Vem conhecer a minha cozinha!

by Pat Feldman on 26/02/2012 · 36 comments

in AMIGOS, Leitores do Crianças na Cozinha, RECOMENDO, Vídeos e filmes

A Nadia Cozzi passou aqui em casa um dia desses em companhia do pessoal do site WebFilhos. Batemos um papo muito legal e ela montou um vídeo para quem quiser conhecer um pouco mais da minha cozinha!

Sejam bem vindos!!

Envie para um amigo Envie para um amigo Versão para impressão Versão para impressão

{ 34 comments }

Bruna February 26, 2012 at 12:17

Pat, adorei o vídeo!!

Parabéns pelo seu trabalho, é muita importante mostrar que uma alimentação natural é infinitamente mais saudável e muito mais fácil de ser preparada do que se imagina!

beijos

Pat Feldman February 26, 2012 at 13:48

Bruna, próxima encomenda tua a gente tem que arrumar um jeito de tomar um café e bater papo!!

Suzy dos Santos February 26, 2012 at 17:24

Coleção de peneiras!!! Amei!

Pat Feldman February 26, 2012 at 17:41

hahahaha Uso todas!!

isabella February 27, 2012 at 1:33

uau, pat, que vídeo legal.

me encorajou até a tentar os caldos.

e que cabelo lindo. isso aí é só óleo de côco? hehehehe!

um beijo, parabéns pelo blog, sempre ótimo…

Pat Feldman February 27, 2012 at 7:09

O cabelo? Só trato com óleo de coco!! Obrigada!

isabella February 28, 2012 at 21:44

vou ter mesmo que tentar… porque ó… pele e cabelo impecáveis aí…!

e como shampoo? usa o quê?

Pat Feldman February 28, 2012 at 21:57

Shampoo e creme eu uso uns bem normais, dos mais em continha. Nada especial. Os mais naturebas detonam o meu cabelo!!

Poliana February 27, 2012 at 13:27

Oi, Pat! Vi o vídeo e li o artigo sobre fermentação e fiquei com uma séria dúvida. Vc explica a importância de colocar todos os grãos para fermentar, e explica também o quanto a ausência desse processo pode troná-los prejudiciais, em vez de benéficos. Eu compro pão e massa de macarrão que têm escrito “integral” na embalagem (ok, eles tb levam farinha refinada na composição). Provavalmente, esses grãos não passaram por esse processo de fermentação, né? Significa que, no final das contas, eles serão mais prejudiciais do que o carioquinha e macarrão comuns, feitos só com farinha refinada?

Pat Feldman February 27, 2012 at 13:51

Boa dúvida, Poliana! Se não fermentar, o refinado é menos ruim porque não tem mais a casca com os antinutrientes, mas pior porque tem menos fibras e nutrientes.

Poliana February 27, 2012 at 18:20

Estou em choque com essa informação nova! A gente sempre vê tanta campanha pelos alimentos integrais, mas essa é a primeira vez que vejo essa questão dos antinutrientes ser abordada! E ela faz toda a diferença! Fiquei impressionada sobre como os antinutrientes podem acabar trazendo tantos malefícios. Como ninguém avisa sobre isso???

Preciso de mais um esclarecimento. Quando vc fala em grãos integrais, se refere a tudo, né (arroz, milho, farinha de milho pra fazer cuscuz, feijão, quinoa…)? Tudo, tudo? E as gotinhas limão, uma colher de sopa pra um litro de água morna é uma boa proporção?

Pat Feldman February 27, 2012 at 20:27

Poliana, nem acho que seja sacanagem. É falta de conhecimento mesmo… Isso vale para todos os grãos integrais sim, mas para o milho em especial tem mais. Dá uma lida aqui: http://pat.feldman.com.br/2009/08/27/uma-palavra-sobre-o-milho/

Ângela Souza February 27, 2012 at 15:36

Oi, Pat!
Adorei a sua cozinha, e o vídeo ficou muito bom… vou repassar o link pra muita gente!
Seu baby está muito lindo, cara de criança mega saudável… parabéns!
Seu trabalho é incrível, e o melhor é que vc passa tudo com muita leveza e segurança… parabéns!

Ângela Souza

Adriana February 29, 2012 at 0:25

Amei! sua cozinha eh clean!!! O vinagre de maca aonde você compra? eu nao consigo achar orgânico. Sou de SP também. Abraços, Adriana.

Pat Feldman February 29, 2012 at 6:34

Adriana, esse que eu compro não é orgânico, mas não é pasteurizado nem filtrado, portanto mantém vivos os lactobacilos que o fermentaram. Super saudável e delicioso. Paralavra de alguém (EU) que normalmente odeia vinagre!!!

Pat Feldman February 29, 2012 at 6:34

A propósito, eu compro na Casa Santa Luzia!

Adriana Freire February 29, 2012 at 7:21

Pat, muito legal o video. Realmente é muito encorajador, pois muitas mamães e papais deixam de preparar os caldos caseiros imaginando que farão a maior bagunça na cozinha e terão um montão de louça para lavar. Mas pode ter certeza de que se morasse em SP iria correndo te ligar pra encomendar pelo menos uma panelinha desse panelão.
Mas sobre o assunto dos grãos pintou uma dúvida que não consegui achar no seu site. Acabei de comprar umas espigas de milho verde orgânicas que parecem deliciosas e ia preparar um curau (mingau de milho mais grosso: milho batido ou ralado com leite cru e coado, manteiga, leite de coco in natura, cravo e canela), mas fiquei em dúvida sobre a necessidade de fermentação ou tratamento com cal virgem…
Esse processo é só para grãos integrais secos não é? Os grãos verdes, como milho verde, feijão verde e ervilhas verdes não precisam de tratamento especial correto?
Bjs.
Parabéns de novo, sua cozinha é linda e você também arrazou. Bjs.

Pat Feldman February 29, 2012 at 7:49

Adriana, eu fazia só com os grãos secos, até que um dia meu marido tratou milho fresco com a solução de cal e ele ficou delicioso!!! Não trato sempre o fresco, porque a vezes estou na correria, mas quando trato, fica BEM melhor!

Renata Campos February 29, 2012 at 9:26

Pat,
Por falar em vinagre, o que você acha do aceto balsâmico?
Parabéns pelo trabalho e pela linda cozinha!

Pat Feldman February 29, 2012 at 17:40

Eu não uso aceto balsamico, mas pesquisando um pouco sobre o assunto para algumas clientes, me decepcionei com todos, infelizmente… Preciso escrever sobre vinagres em geral qualquer hora dessas…

Tatiana February 29, 2012 at 14:16

Pat, adorei o vídeo!É muito legal ouvir quem a gente sempre lê!Achei tbm, fundamental vc mostrar uma cozinha simples, pratica e objetiva, comida de verdade é simples assim né!
Bom, tbm queria dizer que senti um certo orgulho, minha cozinha é bem parecida com a sua(só falta o caldo no fogão, mas ,juro: até o vidro que guarda o soro é igual!rssrsrrs)!Graças a vc e a Sonia Hirsch, fui fazendo as mudanças devagar, e agora então que consegui um fornecedor de leite organico pros meus filhos(tenho uma menina de seis e um menino de dois) tô toda orgulhosa!srrsrsrsOutro dia fiz até manteiga!E olha, não sou chiita, o leite em pó já imperou aqui em casa, mas cada vez que faço esse tipo de concessão me arrependo, nosso paladar mudou!nosso corpo reage com bravura contra esse tipo de comida!E depois as pessoas não entendem pq vivem doentes né!
Beijos e parabéns viu!
Tati

Pat Feldman February 29, 2012 at 17:34

Obrigada pelo carinho!

Fabia February 29, 2012 at 21:58

Oi Pat.

Quando falamos em Leite em pó, estou morando na Florida, e além do Whole Food, não conheço mais nada que pudesse me ajudar a trocar o Leite em pó, confesso que tenho medo, pois meu filho é bem alérgico, Voce poderia me ajudar, gostaria muito de uma opção mais saudável para ele.

Pat Feldman March 1, 2012 at 6:21

Já tentou leite de coco? iogurte natural? O que o pediatra diz?

Adriana March 1, 2012 at 7:31

ótimo! mas qual eh a marca do vinagre? ah, e sobre Azeites, estive sábado passado na Casa Santa Luzia e nao encontrei nenhum azeite orgânico. Você poderia me sugerir uma boa marca? Abraços, Adriana

ISABEL March 1, 2012 at 9:34

Ola bom dia meu nome é Isabel e preciso que me faça um favor , que me informe por favor, se houve mudança do livro, , há 1 ano e meoi comprei numa livraria em portugal, um livro do DR. ALEXANDRE FELDMAN, E a cpa era verde, não me lembro mto bem o nome do livro acho que era finalmente , enxaqueca tem cura,, ou uma saída, não me lembro muito bem,, esse livro ficou em portugal que deixei para uma pessoa , mas agora volto a precisar do livro. Então gostaria muito que me respondessem se o livro mudou,, gostei muito do livro, foi o único que me ajudou,, mas agora preciso novamente , estou denovo precisando de fazer o tratamento,,, desdeja agradeço,, a atenção e se me responderm,,
Obrigada

ISABEL March 1, 2012 at 9:38

Quero pedir desculpas pelo erro do comentário anterior, mas estou mesmo com muita dor de cabeça, e estou muito precisando de ajuda..Obrigada

ISABEL March 1, 2012 at 9:46

OS ERROS QUE ME REFIRO SÃO ERROS DE PORTUGUES,, MAS PRECISO MESMO SABER SE MUDOU O LIVRO,, ESTOU PRECISANDO MUITO DO LIVRO,,,FOI PRA MIM UM MILAGRE, EU NA ÉPOCA SEGUI MESMO AS INSTRUÇÕES,, EU QUERO TER A CERTEZA MESMO DE SABER SE AINDA TEM O MESMO LIVRO OU SE MUDOU …… OBRIGADA

Liz Ribeiro March 1, 2012 at 21:33

Pat, não consigo achar o link da mamadeira com leite cru. Acho essa informação suuuuper importante para mães que não podem amamentar e não querem dar leite em pó.

Beijos

Pat Feldman March 2, 2012 at 6:09

Busca por “mamadeira bombada”

Ingrid Oncken March 1, 2012 at 22:00

Pat, eu curto muito seu trabalho e a maneira como vc leva a vida. Realmente não dá para ser extremista, mas dá sim para ter uma alimentação bacana com o que nos cerca. Seu trabalho melhorou MUITO a alimentação aqui de casa, e eu só tenho a agradecer :)

Iana March 3, 2012 at 4:54

Oi, Pat!
Adorei o video e fiquei pensando o quanto seria legal ver suas receitas filmadas, parece que tudo fica bem mais facil vendo que lendo (risos). Voce seria nossa “Ana Maria Braga” ou “Palmirinha” para um publico diferenciado, que quer o gostoso e saudavel na frente de tudo.
Voce, seu nenem e sua cozinha foram inspiradores. Por causa do seu livro, a casa que construi tem cozinha aberta (americana), sem coifa, e fogao aa lenha no quintal, onde tenho feito os caldos. Ainda tenho “apanhado” bastante dele, que ateh hoje eu soh tinha aprendido a pilotar fogao aa gas. :)
Bj.

Pat Feldman March 3, 2012 at 9:10

Iana, adoraria ter mais receitas filmadas. O duro é achar quem filme e edite tudo pra mim! Na maior parte das vezes, estou sozinha na cozinha!

Fabiane March 7, 2012 at 20:24

Olá, Pat, adorei esse video! E queria dizer que adoro seu site, acompanho tudo e já sou adepta de alimentos orgânicos há muito tempo! Peço direto para o sítio e entregam em casa! Sua preocupação com a alimentação das crianças é totalmente pertinente. Eu sou super “chata” com essa questão em casa, mas infelizmente nossas crianças vivem no mundo da “porcaria e não tem como ficar sem isso quando saímos ou vamos a uma festa e isso acontece com frequência, pois tenho um filho de seis anos e uma filha de quatro. Mas, enfim, a gente proporciona o máximo de alimentos saudáveis em casa, não é mesmo?
Continuarei lendo o criança na cozinha com muito gosto!
Beijo

Comments on this entry are closed.

{ 2 trackbacks }

Previous post:

Next post: