Chutney de Manga Lactofermentado

by Pat Feldman on 13/01/2011 · 6 comments

in Conservas Caseiras, Molhos, RECEITAS

Época de manga, muitas mangas amadurecendo na minha fruteira e a vontade de testar uma receita novinha em folha do meu livro de receitas de cabeceira, o Nourishing Traditions.

Aproveitei a manhã super chuvosa da terra da garoa e me concentrei no preparo desse condimento super especial. São muitas ervas e condimentos, combinados com a doçura da manga madura e das uvas passas. Uma combinação incrível de sabores que vai incrementar seus pratos tanto em sabor, como em nutrientes, enzimas que facilitam a digestão e lactobacilos que promovem a saúde da flora intestinal.

A minha lembrança de chutney de manga (ou “mango chutney”, como muitos preferem usar o termo em inglês) era a minha careta bem grande vendo meus pais usarem algo doce em pratos salgados (eu detestava, e hoje adoro). Eles normalmente usavam uma pequena porção, já no prato pronto, para incrementar pratos à base de molho branco, principalmente massas. É como eu pretendo usar, daqui a dois dias, quando o chutney passar pelo período de repouso. Se algum chef ou entendido tiver outra idéia para utilização de chutney de manga, deixe registrado nos comentários.

Assim que eu consumir o chutney, venho contar as minhas impressões! Mas o vidro com a mistura está lindo, colorido e apetitoso!

Ingredientes:

3 xícaras de mangas maduras picadas

1/2 xícara de água filtrada

raspas da casca de 2 limões (de preferência orgânicos)

suco de 2 limões

1 colher de sopa de rapadura ralada

2 colheres de chá de sal não refinado

1/4 de xícara de soro de iogurte

1/2 xícara de pecans crocantes picadas

1/2 xícara de uvas passas escuras

1 colher de chá de cominho em pó (só tinha em grãos, e foi o que usei na mistura)

1/2 colher de chá de pimenta vermelha seca em flocos

1/2 colher de chá de grãos de pimenta verde esmagados

1/2 colher de chá de tomilho desidratado

1 colher de chá de sementes de erva doce

1 colher de chá de sementes de coentro (só tinha em pó, usei meia colher de chá)

Modo de Preparo:

Misture a água, suco de limão, as raspas da casca dos limões, rapadura ralada, sal e soro de iogurte. Junte as mangas picadas a essa mistura.

Junte as pecans crocantes, uvas passas, ervas, condimentos e temperos e transfira a mistura para um pote de vidro com tampa hermética.

Com o auxílio de uma colher de pau, aperte a mistura para o fundo do pote de vidro o máximo que conseguir, formando uma massa bem compacta. Adicione mais água caso necessário para que a mistura de manga fique ompletamente coberta.

A mistura não deve ficar a mai de 3 cm do topo do vidro.

Tampe o pote da mistura e deixe fermentar à temperatura ambiente por 2 dias, quando então você deve transferi-la para a geladeira.

O chutney deve ser consumido em até 2 meses.

ATUALIZANDO: O chutney ficou pronto e experimentamos como guarnição para uma massa ao molho branco, bem simples. Não vai mais faltar aqui em casa, ficou bom demais!!

Envie para um amigo Envie para um amigo Versão para impressão Versão para impressão

{ 6 comments… read them below or add one }

Liana January 17, 2011 at 11:02

Oi Pat, eu amo mango chutney! Alem de usar em sanduiches e pra acompanhar carnes assadas (rosbife, presunto, peru) uso tambem numa deliciosa salada de frango, uma adaptacao de uma receita que na Inglaterra chama-se “Coronation Chicken”. Parece que foi criada para comemorar a coroacao da rainha…
Se quiser olhar minha versao:
http://magali-2008.blogspot.com/2010/10/salada-de-frango-ao-curry.html
beijos!

Reply

Bete January 19, 2011 at 19:01

Pat este sal não refinado é o sal grosso? HÁ! Fiz o sorvete hoje, bati na batedeira e ficou muuuuuittoooo bom! Fora o caldo de carne que até meu sogro que é cozinheiro de mão cheia aprovou! Minha auto estima está lá em cima! Feijão, caldo, bolo de banana, pecans crocantes… O povo aqui está até estranhando! Graças a sua ação de compartinhar! É amor é algo que quanto mais se dá mais tem! Bjs
e obrigada

Reply

Pat Feldman January 19, 2011 at 19:14

Ah Bete, quantas notícias boas!!! Parabéns pelo teu empenho!!!

O sal não refinado, infelizmente, não é mais vendido do Brasil. É este aqui: http://pat.feldman.com.br/?p=966

Cuidado com o sal grosso. Muitas marcas adicionam glutamato monossódico a ele. Olho no rótulo!!!

Reply

Suzy dos Santos December 9, 2011 at 20:11

Oi Pat,
ADORO!!! De manga, de maçã, de caqui…resto de fruta sempre vira chutney aqui em casa. Nunca fiz lactofermentado, mas deve ficar bem bom. Vou provar no natal e te conto.
Com carnes assadas são um clássico delicioso. Minha combinação favorita é chutney, algo com hortelã e carneiro assado. Mas sabe como gosto tb e é fora do tradicional? Com saladas mais amarguinhas, tipo rabanete ou radichio e almeirão….fica jóia tb como base pra farofinha, no peixinho ensopado e num arroz variadinho…já tentaste com gengibre ralado?
beijão,

Reply

AJD August 27, 2014 at 9:09

Oi, posso substituir a rapadura por outro ingrediente mais light? rs
Adoro seu site. Sou novata nesse estilo de vida saudável e suas dicas são de grande valia. Obrigada por compartilhar conhecimento.;)

Reply

Pat Feldman August 28, 2014 at 16:28

Se você quer mais light, apenas diminua a quantidade usada na receita. Rapadura é calórico, mas é muito nutritivo!

Reply

Leave a Comment

* IMPORTANTE: LEIA ANTES DE CLICAR EM "ENVIAR" * Ao enviar seu comentário, você fornece à Pat Feldman e ao Site CriancasNaCozinha.com.br 100% dos direitos autorais do seu texto, e fornece também uma licença PERPÉTUA (para toda a vida) e IRRETRATÁVEL (sem a possibilidade de voltar atrás) para a reprodução de suas palavras associadas ao seu nome, seja neste site, seja em outro site, seja em algum livro que venha a ser publicado, ou em qualquer mídia atual ou futura.

Previous post:

Next post: