Deixe suas nozes, castanhas e amêndoas de molho

by Pat Feldman on 24/10/2013 · 84 comments

in Alimentação, ARTIGOS, Dicas de Cozinha

Screen Shot 2013-10-24 at 04.38.30Aqui em casa qualquer tipo de nozes, castanhas ou amêndoas é sempre um lanche muito bem vindo. Eu também as utilizo para “enfeitar” saladas, sopas, risotos, cremes e sobremesas. Dá pra usar de muitos jeitos e é sempre um complemento muito especial para qualquer receita.

Mas se você quer aproveitar de verdade os nutrientes dessas nozes, castanhas e amêndoas, alguns cuidados devem ser tomados para que elas não tenham seus óleos – super delicados – oxidados e para que você possa aproveitar ao máximo tudo o que elas têm a oferecer. Não acredite no que estou escrevendo aqui: experimente e sinta a diferença!

Para tirar todo esse proveito das nozes, castanhas e amêndoas, basta seguir uma técnica milenar, super tradicional (mas pouco divulgada atualmente): deixe suas nozes, castanhas e amêndoas de molho em água e sal e depois as seque em temperatura baixa até que fiquem crocantes novamente.

CLIQUE AQUI para se cadastrar e receber novidades da minha cozinha em primeira mão!!!!

Essa técnica não tem nada a ver com deixar os grão de molho. No caso dos grãos, o molho serve para neutralizar os fitatos, que são antinutrientes, não deixam o nosso organismo absorver os nutrientes que consumimos adequadamente e ainda por cima o molho serve para facilitar a digestão dos grãos.

Já no caso das nozes, castanhas e amêndoas, o molho é feito apenas em água e sal, por cerca de 3 a 6 horas e serve para neutralizar inibidores enzimáticos, que aparecem em grande número nesses alimentos, e que são capazes de atrapalhar bastante a sua digestão, principalmente se vocês os consome bem regularmente. Você certamente vai notar que, seguindo esse processo, que eu já expliquei AQUI, suas nozes, amêndoas e castanhas ficarão infinitamente mais saborosas (e nesse ponto a diferença é gritante) e muito mais leves. Os seus nutrientes também serão mais bem aproveitados quando eles forem processados dessa forma. É realmente muito interessante!

Esse método imita a milenar técnica asteca de deixar sementes de abóbora de molho em salmoura para depois deixá-las secando ao sol para depois consumi-las inteiras ou moidas nas refeições.

O sal na água do molho ativa enzimas que neutralizam os inibidores enzimáticos. A água salgada – salmoura – do molho também faz com que as amêndoas, nozes e castanhas absorvam sal, que permanece em seu interior após a secagem, realçando incrivelmente o seu sabor – afinal o sal é NATURALMENTE um realçador de sabor, e o sal certo só faz bem! A secagem lenta, à baixa temperatura, é fundamental para proteger os delicados óleos das nozes, castanhas e amêndoas.

Um lanchinho pra lá de saboroso e saudável pode ser Pecans Crocantes com algum bom queijo de leite cru (você sabia que o Brasil produz excelentes variedades de queijo de leite cru??)

O melhor e mais seguro equipamento para secar suas nozes, castanhas e amêndoas é o desidratador. Como você também pode usá-do para secar frutas, ervas e até carnes, (dependendo do modelo, ele serve até para ajudar a manter a temperatura no preparo do iogurte) cada vez mais eu o considero o desidratador um excelente investimento para cozinhas saudáveis. Aqui em casa, durante anos eu usei um modelo bem simples. Atualmente tenho um forno elétrico, com uma regulagem de temperatura que permite temperaturas baixas o suficiente para secar e desidratar alimentos de forma segura. Amo meu fogão novo!!

Interessante pensar como os povos antigos sabiam das coisas… Eles não tinham uma ciência super desenvolvida para explicar em detalhes o porquê das coisas, eles simplesmente sabiam e pronto, eles simplesmente sentiam que aquilo era o melhor para os seus corpos. Antigamente o homem sabia ouvir seu organismo, mas parece que hoje o homem só entende o que diz a televisão…

Vai lá, experimenta em casa e depois vem me contar o que achou!!

Conheça também as nossas redes sociais:

Instagram: @pfeldman

Facebook: Comida de Verdade, por Pat Feldman

Periscope: PatFeldman

Envie para um amigo Envie para um amigo Versão para impressão Versão para impressão

{ 83 comments }

Maria Aparecida October 24, 2013 at 13:11

Oi Pat,
Eu sempre quis ter um desidratador mas sempre achei que seria mais um destes tantos aparelhos que se compra e nunca se usa. Tu realmente recomendas, então? Um destes elétricos, à venda no Shoptime, por exemplo, pode ser?
abraço
Maria

Pat Feldman October 24, 2013 at 19:02

Maria, o meu era exatamente esse da shoptime e eu sempre usei bastante. Só para secar as nozes e castanhas ele já compensa muitíssimo!! Eu seco cascas de frutas cítricas orgânicas também, pra fazer chá, entre outras coisas. É divertido!

Poliana October 25, 2013 at 13:21

Mas Pat, o que fazer se não temos o desidratador nem podemos adquiri-lo no momento, por mais que o investimento compense? Há alternativa?

Abraço!
Poliana

Pat Feldman October 25, 2013 at 14:00

Claro que há alternativa Poliana!!!!! Você pode usar o seu forno comum, na temperatura mínima e com a porta entreaberta. Na minha cozinha você nunca vai precisar de equipamentos mirabolantes, tudo se dá jeito, se adapta!

Pat Feldman October 25, 2013 at 14:01

Qualquer equipamento mis específico eu acho que compensa comprar quando a gente tem a grana, tem o espaço e sabe que vai usar bastante!

Poliana October 26, 2013 at 15:15

Certo, Pat!

Obrigada pela orientação! Pretendo testar em breve com castanha de caju, minha paixão, rs.

Abraços!

Paula October 25, 2013 at 14:15

Pat, aproveitando a questão do desidratador, na sua opinião, qual dos equipamentos/alimentos mais caros você acha mais essencial para uma alimentação saudável? (como o Sal Bruto, desidratador, filtro…)

Pat Feldman October 25, 2013 at 17:42

Paula, o sal no fim das contas não é tão caro assim, então dá pra encarar numa boa. A questão caro-barato também é relativa, porque a hora que você deixa de comprar besteiras e investe no que é saudável de verdade, a conta do supermercado fica na mesma, as vezes até barateia. Sem contar que alimentar-se de maneira saudável também diminui consideravelmente as chances de adoecer, o que te faz economizar em remédios, médicos e exames.
Quanto a equipamentos, vale mais a pena aquilo que você sentir que vai usar bastante. As vezes um equipamento mais barato, mas que você nunca usa, acaba saindo mais caro do que aquele super caro que você usa a toda hora!

Paula October 25, 2013 at 19:45

Eu sei que acaba saindo mais barato pelo lado da saúde. E que tem coisa que é realmente essencial – não abro mão do óleo de coco e até fiz meus pais me prometerem que jamais tentariam me envenenar com óleo de soja. Mas continuo sendo uma adolescente de 15 pra 16 anos que depende dos pais (que não são ricos) e ganha menos de um salário mínimo como mesada pra gastar por conta própria… O sal bruto mais barato que achei custava 5,50 por 100 gramas. Não é tão caro, deu pra comprar,mas sal a gente usa muito, não dá pra substituir completamente o refinado, por exemplo… :/
Ovos caipira, frutas e verduras orgânicas… Isso eu consigo comprar com o dinheirinho do mês – ou, como moro no interior, pegar do quintal da minha tia. Temperos frescos, no vasinho da varanda. E plantei uma amoreira outro dia, que está crescendo linda. Mas às vezes, fico meio perdida quanto ao que é prioridade :/

Pat Feldman October 25, 2013 at 20:54

O sal queeu uso e recomendo custa R$15,00/kg aqui em SP

Paula October 25, 2013 at 21:07

Tem como comprar pela internet? *-*

Carol October 26, 2013 at 18:28

Secar por quanto tempo? Se aqui na minha cidade faz um calor escaldante e um sol de tostar, posso deixar secando lá fora?

Pat Feldman October 26, 2013 at 18:39

Eu nunca testei como é e quanto tempo é necessário para deixá-las completamente secas ao sol. Se eu conseguir alguma informação, aviso. Se você testar, nos avise!

Flávia October 28, 2013 at 22:41

Olá Pat,
fui fazer essa experiência de deixar de molho as castanhas pela primeira vez e não tive sucesso. Deixei nozes, castanha de caju, castanha do pará e amêndoas de molho em água e sal do himalaia por 9 horas, depois coloquei no forno com temperatura mínima e porta entreaberta (não tenho desidratador), elas ficaram lá muuuito tempo, umas 4 horas ou mais, ia experimentando pra ver como estavam, e elas não ficaram crocantes, ficaram meio encharcadas.
O que acha que pode ter acontecido?
No dia seguinte acabei colocando elas novamente no forno, mas com porta fechada, e elas tostaram, ficou mais saboroso e deu pra comer, antes estavam bem estranhas…
Mas depois da sua ponderação quero fazer novo teste!
beijos
Flávia

Pat Feldman October 29, 2013 at 4:16

Flávia, você não errou nada! É que tem que deixar secar por muuuuuuitas horas mesmo, até que fiquem crocantes! No desidratador chegam a ficar por uns 3 dias fácil. No forno é menos, mas com certeza pelo menos umas 12 horas.

Poliana October 29, 2013 at 9:22

Pat, mais duas dúvidas! Depois de todo esse processo, elas ficam boas para consumo por aproximadamente quanto tempo?

E amendoins também necessitam passar por esse processo (preciso deles para fazer manteiga de amendoim para uma receita específica)?

Beijos!

Pat Feldman October 29, 2013 at 9:48

Poliana, amendoim também precisa desse processo. Se você guardar as nozes e castanhas no freezer ou geladeira, elas duram bastante!

Denise October 31, 2013 at 7:11

Pat, eu tenho uma dúvida boba, mas não ficaria muito salgada para fazer receitas doces?

Pat Feldman October 31, 2013 at 10:24

Denise, nenhuma dúvida é boba!!! Eu uso muito essas nozes e castanhas crocantes para fazer, por exemplo, o meu panetone caseiro. Nunca achei que deixaram o bolo salgado, mas com certeza realçou os sabores!

Danilo Lima January 23, 2014 at 12:22

Oi Pat,
o shoptime não vende mais o desidratador que você indicou, agora só importando. Como não sei a confiabilidade desses desidratadores chineses estou pensando em comprar um forno elétrico somente para este fim. Vi vários fornos elétricos à venda, poderia indicar a marca do seu? O forno perde em algo em relação ao desidratador? Seu blog é muito legal, parabéns!

Pat Feldman January 24, 2014 at 16:41

Obrigada pelo carinho, Danilo! O meu fogão é um Eletrolux Home Pro – bocas a gás e forno elétrico.

Nori January 26, 2014 at 9:14

Oi Pat, qual seria a temperatura baixa o suficiente para secar as castanhas com segurança ? A temperatura mínima de meu forno é 100 graus, nessa temperatura preciso deixar a porta entreaberta?

Pat Feldman January 26, 2014 at 16:21

Até 50 graus é o ideal. Com essa temperatura do teu forno, porta entreaberta, com certeza!

Nori January 27, 2014 at 3:36

Obrigada pela atenção Pat, admirável vc responder minhas dúvidas em seu final de semana!
Aproveitando este espaço, ontem vi uma receita que utilizava a semente de chia, pesquisei sobre este produto na internet e a mídia diz que ela nos oferece muitas vitaminas e não tem sabor nenhum assim não interfere no sabor dos nossos pratos. O que vc acha deste produto? Ele realmente é tudo o que dizem ser como complemento alimentar? Vc usa essas sementes na alimentação da sua família ?

Camilli Chamone February 21, 2014 at 17:41

Ei Pat! Neste exato momento, estou secando minhas pecans no forno. O perfume é incrível!!!! Entretanto, me ocorreu que os óleos delicados desta noz podem ser danificados com o calor! Acredito, que os povos antigos deixavam as nozes, amendoas, etc., secando ao sol…. à temperaturas não superiores a 30°C.
O que vc acha?
Obrigada!

Pat Feldman February 22, 2014 at 10:31

Camilli, realmente quanto mais baixa a temperatura, melhor! Aqui em casa meu forno aceita 60 graus, o que para as nozes e castanhas é perfeitamente aceitável. Mas se o teu forno não permite temperaturas tão baixas, deixe a porta dele entreaberta, assim não aquecem demais.

Janete February 23, 2014 at 13:31

Olá, eu deixei as amêndoas de molho e estou tentando tirar a pele marrom, mas to achando trabalhoso. Posso desidratar sem tirar a pele?

Pat Feldman February 23, 2014 at 19:41

Pode sim Janete, eu nunca tiro a pele!

Maria April 10, 2014 at 17:19

Oi Pat!
Sei que esse post é antigo por isso não sei se vai chegar a ler meu comentário. Tenho uma dúvida: meu fogão chega a 90•c, essa é uma boa temperatura para desidratar frutas e secar nozes? Venho pensando em investir num desidratador, mas talvez não seja necessário!

Pat Feldman April 10, 2014 at 20:30

Maria, essa temperatura é alta para as nozes e castanhas, mas se você ligar o forno nela e deixar a porta entreaberta, ajuda a diminuir um pouco e não oxidar os delicados óleos. Mas no teu caso pode valer a pena investir num desidratador se você realmente pretende fazer sempre as castanhas!

RITA DE CASSIA COTTA MARTINS May 18, 2014 at 10:05

Deixar os alimentos de molho não faz com que se perca vitaminas e minerais?

Dan Tell August 23, 2014 at 20:01

Olá, Pat. Qual é a proporção de sal para amêndoas ou castanhas? Por exemplo, um copa grande de água com amêndoas para deixar de molho, leva quanto sal? E se poderia usar limão no lugar do sal?

Pat Feldman August 23, 2014 at 20:49

Dan, para cada quilo de nozes ou castanhas eu uso cerca de 2 colheres de sopa de sal e água filtrada suficiente para cobri-las completamente.

Polyana September 19, 2014 at 14:26

Oi Pat,

Li esse artigo e o outro sobre deixar os feijões de molho e surgiu uma dúvida.
A chia também deve ser deixada de molho? Costumo acrescenta-la nas refeições do dia-a-dia e gostaria muito de saber.

E não quero deixar passar a oportunidade de deixar um elogio e agradecimento, descobri seu site a mais de um ano e me apaixonei, tenho mudado minha alimentação e seus posts são sempre uma referência para mim, vários deles estão gravados nos meus favoritos. Seus site é de utilidade pública!
Abraços

Pat Feldman September 26, 2014 at 15:35

Polyana, obrigada pelo carinho!
A chia também deve ficar de molho sim!

Nicole September 28, 2014 at 21:01

Pat, mas a chia também tem que secar no forno ou desidratador? E o arroz integral, voce também deixa de molho?
Obrigada!

Pat Feldman September 29, 2014 at 6:28

Nicole, se você vai usar a chia em vitaminas, não precisa secar não. O arroz integral também fica de molho, mas de forma diferente e por razões diferentes.

Joanna October 25, 2014 at 19:49

Oi, da pra secar no airfryer?? Se sim, quanto tempo seria ideal?

Grata!

Pat Feldman October 26, 2014 at 14:37

não tenho certeza, mas desconfio que o air fryer alcance temperaturas muito altas, o que prejudica os óleos delicados das nozes e castanhas….

felipe martins November 8, 2014 at 3:20

Ola, uma.duvida… secando ao forno com a porta entreaberta demora quanto tempo?? Me preocupo com isso pois deve gastar muito o gas

Pat Feldman November 8, 2014 at 7:35

Felipe, não posso mentir, gasta gás mesmo, porque precisa de umas 8 horas, pelo menos…

Bete Moreira Camillo January 2, 2015 at 20:18

Oi. Preciso deixar de molho as castanhas portuguesas (com cascas) ? E pra cozinhá-las depois na panela comum, preciso fazer um corte na casca? Parece que cozinhas em 50 minutos, é isso mesmo? Obrigada.

Pat Feldman January 6, 2015 at 14:23

Bete, posso te confessar uma coisa? Sempre compro castanha portuguesas já descascadas…. E as cozinho direto no caldo quando vou preparar a minha sopa.

Mayana Azevedo January 4, 2015 at 10:09

Querida, muito legal suas informações. Estou aderindo a dieta sem glúten e acabei adotando muito os outros grãos como arroz, quinoa, linhaça e chia, mas principalmente as oleaginosas como castanhas. Agora, a minha dúvida é: se eu vou usar as castanhas em receitas que vão ao forno, ainda é preciso – além de deixá-las de molho (o que faço no limão já que o sal que temos não é o mais recomendável, apesar de ser do Nordeste) – assá-las em fogo baixo (pra mim é impossível, o mínimo do meu forno é 170°C; talvez, o sol ajude). Outra dúvida é se as farinhas que uso geralmente para substituir ovos em receitas – chia e linhaça – precisam ficar de molho, já que elas viram um gel – como faço?. Agradeço a atenção. Caso possa responder alguma das questões, fico ainda mais grata. Feliz Ano Novo!

Pat Feldman January 16, 2015 at 16:30

Eu jamais usaria farinha de linhaça! Preciso falar sobre isso aqui no site, ela se oxida muito rápido e no fim das contas mais prejudica do que ajuda!!
Quanto às castanhas, o processo de molhoe secagem é sempre necessário sim, é o ideal.

Mayana Azevedo January 18, 2015 at 14:33

Grata pela resposta, querida. Eu acompanho um site de uma gastróloga e vários de vegetarianos que sempre recomendam o uso de farinha de linhaça ou mesmo do grão por conta, principalmente, do gel que a mesma forma (assim como a chia e psyllium) que substitui o ovo. Então, posso usar a linhaça em grão (seguindo o mesmo processo das castanhas) e a mesma água (já que preciso do gel)? Fico no aguardo do texto. Um grande abraço!

Pat Feldman January 19, 2015 at 5:47

A linhaça inteira, deixada de molho é super ok. A linhaça triturada, se for triturada na hora e não aquecida, também é ótima, mas é importantíssimo que seja triturada na hora e jamais aquecida.

Mayana Azevedo January 22, 2015 at 21:42

Ok. Então, nada de linhaça para massas de pastéis, bolos, pizzas e até mesmo tapiocas… Tenho dois filhos e muita dificuldade de alimentá-los de maneira saudável. Aqui já vi algumas opções e percebi que não há verdade absoluta também para a alimentação, além de reforçar que muito do que precisamos está na nossa ancestralidade. Continuarei acompanhando o site. Grata pela resposta. Um grande abraço.

Mirella May 28, 2015 at 22:43

Oi Pat. Td bem? Qual a marca do seu forno elétrico que serve para secar as frutas secas???

Pat Feldman May 29, 2015 at 5:29

É o Eletrolux HomePro

Paola June 14, 2015 at 14:37

Olá,
Gostaria de saber qual a temperatura do forno a ser utilizada para secar as castanhas e por quanto tempo.
Li num dos comentários que o tempo seria por 12 horas? Se realmente for isso, fica inviável consumir. Não é nada prático deixar um forno ligado por 12 horas!
muito obrigada,
Paola

andrea November 20, 2016 at 12:50

concordo!!!

waleska November 22, 2016 at 8:23

Realmente Paola. Pensei em deixar secar naturalmente no sol , pode ser Paty?

Pat Feldman November 22, 2016 at 11:29

Até pode, mas leva muuuuuuuuuuuuito tempo, não sei se não apodrece antes…

Sabrina June 23, 2015 at 11:44

Olá,
Se eu quiser utilizar para bolos e receitas doces, posso fazer o molho com limão e funcionará da mesma forma ?

Pat Feldman June 23, 2015 at 13:12

O molho com limão é para grãos como trigo, cevada ou centeio. Nozes e castanhas são outra coisa!

Roberta July 13, 2015 at 20:58

Oi,
é uma dúvida boba sobre o outro post que tá fechado: qual seria o problema de consumir pão integral já que o pão passa pelo processo de fermentação? Isso não seria suficiente para neutralizar os fitatos presentes na farinha? Mil desculpas pela ignorância.
Obrigada desde já,

Roberta.

Pat Feldman July 17, 2015 at 20:16

O pão integral caseiro que passa pela fermentação longa e natural é uma boa opção, desde que consumido com moderação. O pão integral comercial não, ja que ele nem 100% integral é e muito menos passa por fermentação natural longa

Alex October 2, 2015 at 18:02

Olá Pat,
Pergunta: eu prefiro minhas castanhas cruas e sem sal, esse processo altera muito o sabor em comparação com elas?

Pat Feldman October 2, 2015 at 20:01

Não altera Alex, apenas realça.

Letícia November 18, 2015 at 15:13

Olá! Qual a diferença entre tostar na frigideira e “secar” a castanha ou outros no forno elétrico??poderia ser desta forma na frigideira ?Seria uma economia, na conta de luzvc n acha?!! Obrigado

Pat Feldman November 19, 2015 at 17:29

Tostar na frigideira a temperatura é muito mais alta, corre o risco de oxidar os óleos delas, que são muito delicados!

Lya November 22, 2015 at 15:40

Oi Pat, tenho acompanhando o seus comentários e do Dr. Alexandre sobre sulfitos e enxaquecas. Moro na França e já comecei a procurar lojas que vendam vinhos sem eles. Mesmo os vinhos Bios não são livres de sulfitos, já percorri todas as lojas Bio da minha cidade e não achei. Mas há outras que vendem os naturais. Obrigada por compartilharem conosoco essas informações!
A minha dúvida nesse seu post é a seguinte, se eu deixar as amêndoas, castanhas e nozes de molho, como no processo que você ensinou, elas ficam livre de sulfitos?

Tenho evitado farinhas de alto indice glicemico e gostaria de cozinhar usando essas ingredientes. Mas como tem sulfitos fico entre a cruz e a espada, até mesmo pra substituir o leite animal por vegetal.

Alícia Araújo January 10, 2016 at 15:01

Oi Pat,
Posso secar as castanhas na slowcooker?
Muito obrigada!

Pat Feldman January 12, 2016 at 8:33

Alícia, eu nunca usei uma slowcooker, então não sei. Se você testar, depois me conta! É importante que a temperatura de secagem seja bem baixa.

Guilherme Zanotti January 26, 2016 at 15:17

Ola Pat,
Gostaria de saber se esse processo serve também para as castanhas de caju torradas?
Pois no mercado encontro opção de castanhas de caju crua, torrada e torrada/salgada, e as vezes acabo preferindo pela já torrada. Teria que fazer esse processo? Ou então seria melhor comprar ela crua?
Obrigado.

Pat Feldman January 26, 2016 at 19:01

Melhor comprar a versão crua e fazer tudo em casa, Guilherme!

Jacqueline January 30, 2016 at 15:20

Olá Pat,gostei muito do seu site, estou aprendendo muito. Uma dúvida qual o processo do molho da aveia ? Tenho q desidratar depois do molho? E qualquer tipo de aveia flocos,fina grão é preciso realizar o processo? Obrigada

Maria Hermana February 6, 2016 at 20:09

Olá Pat, eu fiz! Nozes, do Pará e de Caju… Realmente, nunca comi castanhas tão gostosas! Você é de uma generosidades ímpar. Obrigada!

Marcias February 7, 2016 at 17:38

Gostaria de saber se torrar as castanha do para ela perde os seus nutrientes??

Pat Feldman February 8, 2016 at 17:58

Dependendo da temperatura, pode oxidar seus delicados óleos.

Caroline February 16, 2016 at 13:02

Olá,

Vou mudar meus hábitos de consumo desses itens, graças as suas recomendações.
Sobre os grãos: feijão, lentilha, grao de bico, etc ja entendi que devemos preparar a solução com vinagre ou limão.

Mas como proceder com semente de girassol, gergelim, aveia, chia, etc?

E quando compramos a farinha (amaranto, chia, linhaça) como fazer?

Obrigada

Gisiane May 19, 2016 at 20:51

Oii PatI. Li em outro poste seu q para o molho água e gotas de limão, e aqui vc fala em sal. Fiquei na dúvida.

Pat Feldman May 20, 2016 at 15:04

Para grãos e leguminosas eu uso água com soro de iogurte ou limão ou vinagre. Para nozes, castanhas e amêndoas uso água salgada.

Mylena October 28, 2016 at 15:19

Pat, posso usar as castanhas e amêndoas que ficaram de molho sem o processo da secagem? Usaria para uma receita de barrinha de cereal sem ir ao forno.

Pat Feldman October 28, 2016 at 17:17

Eu uso por exemplo para fazer o leite delas. Deixo de molho mas não seco.

Waleska November 2, 2016 at 0:55

Olá Pat, vc usa qual método para a castanha de baru ? Fico na dúvida pq ela é de uma planta leguminosa arbórea, mas é rica em ômegas, e vem sendo considerada como oleaginosa. Sabe-se que não pode ingerir crua, devido aos taninos e fitatos, por isso a recomendação geralmente é torrar para consumo. Fico super na dúvida, pq creio que possa oxidar. Me ajuda nesse empasse? Deixo de molho também e seco em temperatura baixa? … Bjs!

Pat Feldman November 3, 2016 at 17:49

Waleska, eu praticamente nunca uso castanha de Baru, mas se fosse fazer, deixaria de molho em água e sal por cerca de 6 horas e depois secaria a baixa temperatura, de preferência num desidratador.

Camila January 26, 2017 at 15:29

Olá Pati,
Para sementes, gergelim e girassol, mesmo procedimento?

Pat Feldman January 26, 2017 at 17:37

Para essas água e soro de iogurte.

Ana Gabriela Trotta February 1, 2017 at 16:08

Pat. Vc já usou ou sabe se pode secar naquela panela de slow cook ?

Pat Feldman February 2, 2017 at 5:26

Nunca usei!

Pat Feldman January 23, 2015 at 7:27

Mayana, linha;ca ara massas, só se for inteira, pra dar um toque crocante.

Comments on this entry are closed.

{ 1 trackback }

Previous post:

Next post: