell April 11, 2007 at 19:46

Ola Pat, tudo bem ? Tambem aprecio muito o seu trabalho, alias sou o noivo da Tati, gostaria de saber por que não utilizar o polvilho (minha mãe sempre usa o polvilho doce) na receita do pão de queijo.
Grande abraço e parabéns pelo trabalho de vcs.

Reply

patblog April 11, 2007 at 20:43

Uau, família toda participando do blog!! Quanta honra!!!!

Bom, a preferência pela araruta no lugar de polvilho é meio “científica”, e quem pode dar detalhes MESMO é o meu maridão super entendido do assunto.

Mas prá resumir aqui em linguagem leiga, o polvilho não é mal não!! Porém a araruta é uma opção mais saudável, mais nutritiva e com índice glicêmico menor (demora mais prá se transformar em açúcar no nosso organismo). A idéia aqui no blog e nas minhas receitas é adaptar todas as gostosuras do mundo de modo que elas sejam o mais saudáveis possível e continuem gostosuras.

Aqui em casa nada é proibido, mas tudo é escolhido a dedo, preparado com muito carinho e atenção e usando ingredientes de primeira. Quando dá prá ser orgânico então, melhor ainda!!!

Obrigada de novo pelos elogios!! Hoje ganhei o dia e corro o risco de ficar “metida a besta”!!!!!

Reply

patblog May 25, 2007 at 17:36

Não estou achando mais a tal da araruta.. Daqui a pouco vou ter que procurar nos EUA um ingrediente tão brasileiro… Será que lá eu acho??

Da última vez fiz com polvilho doce – adorei! Antes fazia só com polvilho azedo e achava meio ‘cascudo’…

Numa próxima vez vou experimentar misturar um pouco de cada polvilho. Ou tentar achar araruta, que dá o ponto perfeito!!!!

Reply

beatriz June 27, 2007 at 16:34

oi pat, passei por aqui para pegar a receita do pão de queijo.
não pude ir ao mercadão porque estou hiper gripada e tenho nene pequeninha -2 meses!
assim que der, passo por lá.
obrigada, beatriz

Reply

Fabiana May 23, 2008 at 14:46

Araruta é polvilho?

e queijo meia cura é o que, exatamente? rsrss

Fiquei com vontade!!!!

Reply

Kezia May 27, 2008 at 16:11

A Araruta (Maranta arundinacea), espécie do gênero Maranta, é uma erva cuja a raiz tem fécula branca que é alimentícia. Também é conhecida como agutingue-pé, araruta-caixulta, araruta comum, araruta-palmeira e embiri.

Considerada como um alimento de fácil digestão, a fécula da araruta é usada no preparo de mingaus, bolos e biscoitos. Por esta característica, é indicada para idosos, crianças pequenas e pessoas com debilidade física ou doentes em recuperação. Também pode se produzir papel com a araruta.

Estudos arqueológicos mostram evidências do cultivo de araruta nas Américas há, pelo menos, 7.000 anos.

A araruta é uma planta originária das regiões tropicais da América do Sul, a qual, encontra-se em vias de extinção. A indústria alimentícia substituiu o polvilho de araruta pelo de mandioca ou pela farinha de trigo ou milho, prejudicando assim o cultivo daquela planta.

Segundo a sabedoria popular, a araruta tem vários usos medicinais, mas é na culinária que o uso desta planta se destaca, recomendada para pessoas com restrições alimentares ao glúten (doença celíaca). A EMBRAPA Agrobiologia tem feito um trabalho de resgate da araruta em sua Fazendinha Agroecológica Km 47, onde as variedades são cultivadas organicamente.

Reply

Pat Feldman May 27, 2008 at 16:16

Kezia, obrigada pela super aula!!! Na verdade eu descobri há algum tempo que a “araruta” que encontramos por aí no mercado é “falsificada”… Uma pena!

Esperemos que este trabalho da Embrapa dê certo e voltemos a encontrar verdadeira araruta no mercado!

A araruta “de mentirinha” tem funcionado bem nas minhas receitas…

Reply

fernanda June 11, 2008 at 20:56

Pat, não encontro araruta… mas achei fécula de batata eu achei. Serve?
PS: Meu problema é o índice glicemico e o problema o meu marido o glútem.
Suas receitas são 10!
fernanda

Reply

Pat Feldman June 11, 2008 at 21:45

Fernanda, eu descobri que a araruta que eu compro na verdade é falsificada…

Você pode trocar a araruta pelo polvilho, que tem o índice glicêmico bem parecido – alto, infelizmente. A presença maciça do queijo, manteiga e ovos na receita abaixa a CARGA glicêmica (aguarde, em breve escreverei um artigo explicando índice e carga glicêmica), do pão de queijo, da receita pronta.

Reply

Pat Feldman June 11, 2008 at 21:48

Ah, não há problema de glúten com polvilho de mandioca, araruta, trigo sarraceno, milhete, amaranto, alfarroba, farinha de semente de uva, quinoa, arroz, batatas e milho.

Reply

Aretusa June 19, 2008 at 8:30

Olá Pat, adorei o site e já fiz a receita do cream cheese e ficou realmente muito bom…aproveitei e fiz também o pão de queijo e meus filhos simplesmente pediram mais…estou com outra fornada saindo…parabéns!!!

Reply

Sandra Carvalho July 8, 2008 at 9:12

Oi Pat, gostei da receita do pão de queijo, vou tentar fazer.
Gostaria de saber se araruta é bom para quem tem prisão de ventre. Eu adoro pão de queijo, mas não posso comer muito por causa disto.
Parabéns pelo seu trabalho e do Dr. Alexandre, também tenho enxaqueca e ele tem me ajudado muito com suas informações. Obrigada pelo trabalho de vocês.

Reply

fernanda July 12, 2008 at 20:55

Fiz o pão de queijo hoje e ficou uma delicia. Aprovadíssimo… só que a quantidade é grande, pq ele cresce. Por acaso você já testou congelar? deu certo? Como fez? Obrigada pelas suas dicas sempre deliciosas e saudáves! fernanda

Reply

Juliana August 2, 2008 at 17:17

Oi Pat, td bem?
Moro nos USA e aqui nao acho queijo meia cura.
Posso substituir pelo parmesao?
Tem um queijo tipo minas mais duro (mexicano) que talvez de certo. Mas acho ele tao sem sabor.
Faço normalmente com tapioca flour. Vou tentar com o arrowot e te falo. Bom vc por o nome em ingles pq nunca saberia achar aqui.
bjs e obrigada pelas dicas.

Reply

Pat Feldman August 2, 2008 at 18:34

oi Juliana,

Na verdade nesta receita você pode usar o queijo que você preferir. Eu dou preferência ao meia cura, porque foi o “pioneiro” desta receita, ms na prática eu junto os queijos que tem na geladeira e uso para o pão de queijo. Eu só aconselho porém sempre usar um parte de queijos mais duros – o parmesão é uma ótima opção – porque senão a bolinha do pão de queijo se espalha muito e fica mais parecendo uma bolacha do que um pão de queijo!!

Depois que você fizer, me ocnte como ficou e que queijos usou!

Reply

Maria Cristina October 8, 2008 at 12:06

Oi Pat, eu de novo, cada dia me encanto mais com o site, vejo uma coisa e outra e outra e não consigo parar!!! da vontade de fazer tudo…..falando nisso, comprei araruta, não sei se ela e falsificada, como saber? Eu não sou daqui então tenho certa dificuldade com alguns produtos, a minha duvida de hoje e: não precisa deixar a araruta de molho? como fazem com o polvilho? Ouvi dizer por ai q tambem dão uma escaldada antes de fazer o pão de queijo? e mesmo preciso, o se usa ela assim so misturando tudo?beijos e obrigada

Reply

Mariana January 22, 2009 at 15:32

Oi Pat,
Em primeiro lugar parabens pelo trabalho.
Acabo de fazer esse pao de queijo sensacional. Faco sempre com as criancas, sao eles que poem a mao na massa e enrolam as bolinhas. Para uma tarde de chuva como hoje, eh uma otima dica para ter o que fazer com as criancas em casa.
O queijo meia cura tambem pode ser comprado como “queijo minas padrão”. Nao sei se o processo eh identico, mas quebra bem o galho. Encontrei no santa luzia (super mercado) uma fecula de mandioca de otima qualidade: Amafil. Ate agora so encontrei la.
Amo essa receita!
bjs

Reply

Sara February 9, 2009 at 20:51

Oi Pat!
Hoje fiz sua receita de pão de queijo! Ficaram saborosos mas eles não cresceram…o que será que fiz errado? Usei o queijão parmesão (pois aqui nos EUA não se acha o queijo meia cura), será que foi isso? Outra questão é se posso congelar.
Abraços!

Reply

Pat Feldman February 9, 2009 at 21:12

Sara, na verdade os pãezinhos não crescem muito mesmo… No máximo ficam meio “estufados” enquanto ainda quentes, mas ainda assim ficam muito macios por dentro e com uma casca fininha por fora bem crocante. Eu adoro!

Você pode e deve congelar! Facilita muito a vida!! Sempre que eu faço, preparo logo duas receitas por vez e congelo a maior parte para ir tirando aos poucos, assim é ocmo se eu tivesse os comprado pronto!

Reply

Sara February 23, 2009 at 20:13

Pat, obrigada pelas dicas, congelei e ficaram maravilhosos!Já fiz várias vezes e adoro saber que agora estou usando essa receita que é muito mais saudável. Minha filha adora!

Reply

Luana Arnhold July 15, 2009 at 18:41

Pat,
Fiz o pao de queijo de teste para a festa da Bia, ficou uma delicia! VOce já congelou para consumo posterior (estou pensando em fazer alguns dias antes), tem alguma dica da melhor forma para congelar?
Beijos!

Reply

Pat Feldman July 15, 2009 at 18:48

Lua, eu não só já congelei como acho que ele fica muito mais gostoso depois de congelado!! Para assar, eu faço como se faz com os pães de queijo comerciais: tiro congelado mesmo, coloco numa assadeira untada, forno pré-aquecido e em cerca de 20 minutos tá pronto!

Reply

VIVIANE FREITAS July 29, 2009 at 13:46

Pat veja como vc já faz parte da família…Hoje meu filho pediu pão de queijo e ainda lembrou:Mamãe vai no computador e pergunta para a Pat se ela tem receita saudavel.Dai descobrimos nós dois essa maravilhosa receita!!!Obrigada e tudo de bom,bjs

Reply

Pat Feldman July 29, 2009 at 13:53

Ai, que bonitinho!!! Essa receita que eu tenho é bem gostosa mesmo, pão de queijo com queijo de verdade!! As crianças AMAM a enrolar as bolinhas!!!

Reply

Casa do Simbad - Jacqueline August 2, 2009 at 21:22

Ai! Só de olhar, já sinto o cheiro! AMO pão de queijo!!! (e não sou mineira!) AMOOOOO!!!

Reply

Denise Kawski August 18, 2009 at 20:42

Oiii Pat!!
Parabéns não só pelo trabalho educativo que tu fazes com as crianças, mas por sua criatividade,por compartilhar gratuitamente as tuas receitas com os internautas,por responder carinhosamente a cada dúvida nossa e por fazer a diferença na sociedade, resgatando os valores da comida caseira e de maneira muito saudável e nutritiva!!!
Vê-se tua dedicação e amor pelo que fazes!!!!
Tudo de bom pra ti!! Tu mereces!!!

Reply

e-elaine August 27, 2009 at 1:00

Para quem participa do orkut, há na comunidade “horta em casa” um tópico sobre a araruta e doação de rizoma para cultivar em casa (só não sei se é a verdadeira, mas tem a foto da planta)

Reply

Pat Feldman August 27, 2009 at 12:09

Elaine, eu não fui olhar o orkut, mas o excelente blog COME-SE, da Neide Rigo, tem uma ótima matéria sobre o assunto. CLIQUE AQUI para ler.

Reply

daniela November 28, 2009 at 15:29

Oi Pat, tenho uma amiga com uma filha com alergia enorme a lactose, você teria uma receita de pão de queijo que não leve lactose e nem a horrorosa soja?
obrigadao!

Reply

tiana oliveira March 26, 2010 at 0:14

Pat querida!!Acabei de fazer o pão de queijo…mas o meu não ficou como este da foto!Ele ficou meio oco..é assim mesmo?
esta araruta deve fazer diferença heim!!beijo grande. mt obrigada por estar sendo minha “professorinha”!!risos
bjbjbj

Reply

Pat Feldman March 26, 2010 at 7:07

O meu nunca ficou muito oco… Será que nunca amassei a massa o suficiente?

Reply

tarita May 21, 2010 at 22:17

Paty, como vc faz para eles não grudarem um no outros e ficarem gordinhos como na foto? os meus ficaram meio balacha, mas o sabor ótimo!!! Bju, Tarita.

Reply

Pat Feldman May 21, 2010 at 22:26

Na hora de assar deixo um distante do outro. Quanto a ficar fofíssimos, tem que amassar muito bem, mas nem sempre dá certo – dei sorte nesses da foto!! Pães que crescem são um eterno mistério pra mim!

Reply

Edna May 29, 2010 at 17:35

Pat vou testar esta receita de pão de queijo agora e depois publico o resultado. Comprei a araruta e não tive dificuldade de achá-la aqui em Goiânia, havia uma receita maravilhosa na embalagem de biscoito de araruta que já fiz e aprovei (delícia). Gostaria de partilhar com você e os demais.
BISCOITO DE ARARUTA
3 OVOS- 1 PITADA DE SAL- 1 COPO DE IOGURTE NATURAL INTEGRAL-100 GRAMAS DE MANTEIGA DERRETIDA-500 GRAMAS DE ARARUTA-1 COLHER DE SOBREMESA DE FERMENTO ROYAL-250 GRAMAS DE QUEIJO TIPO MINAS RALADO.
MODO DE FAZER
MISTURE TODOS OS INGREDIENTES, MENOS A ARARUTA QUE SE ACRESCENTA POR ÚLTIMO E AOS POUCOS ATÉ QUE FIQUE UMA MASSA BOA PARA ENROLAR. FAÇA OS BISCOITOS E LEVE PARA ASSAR EM FORNO QUENTE.(CUIDADO PARA NÃO ASSAR DEMAIS, POIS ASSA UM POUCO RÁPIDO).

Reply

Silvana May 29, 2010 at 21:55

Olá Pat.
Fiz a sua receita de pão de queijo. Ficou uma delícia!!!!
Nós adoramos!!!!! Meu filho então, amou!!
Como sempre, suas receitas são ótimas!
Parabéns!
Abraços

Reply

Silvana May 29, 2010 at 21:58

Ah, esqueci de comentar, meu filho também ajudou a preparar o pão de queijo, fazendo alguns formatos diferentes.
Ele simplesmente adorou “colocar a mão na massa”.
Beijos

Reply

vanessa June 19, 2010 at 13:04

Fiz e deu super certo! Misturei polvilho azedo e doce, metade de cada.
Bjs!

Reply

Priscila July 21, 2010 at 9:54

Aqui tem umas coisas interessantes sobre ARARUTA.

http://docs.google.com/Doc?id=dgdzwsbj_278rdjggkcp

Reply

Flávia October 1, 2010 at 3:47

Ei Pat,
Moro em Oman, Oriente Médio.
Eu já estava doente de vontade de comer pão de queijo mas aqui não existe polvilho. Ontem encontrei esse “po”, arrow root, com aspécto bem parecido do nosso polvilho. Corri na net para pesquisar e achei esta belíssima receita. Escrevo para compartilhar a minha felicidade. Eu, como uma boa mineira não vivo sem um “paõzim de queji cum café”.
Vou testá-la hoje ainda e depois conto o resultado com a araruta daqui.
obrigada!!!
Flávia

Reply

Pat Feldman October 1, 2010 at 7:04

Flávia, invejinha de você, porque aqui faz teeeeeempo que não encontro araruta….

Reply

Lina October 23, 2010 at 22:24

Oi Pat. Parabens pelo site. Muito bom mesmo. Moro nos EUA e sempre fiz pao de queijo com tapioca flower. Agora com essa valiosa informaçao sobre arrowroot e tanta gente falando que fez e gostou so me resta testar tambem ne. Bjs. Deus abençoe.

Reply

Maria Aparecida January 17, 2011 at 22:37

Pat, vc ja ouviu falar dessa araruta?
http://www.ararutadabahia.blogspot.com/
O pacote de 500 gr sai por 50,00 + frete.
Alguém já comprou?
Será que o polvilho doce substitui legal a araruta?

Reply

Pat Feldman January 17, 2011 at 22:44

Uma amiga minha comprou essa araruta, mas eu achei um pouco caro demais… Não se pode ter tudo afinal… Eu gostei muito do resultado quando misturei polvilho doce e azedo, meio a meio. Experimenta e me conta o que achou!

Reply

Tati March 4, 2011 at 10:35

Pat, já experimentou fazer com inhame? Fica bom demais!
Não tenho receita certinha, mas geralmente coloco uns 7 inhames médios cozidos e amassados
1 1/2 xícara de polvilho doce
1 1/2 xícara de queijo ralado
1 colher de manteiga
sal a gosto
ovo até dar ponto (geralmente 3)

Reply

Rodrigo November 19, 2011 at 16:38

Oi, Pat.
Tirei o soro do iogurte para fazer o feijão, e ficou sobrando o cream cheese. Eu não como pão, pois sou seliaco, então resolvi fazer seu pão de queijo para usá-lo, mas não deu muito certo.
Coloquei todo o cream cheese, o que deve der dado quase uma xícara (vieram de dois copinhos de iogurte natural), 200g de queijo prato picado e uns 100g de queijo parmesão. Ficou muito seco, talvez por eu ter colocado muito polvilho (minha xícara deve ser maior que a sua), e acrescentei um pouco de leite.
Fiz as bolinhas redondas, mas quando tirei do forno elas estavam achatadas. Também não cresceu muito, nem ficou tão gostoso. Será que a massa ficou muito pesada?
Abraços.
Rodrigo.

Reply

Paula April 15, 2012 at 21:29

Receita muito boa. Os paezinhos ficaram otimos e saborosos. Como nao tenho acesso ao queijo de minas segui sugestoes e substitui meio a meio gouda envelhecido, e mussarela.
A unica coisa que ficou meio dificil foi as medidas de araruta e queijo. Estou acostumada com medidas mais exatas porque nao tenho muita experiencia, entao eu usei dois copos americanos de cada e acabei tendo que adicionar mais iogurte e cream cheese. Da proxima vez, vou comecar com um copo americano de cada e adicionar mais se for preciso.
Eu adorei o fato de fazer pao de queijo com farinha de araruta ao inves de polvilho azedo por causa do indice glicemico. Parabens pelo otimo blog!

Reply

Liana May 23, 2012 at 14:22

Estou encantada com as receitas!Obrigada!

Reply

Carla September 26, 2012 at 8:49

Achei araruta aqui em Barcelona, nem acredito! Quando criança minha mae fazia uma receita ótima de biscoitinhos de araruta no Brasil, mas depois nunca mais encontramos. Vou fazer esse pao de queijo e depois a receitinha da minha mae! :)

Uma pergunta: posso substituir o cream cheese por outra coisa? Creme de leite fresco, talvez?

Reply

Pat Feldman September 26, 2012 at 11:05

Se for aquele creme bem grosso, deve dar certo.

Reply

Erika November 22, 2014 at 16:34

Oi Pat também tenho acompanhado seu blog e a um mês comprei o livro do dr Alexandre pois sofro de enxaqueca. Estou seguindo as recomendações e fazendo suas receitas. Moro no interior de Minas Gerais. Costumo fazer biscoito de queijo com mateiga caipira e ovos caipira e uso goma de mandioca, gostaria de saber se posso usar a goma ja que tenho enxaqueca

Reply

Pat Feldman November 23, 2014 at 20:54

Erika, a goma vira açúcar muito rápido no corpo, então é melhor você evitar!

Reply

Leave a Comment

* IMPORTANTE: LEIA ANTES DE CLICAR EM "ENVIAR" * Ao enviar seu comentário, você fornece à Pat Feldman e ao Site CriancasNaCozinha.com.br 100% dos direitos autorais do seu texto, e fornece também uma licença PERPÉTUA (para toda a vida) e IRRETRATÁVEL (sem a possibilidade de voltar atrás) para a reprodução de suas palavras associadas ao seu nome, seja neste site, seja em outro site, seja em algum livro que venha a ser publicado, ou em qualquer mídia atual ou futura.

{ 5 trackbacks }

Previous post:

Next post: