O que levar na lancheira da escola?

by Pat Feldman on 31/01/2012 · 79 comments

in Alimentação, ARTIGOS, Lancheira da escola e dos passeios

(artigo publicado originalmente em outubro de 2008, com pequenas atualizações de janeiro de 2011)

Já faz um tempão que eu estou devendo o assunto LANCHEIRA aqui no site, mas primeiro o meu filho não estava na escola e agora, já na escola, esta fornece o lanche, com o qual estou “praticamente” satisfeita – mesmo achando que uma criança bem nutrida só precise de 3 boas refeições diárias.

Atualização: Meu filho agora está na escola. Até final de 2009 ficou numa escola que fornecia lanche. Por conta desse lanche, entre outras razões, resolvemos trocar de escola este ano e a partir da semana que vem teremos a função da lancheira – muitos outros artigos virão conforme a minha prática for aumentando! (2010)

2011: A última escola do meu filho mais velho oferecia lanches preparados lá, por uma empresa terceirizada. A escola, democraticamente, também dava a opção aos pais de mandarem lancheiras de casa e foi o que eu fiz. O cardápio da tal empresa não era dos piores, mas estava longe de ser o meu “sonho de consumo”.

Na lancheira do meu filho nunca faltaram frutas, uma variedade imensa delas, mas algumas com maior frequência porque eram as favoritas dele, além de mais práticas. Para beber, sempre água fresquinha, numa garrafa térmica. E aí aocnteceu uma coisa muito engraçada: com o tempo o meu filho passou a pedir porções reforçadas das frutas na lancheira para poder dividir com os coleguinhas de turma. Deu o maior orgulho! A bebida oferecida pela escola era quase sempre suco, que vez ou outra ele pedia e a professora, por recomendação minha, oferecia diluído.

Mas enfim, lanche é um hábito bastante comum entre a maioria das crianças, e já que é para comer, que seja delicioso e muito saudável!

O primeiro desafio, que para mim parece o mais simples e para a maioria das mãe (pelo menos são os comentários que ouço) é como conservar o lanche até a hora da criança consumi-lo. Muitas mães optam por produtos alimentícios em caixinhas, saquinhos, cheios de conservantes e outras químicas, com medo que o natural estrague, apodreça ou azede. Preocupação importante, é claro, mas fácil de solucionar com uma boa lancheira térmica.

Bem, eu fui dar uma rápida olhada em alguns sites de venda da internet para saber se existem lancheiras térmicas. Quase caí para trás com os preços!!! Fui comparar com lancheiras comuns e vi que essas também não são muito mais baratas na maioria das vezes… Então acho que vale o investimento! E se o seu filho for daquelas crianças mais desprendidas de marcas e personagens (o meu por enquanto é), você pode optar por mini sacolinhas térmicas, que são no máximo bastante coloridas, mas não têm personagens estampados – ficam beeeeeeem mais em conta!!

Eu testei na pele o quanto lancheiras e/ou sacolas térmicas são úteis para uma alimentação mais caseira e saudável – passei os seis anos da faculdade de engenharia andando com uma sacola dessas no meu carro, que por sinal ficava estacionado no sol e não tinha ar condicionado!!!  Eu saía de casa às 6:30 da manhã e só voltava lá pelas 9 da noite.O meu segredo? A sacola térmica que eu tinha nem era assim tão boa, mas eu a guardava no freezer durante a noite e deixava o “prato do dia” guardado junto no freezer se fosse “congelável” ou então no fundo da geladeira onde é mais frio. Em épocas de calor extremo, uma dessas garrafinhas usadas de água mineral ía cheia para o freezer e ía junto na sacola para ajudar a manter a temperatura mais baixa. Nesses anos todos, NUNCA perdi uma única refeição!

Depois que meu filho nasceu, quando começamos as papinhas, eu aderi às sacolas térmicas novamente, já que me recusei terminantemente a usar qualquer tipo de papinha industrializada. Nas viagens a Santa Catarina, para visitar a bisavó e a praia, ía de tudo na sacola térmica: papinha, leite, ovos caipira, caldos caseiros, etc… A viagem é longa, são 630km numa estrada terrível – a viagem pode durar mais de 12 horas até! A mais longa com ele até hoje durou cerca de 8 horas e tudo chegou intacto até lá!

Bem, tudo isso para contar que uma lancheira térmica compensa o investimento, mas agora vamos ao que mais interessa: o conteúdo das lancheiras! E esse sim é o desafio mais difícil na minha opinião…

O conteúdo da lancheira é uma questão que começa muito antes de uma criança ir para a escola, por mais cedo que ela vá. É que são os hábitos da criança que vão definir o que ela vai querer na lancheira, o que ela vai gostar decomer na hora do lanche. Se o seu filho foi acostumado a ter sempre pacotes de bolacha e salgadinhos em volta, vai ser difícil fazê-lo entender que frutas e iogurte podem ser uma boa opção para a lancheira.

A minha primeira dica então é: NUNCA ofereça industrializados para o seu filho na hora o lanche! Ele não precisa de bolachas, chocolate e salgadinhos. Se ele for acostumado a frutas, iogurte, biscoitos caseiros, queijos, etc, é o que ele vai querer comer.

A bebida:

Você já experimentou alguma bebida lacto-fermentada? Elas são extremamente saudáveis e graças a presença de lactobacillus vivos (ou “bactérias boazinhas”, ou probióticos), essas bebidas não se estragam facilmente, fazem um bem danado à flora intestinal (acordam intestinos preguiçosos e acalmam intestinos irritados). As bebidas lacto-fermentadas também são excelentes isotônicos – mesmo que seu filho não se lembre de beber líquidos a toda hora, o pouco que beber hidrata de verdade. Aqui no site tenho duas receitas interessantíssimas:

Já tive a oportunidade de experimentar outras dessas bebidas, porém como nunca as preparei em casa para testar o grau de dificuldade, prefiro ainda não passar a receita para vocês. Mas aguardem, elas virão em breve!

O meu voto também vai para a água. Sim, água, pura!! Não tem nada melhor do que água para hidratar o nosso organismo! Água de coco também é uma delícia, mas se for natural de verdade, azeda muito fácil. A não ser que você tenha uma boa garrafa térmica dentro da lancheira térmica, não recomendo. Sucos naturais eu já não recomendo normalmente, não vai ser na lancheira que eu os acharia bons… (CLIQUE AQUI para entender porque eu costumo evitar os sucos na nossa rotina diária)

A comida:

Um bom lanche pode ser muito mais do que um simples sanduíche ou frutas. Aliás, um bom lanche pode e deve ser muito mais do que isso!! Vou listar algumas coisinhas que eu acho interessantes para a lancheira. Como a lancheira não faz parte da minha rotina, vocês é que vão testar e me contar o que acharam, se as crianças gostaram, etc…

  • Cubinhos de queijos variados (use os queijos favoritos do se filho, mas varie de vez em quando para que ele eduque o paladar)
  • Espetinhos de queijo com tomate (você pode ou não temperar com ervas)
  • Nozes ou castanhas crocantes (CLIQUE AQUI para ver a receita. Dá pra fazer um montão de uma vez e ir mandando pequenas porções a cada vez)
  • Biscoitos caseiros (que você pode inclusiveconvidar seus filhos para ajudar no preparo)
  • Bolinhos de arroz integral
  • Bolinhos de carne (eu ainda não coloquei a receita aqui, vou providenciar isso logo – você pode fritá-los em gordura de coco, fica sequinho, gostoso e saudável)
  • Iogurte com granola (você manda cada um num potinho, e a criança mistura na hora – se for muito pequeno, a professora ajuda)
  • Bolo de cacau (a criançada vai adorar ajudar a preparar esse bolo de chocolate tão diferente e gostoso!)
  • Frutas frescas variadas. Os morangos e kiwis já podem vir cortados de casa. Frutas como banana, maçã e pera devem vir na casca, porque escurecem muito fácil e deixam de ficar atraentes.
  • Geléia de mocotó
  • Palitinhos de cenoura ou salsão ou algum outro legume que seu filho goste
  • Espetinhos de frutas variadas

Aco que com a lista acima já dá para variar bastante, não é mesmo? Claro que você pode adaptas as idéias ao gosto do seu filho, mas procure não fugir muito deste guia.

Numa próxima ocasião eu gostaria de falar um pouco mais sobre os lanches fornecidos pelas escolas, quando os pais não precisam mandar lancheira. É o caso da escola do seu filho? Você tem o cardápio? Gosta dele? O seu filho gosta do lanche?

Bem, isso fica para um outro artigo, em breve!

Bom final de semana para todos!

A propósito, aqui no site, em todos os artigos, quando o texto aparece em cor de rosa, significa que ele é um link para um artigo relacionado ao assunto. Para acessar tal artigo, é só clicar em cima do texto cor de rosa.

Já conhecem o BRECHÓ DA PAT? Aparece por lá!

Envie para um amigo Envie para um amigo Versão para impressão Versão para impressão

{ 61 comments… read them below or add one }

Daniela October 4, 2008 at 1:25

Oi Pat! Adorei o artigo. E gostaria de saber sobre a sua afirmação de que “uma criança bem nutrida só precise de 3 boas refeições diárias”. Pois estou cansada de ouvir q o “correto” são cinco a seis refeições! E ando muito preocupada pois meu filho de 15 meses faz satisfatoriamente 3 refeições, no mais ele quer leite materno e deu. E andam dizendo q estou alimentando-o muito mal… Abraço.

Reply

Vanessa February 1, 2012 at 6:11

Que seja “correto” é puro mito, onde já se viu ficar forçando a criança a comer (ou nós mesmos) sem fome? Por isso tem tanto criança obesa por aí. E a hora da comida vira um drama…

Reply

Helen October 4, 2008 at 12:52

Oi Pat, que artigo legal, minha filha tem apenas 2 anos, mas a preocupação de que ela se alimente da melhor forma possivel é constante.

Parabens pelo site

Reply

Ana Elisa Murray October 6, 2008 at 12:00

Pat, muito pertinente o tópico sobre o q colocar nas lancheiras de nossos filhos. Tenho acompanhado bastante sua página e é sempre bom ler o q vc escreve! Peno um bocado pra fazer a lancheira da Clara, especialmente nos dias bem quentes, ainda mais q ela entra às 11h30 e o lanche é sempre por volta das 15 hs. Procurei muito uma lancheira q fosse térmica e fiquei surpresa em descobrir q essas todas mais vendidas não fazem o trabalho térmico propriamente dito, ou seja, não são térmicas de verdade, embora há quem as venda como se fossem. Essa sua dica das sacolinhas térmicas é ótima, a da foto é um charme. Pat, adoraria comprar uma dessas. Vc poderia me contar onde as encontro? Obrigada.

Reply

Pat Feldman October 6, 2008 at 13:15

Ana Elisa, outro dia vi uma aqui em SP, no Sam’s Club, que achei perfeita!

Do tamanho de uma lancheira, toda colorida e além de muito bem revestida, ainda vinha ocm um recipiente que quando não está em uso fica no freezer. Me pareceu eficiente e o preço melhor ainda: R$30,00

Reply

Silvia October 6, 2008 at 14:22

Pat, eu mando o lanche para a escola, e fiquei feliz de ver que mando muitas das coisas que você mencionou! Aqui, eu procuro mandar todos os dias o seguinte: um sanduíche ou bolacha salgada integral com requeijão ou mel (às vezes granola ou uma barra de cereais ou castanhas) + uma fruta fresca + uma bebida (água ou suco de uva, vou ver se consigo testar as receitas que você sugeriu). Minhas filhas estudam de manhã, e não consigo fazer com que tomem um café da manhã legal. Aliás, estou tentando acabar com o vício de leite com achocolatado, o problema é que tooooodo mundo me chama de radical por causa disso. Ai, ai. ;-)

Reply

ANDREA October 6, 2008 at 15:20

Pat, gostaria de agradece-lá , pos estar sempre compratilhando ,essas ideias maravilhosas. Sempre tento colocar coisas saudaveis p/ lanche da minha filhas, mas as vezes, falta um pouco de imaginação e suas dicas sao muiiito importante> bjs

Reply

Gabriela Ribeiro October 6, 2008 at 16:02

Pat, adorei as suas dicas, porém na escolinha dos meus filhos, existe um cardápio dos lanches para levar…e pra ser sincera, tem um monte de porcarias…..sucos quase todos os dias (confesso, compro de caixinha, pois quando a minha mais velha entrou em mandava natural, e várias vezes azedou..) o cardápio altera de dois em dois meses, e o atual, na sexta-feira é o grande dia….danone e salgadinhos…affffffffffff. Minha filha entrou na escola sem saber oq era bolacha recheada, e assim que aprendeu a falar, estava no mercado conosco e foi direto comprar bolacha recheada… ou seja, não adianta eu não mandar pq eles vão comer de qualquer jeito..:>(((
Nos outros dias, tem outras opções bolachas doces, bisnaguinha com requeijão, pão com queijo fresco, bolachas salgadas…ahhh e a única coisa boa, é que todos os lanches acompanham frutas, cada dia uma tb..pera, maçã, banana, mamão…

Reply

silvia October 6, 2008 at 18:10

Pat

existem uns recipientes que possuem internamente um produto que congela(o recipiente é totalmente vedado, portanto não há perigo para as crianças). Geralmente são usados para camping. Eu os uso dentro da bolsa térmica como se fosse a garrafa de água congelada e faço como vc, deixo os alimentos na geladeira.
Desse jeito nunca perdi nenhum alimento.
P.S. Esse produto é encontrado facilmente em grandes mercados, na seção de camping.
um abraço

Reply

Marina October 7, 2008 at 8:59

Pat, como você, sempre preparei as comidinhas do Lipe e sempre levei papinhas caseiras e frutinhas para nossos passeios, a saída até hoje é contar com uma boa bolsinha térmica e um saquinho de gelo para conservar as comidinhas. A própria comida congelada já dá essa ajuda na conservação de frutas e bebidas.

Sempre viajei muito com o Lipe e sempre com essa ajuda…

Beijos!!!

Reply

POLLYANA October 10, 2008 at 21:22

oi pati, o que levar em uma lancheira em que a criança tem refluxo, além das frutas, minha filha tem 2 anos.

obrigada,
bjuu

Reply

glauciene da costa December 4, 2009 at 11:47

Pat, meu filho de 5 anos tem refluxo. O que levar na lancheira? Pode bolo,suco em caixinha sem ser citrico, pode doces? Obrigada!!!!

Reply

Pat Feldman December 4, 2009 at 12:08

Glauciene, tenha uma criança refluxo ou não, eu jamais recomendaria qualquer tipo de industrializado em sua dieta. Opte por frutas, castanhas, queijos, iogurtes naturais e evite o que você já sabe que faz mal a ele.

Reply

Patriciauk October 12, 2008 at 17:36

O que os meus filhos comem na lancheira:

Pedacos de cenouras cruas com hummus feito em casa
Uvas passas organicas

Reply

manuella January 15, 2009 at 22:19

o que eu posso levar na minha lancheira da escola?????

Reply

juliana February 2, 2009 at 8:47

oi pti gostaria de saber o q leva na lancheira da meu fihlo no primeiro dia de aula

Reply

Vanessa L. Silva dos Santos March 1, 2009 at 13:19

Eu gostaria muito que tivessem dicas de que alimentos levar para uma criança que tem 4 anos e que estuda no periodo da tarde!

Reply

Pat Feldman March 1, 2009 at 16:40

Vanessa, acompanhe a categoria com dicas de lanches: http://pat.feldman.com.br/?cat=53 As novidades, dicas e novas receitas, aparecem periodicamente.

Reply

carolina March 7, 2009 at 12:45

oi,ate quantos anos é bom uma criança levar lancheira para escola,sera que com 11 anos ja ta grandinho pra levar?
mande um e-mail pra mim mandando a resposta meu e-mail é
karolzinha1998@bol.com.br

Reply

Jovânia Baltazar January 29, 2010 at 9:54

Oi Pat! Eu também procuro colocar coisas saudáveis na lancheira do meu filho, mas às vezes tenho que abrir algumas exceções… Ele fez sete anos, e cada vez vai ficando mais difícil concorrer com o que os amigos levam na lancheira deles. Às vezes, eles até trocam algumas coisas. E meu filho gosta das comidas saudáveis que eu mando, mas também gosta das porcarias que os amigos levam. Mas eu vou insistindo… Quanto à lancheira, durante todo o ano passado, eu usei uma comum, daquelas de plástico duro, e colocava uma bolsa de gel congelada dentro. Como são só duas horas (ele entra às 13h e o lanche é às 15h) acho que nunca estragou nada… Beijos!

Reply

Kelly January 30, 2010 at 14:27

Olá, Pat; acompanho seu trabalho já faz um tempo mas nunca tive coragem de comentar, mas dessa vez decidi postar algo, quero te parabenizar pela iniciativa e tbm compartilhar uma receita é claro(rsrsrs),é um bolo integral de banana, faço pra minha filha e ela adora, não se está nos seus padrões mas acho bastante nutritiva e é uma boa opção pra levar no lanche escolar.

Bolo integral de banana

Ingredientes

2 ovos
2 colheres sopa de margarina
1 copo de iogurte natural
1 xícara chá de açúcar mascavo
½ xícara chá de leite
1 xícara chá de farinha de trigo
1 xícara chá de farinha integral
1 xícara chá de aveia em flocos
1 colher sopa de canela em pó
2 banana em rodelas
1 colher sopa de fermento químico em pó

Modo de preparo

Misture em uma tigela os ovos, a margarina, o iogurte e o açúcar mascavo. Em seguida, acrescente o leite, as farinhas e a aveia, mexendo muito bem a cada adição. Por último, misture a canela em pó, as rodelas de banana e o fermento em pó. Coloque a massa em fôrma de anel untada e leve ao microondas por 8 a 9 minutos na potência alta. Desenforme ainda morno. Sirva ao natural ou polvilhado com açúcar e canela.

Reply

Pat Feldman January 31, 2010 at 8:34

Kelly, obrigada pelo seu carinho!! Posso dar apenas uns palpites que podem melhorar muitíssimo a tua receita??

Troque o leite por mais iogurte, e use a versão natural integral.

Comece a prepará-la com um dia de antecedência. Misture as farinhas e a aveia com o iogurte, cubra com um pano úmido e deixe descansar até o dia seguinte (12 a 24 horas). Após o período de descanso, acrescente os demais ingredientes, substituindo a margarina por manteiga ou óleo de coco (LEIA AQUI porque eu considero a margarina um grande veneno). Pode ser uma boa trocar o açucar mascavo por rapadura ralada ou melado de cana também – eu até diminuiria um pouco a quantidade usada, já que prefiro doces menos doces.

Para assar, jamais o microondas, que nem tenho em casa! Gaste um pouco mais de tempo, e opte pelo forno convencional – acredito que 30 a 40 minutos sejam suficientes.

Hummmm, me deu até água na boca!! Acho que vou testar qualquer hora dessas!

Reply

Lívia January 31, 2010 at 14:33

Oi, Pat. O post veio em excelente momento. Minha filha começou a frequentar a escola agora. Na hora do lanche, não titubeio: fruta! Já mandei maçã, goiaba, banana, cajá, uva, milho. Sexta-feira é o dia da variação: biscoitinhos de castanha de caju(troco suas amendoas por elas) com suco ou água de côco (ou bolo de banana com canela, q preparamos juntas, é uma deliciosa bagunça). Na escola dela, a professora coloca as garrafinhas de todas as crianças numa geladeira até a hora do lanche. É uma tranquilidade. Fazia o iogurte e faço kefir, mas minha filha foi diagnosticada como alérgica a leite. Não queria dar “leite” de soja, mas não tenho nenhuma orientação… o melhor que tenho podido fazer é fermentar o leite de soja com o kefir. O q vc sugeriria como fonte de cálcio? Acho soja veneno… Abração, vc é uma referencia!

Reply

Pat Feldman January 31, 2010 at 18:12

O caldo de carne caseiro é melhor fonte de cálcio que o leite. Use-o sempre no preparo dos pratos na sua casa. Tem gente que gosta de tomá-lo morninho, na xícara ou copo. Se ela aceitar (com um temperinho leve de sal fica divino), ofereça também!

A soja precisa de uma fermentação muuuuuuuuito grande, de meses e até anos, para ter seus antinutrientes neutralizados.

Reply

maria cristina January 31, 2010 at 17:47

Olá Pat

Comecei minha busqueda pela escolinha para minha filha, achei uma que gostei bastante,eles tem todo um trabalho com artes para o desenvolvimento das crianças, com musica, pintura, teatro, capoeira ,etc…
MAIS, aqui va um MAIS bem grandeeeee, o asunto do lanche, me deixou com os dois pes atras, eles tem um sistema de lanche coletivo, funciona assim, cada mãe leva um dia por mes o lanche para a turma toda, ou seja, não adianta eu cuidar tanto da alimentãção aqui em casa se depois ela vai consumir cualquer coisa la fora…
O pior, que a diretora, me diz com grande orgulho que o cardapio dos lanches e feito por uma nutricionista e ele inclui: leite de soja, sucos concentrados e danoninho….

Conclusão sai dali correndo!!!

Reply

Pat Feldman January 31, 2010 at 18:10

Eu fico sempre com medo quando alguém me fala que o cardápio é feito por uma nutricionista… Na maioria das vezes esses cardápios são recheados de industrializados!!! Ué, não deveria ser o contrário? Profissionais formados e bem informados não deveriam saber que alimentos frescos, naturais e integrais são sempre melhores à saúde?!?

Reply

MARIA HELENA BARROS August 29, 2010 at 13:57

Olá Pat, o André Luis, meu filho tem 2 anos e 11 meses estuda pela manhã, o problema é que sua imunidade é baixa e é super alérgico,seu lanche volta do mesmo jeito q mando, queria uma idéia de lanches reforçados pois ele é muito ruim pra comer, me preocupo d+ ele pesa apenas 13 kg. Mande cardápios variados para seu lance da manhã e pro almoço dele. Maria Helena, Obrigada

Reply

Pat Feldman August 30, 2010 at 7:13

Maria Helena, eu mandaria frutas, iogurtes naturais e/ou cubinhos de queijo e na verdade não acho preocupante crianças que dispensam o lanche – meu filho raramente come o lanche, e quando o faz, sempre deixa sobras. Eu sou da opinião que lanches demais atrapalham as refeições principais.

Reply

walquemaria xavier January 31, 2011 at 14:26

oi, é a primeira vez que teclo aqui, meu filho tem 2anos e meio e já vai pra escola, e estou perdida em relação ao cardápio dele, o que eu devo pôr na lancheira dele.

Reply

Ivette February 1, 2011 at 10:40

Pat, neste ano a minha procura por uma térmica do tamanho adequado para servir como lancheira do meu filho foi em vão … simplesmente não achei. Vc tem alguma indicação de site, marca ou loja para comprar? As “comerciais”, com enfeites de personagens são simplesmente uma porcaria, custam um olho da cara, de ´termicas tem NADA e não duram nem o ano completo.

Abraços, Iv.

Reply

Pat Feldman February 1, 2011 at 11:25

Iv, realmente as lancheiras térmicas “de grife”, de térmicas só têm o nome!!!! Eu comprei para o bebê uma sacolinha térmica da NUK (a mesma marca das mamadeiras) e estou bastante satisfeita com ela! Para o mais velho pretendo comprar igual, e se ele reclamar da falta de personagens, grudo alguns adesivos daqueles que ele escolher!

Reply

Flávia February 24, 2011 at 16:16

Pat,
sempre visito esse cantinho e fico feliz de ter alguém como você disponibilizando essas dicas e receitas maravilhosas!
Uma dúvida: a marinheira de primeira viagem aqui comprou uma lancheira dessas péssimas que se dizem térmicas. Eu nunca acreditei nela mas uso sem medo pois, na escolinha do meu filho é assim, quando a aula começa vem uma pessoa responsável e etiqueta os lanches de cada um e guarda coisas de geladeira na geladeira. Então, calculo que o que mando fique na lancheirinha no máximo 1 hora, acho até que menos.
Queria saber, desses cubinhos de queijo, qual queijo é mais apropriado?
Outra coisa, li em um site que uma opção de lanche era sanduíche de pão sírio com requeijão, alface, cenoura ralada e queijo, o q vc acha? alguma sugestão de “coisas de pão” para mandar, meu filho ama pão…
Beijos e obrigada!
Mando iogurte, uva passa e damasco cortadinho, frutas – uva, tangerina (em gomos, pode?) morango inteirinho, maçã eu não mando pq senão a professora ia ter q ficar cortando… E sempre mando algum biscoito, desses integrais, porque sei que se n mandar ele acaba comendo de outro amiguinho. Meu próximo “experimento” será, sem dúvidas, biscoitos caseiros.

Reply

valeria March 10, 2011 at 15:49

eu adorei a minha filha esta mais saudavel , mais bonita e com mais energia

Reply

Carla March 21, 2011 at 15:44

Oi
Adorei o site e as informações… minha filha entra mês que vem na escolinha… e tenho a opçõa de mandar o lanche. Mas ela só tem 1 ano e 5 meses e não aceita coisas diferentes como bolo caseiro…iogurte… levar coisas como cenoura ela não comeria. Então as opções que tenho são frutas, pão e bolachinhas? Estou preocupada com a hora do lanche.
Obrigada

Reply

Pat Feldman March 21, 2011 at 16:26

Eu colocaria frutas, só frutas, muitas frutas!

Reply

fabiola June 7, 2011 at 15:30

eu mando biscoitos integrais (não são caseiros mas de um padaria pequena que confio), pão com geléia orgânica e sem açúcar, ou pasta de amendoim com mel, água de coco (aqui só de caixinha mesmo, infelizmente), castanhas, amendoim torado… frutas a escola oferece… sempre preciso mandar mais porque as outras crianças adoram experimentar o lanche diferente do meu filho…
o cardápio da escola até mudou por sugestões minhas… antes o cardápio da nutricionista tinha batata palha (eca!) e linguiça… para crianças de 2 anos!!! fala sério…
adoro seus post Pat!
abraço

Reply

Pat Feldman June 7, 2011 at 16:00

Eu bem que queria saber de onde vem essas nutricionistas de escola, que colocam salsicha, nuggets e outros lixos no cardápio……..

Reply

vanuza August 17, 2011 at 23:10

adorei dexei a lancheira da minha filha muito mas saldaveu e com a sua ajuda

Reply

Luciana October 4, 2011 at 15:46

Pat, adoro seu site pela variedade e praticidade de receitas e pela preocupação constante com a saúde. Eu já gostava de me alimentar bem (influência dos meus pais), mas meu interesse pela culinária saudável cresceu muito depois que tive filho (tenho um menino de 3 anos e estou grávida do segundo). Tenho lido muito seus artigos e buscado outros sites e livros. Aos poucos, introduzi o óleo de coco na minha cozinha, cortei grande parte dos industrializados e agora vivo sempre a procura de orgânicos (o mais difícil de encontrar são laticínios orgânicos e não UHT). Sobre lancheiras, recomendo o site http://happylittlebento.blogspot.com/, que é lindíssimo, saudável e inspirador! Um grande abraço!

Reply

victoria October 21, 2011 at 19:51

Olá meu nome é victoria e eu tenho 10 anos to no 6ano e estudo de manha mas eu to meia gordinha então to pesquisando dietas achei o seu site fofo o meu nem chega aos pés do seu mas em fim… Eu queria saber se oque vc acha que devo levar (Detesto legumes) eu tenho problema então não como NADA VERDE NEM RUCULA NEM COUVE-FLOR NEM ALFACE NEM NADAAH.
Eu não fui acostumada a comes estas coisas sabe ??? Então oque devo levar me ajudaaaaaaa ??? por favor agradeço des de já… bjs

Reply

Kathe January 9, 2012 at 17:26

Olá,gostei desta matéria mas pena que isso nao se aplica na “realidade”das escolas,principalemnte aqui…se tem 10 alunos na sala e 9 levarem lanches saudáveis e um levar porcarias, todos os 9 irao compartilhar das porcarias….axo que devemos cuidar da alimentaçao dos nossos filhos em casa e sim cuidar da alimentaçao deles na escola mas nao sermos radicais ao ponto de nem mandarmos um suco de caixinha ou 2 ou 3 bolachas,pois é preferível que eles comam o lache que mandamos do que o lanche dos outros,que pode ser muitas vezes muito pior e menos nutritivo.

Reply

Pat Feldman January 9, 2012 at 17:51

Kathe, é por pensamentos comodistas como o seu que tantas mães “deixam pra lá” e não estimulam o lanche saudável. Se 9 levam saudável e um leva “lixo”, cabe aos pais e à escola realizar um movimento de concientização, e eventualmente até criar normas do que pode ou não na hora do lanche.

Reply

Maevy January 22, 2012 at 14:25

Oi Pat! Amo seu site! Muito obrigada por compartilhar seus conhecimentos e suas receitas maravilhosas!
Esse artigo veio na hora certa! Matriculamos nosso filho de 3 anos na escola, e estou preocupada e animada ao mesmo tempo. A escola é Adventista e já me falaram que eles pegam no pé das mamães que mandam lanches não saudáveis. Ao mesmo tempo meu filho é super chato pra comer.
Quando vc dará um novo curso? Moro em Florianopolis, e já comentei com meu marido que estou disposta até a viajar pra aprender mais coisas e melhorar nossa alimentação. Voce já publicou livos? Me indicaria algum, por favor?
Tbém tenho uma dúvida que me incomoda muito e é sobre o uso do microondas. Voce usa?
Muito obrigada por tudo. Um grande abraço!

Reply

Pat Feldman January 22, 2012 at 20:35

Maevy, se a escola pega no pé dos pais para que mandem lancheiras saudáveis, seu filho com certeza estará cercado de bons exemplos, o que deverá ser um bom estímulo para ele!
Não tenho cursos em grupo programados para agora, mas estamos tentando marcar um curso ainda esse semestre em Balneário Camboriú, bem pertinho de você!

Microondas eu não uso, e já publiquei sobre o assunto aqui no site, dá uma olhada!

Reply

Maevy January 22, 2012 at 21:11

Vou ficar aguardando o curso… obrigada!

Reply

Thatá January 31, 2012 at 15:41

Adorei este post. Estava começando a ficar sem idéias… Quanto ao bolinho de carne, eu experimentei a receita que está atrás da embalagem da Maizena. Fica ótimo e é assado!!! Por incrível é que fica crocante mesmo!!!

Reply

gabriela January 31, 2012 at 20:07

eu adorei as dicas obrigado!

Reply

SAranda Urio January 31, 2012 at 20:55

Oi..sobre o seu post..acho horrivel esta historia de lanche da escola..é um tal de salgadinho de salsicha, hamburguer…aff…fora que meu filhote é super seletivo a alimentos, bolo de chocolate é uma raridade comer e normalmente tem nos lanches da escola daqui e esse tal lanche incluso na escola que me fez definir a escola que não opta por isso. Prefiro fazer e arrumar a lancheira do meu amoreco.
Eu quase não mando iogurte pra escola pois onde moramos é muito quente e tenho medo de estragarem…qdo resolvo mandar eu congelo..até a hora do lanche está no ponto,…agora sucos..ele é apaixonado por sucos, dou sempre sucos industrializados com conservantes naturais tipo (ades -Delvalle).

Fruta é uma porção inprescindivel na lancheira, ele ama banana, abacate melancia e ameixa…mas como ja sabe abacate e melancia nao dá…kkkk
Então…resumindo, acredito que os lanches são muito saudaveis, em comparação a lanches que outros pais mandam..tipo salgadinho..batatinha..etc.

Agradeço as dicas..e estou começando a por em pratica de vagar.

Reply

Daniela February 3, 2012 at 5:44
Pat Feldman February 3, 2012 at 6:58

Eu vi e adorei! Mas só acredito quando acontecer!

Reply

Eloise February 4, 2012 at 21:14

Adorei as dicas sobre o lanche, e também as receitinhas. Tenho um filho de 1 ano e 5 meses, como não gostei do cardápio fornecido pela escola estou em busca de informações para montar a lancheira dele. Bjus.

Reply

Poliana February 9, 2012 at 14:03

Oi Pat, encontrei um artigo muito bom sobre os estudos de dietas sem carne. Acho que combina muito com seu site, que gosto muito. Sei que você deve receber muitas informações, me perdoe, mas a partir do seu site me interessei pelo assunto.
Um grande abraço
http://www.umaoutravisao.com.br/artigos2/mitosveget.html

Reply

iago April 6, 2012 at 10:28

adoro o lanche da escola

Reply

ana granziera September 26, 2012 at 10:43

Pat,
meu filho vai para a escolha ano que vem, com quase 2 aninhos. Suspirei aliviada quando a coordenadora disse que ele poderia levar o lanche de casa. Principalmente quando ela me falou que o lanche fornecido pela escola era suco de caixinha, fruta cortada e bisnaguinha com peito de peru e afins. Fruta, ok. Suco de caixinha de jeito nenhum! E bisnaguinha? Com peito de peru? Além de porcaria, meu filho é, por enquanto, mais vegetariano que eu (e é um touro de grande, contrariando tudo o que me tinham dito sobre crianças que não comem carne). Meu plano é bem este: bolinhos e biscoitos feitos em casa e frutas. O que achei bizarro é a quantidade de comida oferecida nos lanches de escola. Para mim, parece um almoço. Se o Thomas come um sanduichinho, uma fruta e um suco às 9h, ele não tem fome no almoço. Imaginei se não é por conta disso que tanta mãe passa sufoco pra dar almoço e jantar para os filhos… ¬_¬

abs

Reply

Pat Feldman September 26, 2012 at 11:04

As professoras até hoje me olham esquisito porque mando só um punhadinho de frutas para o meu mais velho, e as vezes o pote ainda volta pela metade!! Ele come muitíssimo bem nas refeições, mas o lanche dele é somente o que deveria ser, um lanchinho!

Reply

Maria Carolina January 20, 2013 at 11:31

Pat,

sempre mandei os lanchinhos caseiros e frutas para o meu filho em potes de plastico (sem bisfenol) comprados nos EUA. Mas esse ano eu queria tirar completamente o plastico da lancheira dele. A garrafa térmica é de aço inoxidavel (thermos), mas não to encontrando no Brasil potinhos desse material, você sabe onde encontro? Quais potinhos você usa?

Reply

Pat Feldman January 20, 2013 at 17:27

Eu ainda uso os potinhos de plástico, justamente por falta de opção. Se achar algo que valha mais a pena, aviso!

Reply

Cacilda February 7, 2013 at 13:15

Meus filhos tem 10 e 13 anos. Mesmo nessa idade a questão do lanche é um problema. Eles levam coisinhas saudáveis, mas são diferentes de todo o restante das crianças.
Na cantina, NADA, NADA mesmo pode ser considerado saudável.
E para piorar tem dias que eles ficam o dia todo na escola por conta de aulas extras.
No ano passado o mais velho almoçava na escola nesses dias, mas as refeições são de matar. Arroz e feijão, salada e steak de frango, salsicha ou hambúrguer. Quando tem frango a parmegiana é feito com steak (carne processada de frango). Não se pode pedir um bife de verdade ou um ovo.
Para esse ano resolvemos optar por comidas e lanches feitos em casa e frutas.
Hoje foi o primeiro dia de aula extra e dá-lhe marmita com comidinha leve e gostosa.
Muita coisa eu aprendi nesse blog, receitas gostosas e saudáveis e estilo de vida saudável.
:-)

Reply

Imaly March 14, 2013 at 11:05

Pat,
Minha filha tem praticamente a mesma idade do teu “bebê” e sempre acompanhei o seu blog para poder orientar-me um pouco e graças a isso, pude romper as barreiras do que “todo mundo dá” para dar-lhe alimentos saudáveis e caseiros.
Moro numa cidade razoavelmente pequena aqui na Argentina, com uma comunidade judaica tb pequena e mandamos nossa filha à unica escola judaica da cidade. Ela entrou com 1 ano e de cara, foi uma revoluçao a questao da alimentaçao. Para que vc tenha uma idéia, eu chegava a mandar um cacho inteiro de banana nanica ou de uvas sem caroço para que as outras crianças pudessem provar e, consequentemente, minha filha nao se interessasse pelo biscoito que os outros estariam comendo. O mais impressionante é a professora RECLAMAR que dar fruta para as crianças dá muito trabalho!!! Minha filha tem o DOBRO do tamanho das demais crianças (e nao é gorda).
Algumas maes de salinhas mais grandes chegaram a se organizar para que os filhos comessem “merendas saudáveis” e parecia que uma revoluçao seria feita na escola. Vc pode acreditar que haviam pais que estavam contra???
E este ano, na primeira reuniao com a professora da minha filha, ela diretamente me disse que NAO se podia mandar frutas pq todas as crianças tinham que comer a mesma coisa e que ela estava sozinha para dar as frutas e as crianças se sujam muito… e blá, blá, blá!!!
A verdade é que a cultura alimentícia do argentino é beeeeem diferente da brasileira e me sinto remando contra a maré. Igualmente, muitas maes vêm falar comigo e perguntar receitas de comidas para darem aos filhos que nao comem ou que apenas comem comidas que tenham farinha (nuggets, milanesas, biscoitos, paes). Como atualmente minha filha está no pré-jardim e é apenas de 14:00 às 17:00 trato de que ela coma bem durante o almoço e nao precise se empanturrar de porcarias na escola (ontem a professora deu pirulito pras crianças na hora da saída!!!).
De qualquer forma, adoro ler seus artigos! Ri muito daquele que vc escreveu sobre o QUIABO!
Bjs, Imaly

Reply

Tarsia Suelem August 26, 2013 at 15:33

Pat fiquei com uma duvida. Desde pequena quando minha vo e minha mae faziam carne de panela, sempre gostavam de tomar o caldinho, cresci gostando do caldinho, e meu filho por minha mae acostumar acabou adquirindo esse costume, faz mal .

Reply

Pat Feldman August 26, 2013 at 17:27

Imagina! Faz super bem, desde que preparado da maneira correta!

Reply

Leave a Comment

* IMPORTANTE: LEIA ANTES DE CLICAR EM "ENVIAR" * Ao enviar seu comentário, você fornece à Pat Feldman e ao Site CriancasNaCozinha.com.br 100% dos direitos autorais do seu texto, e fornece também uma licença PERPÉTUA (para toda a vida) e IRRETRATÁVEL (sem a possibilidade de voltar atrás) para a reprodução de suas palavras associadas ao seu nome, seja neste site, seja em outro site, seja em algum livro que venha a ser publicado, ou em qualquer mídia atual ou futura.

{ 18 trackbacks }

Previous post:

Next post: