Festa Infantil

by Pat Feldman on 25/03/2008 · 3 comments

in Festa de Aniversário, MAIS...

festainfantil.jpg[ratings]

Hoje levei meu filho a mais uma das muitas festinhas infantis que ele tem tido. Aniversário de 3 aninhos de uma amiguinha.

O de sempre: recreadores, balões, decoração sofisticada, pensada nos mínimos detalhes, lembrancinhas que mais parecem presentes, teatrinho super bem produzido e algumas coisinhas que eu não via faz tempo, mas que na minha opinião deveriam fazer parte de todas as festas de criança: escorregador, balanço, língua de sogra, apitos e chapéu de palhaço.

Esses dias li um artigo no site da Richelly super legal falando sobre o assunto. Sem contar que a forma dela escrever tudo, o torna ainda melhor e mais verdadeiro!

Quanto às comidinhas de festa, meu filho não costuma se interessar muito. Em toda a festinha que ele vai, toma no carro um copão de iogurte batido. Mata a sede e alimenta até a hora do jantar, que nessas ocasiões acabaca sendo um pouquinho mais tarde.

Hoje ele viu um croquete de carne e foi ver o que era. cheirou, encostou na boca e deixou de lado. Fez o mesmo com um beijinho e um cajuzinho. Eu não crio meu filho numa bolha. Ele vê as tais comidinhas, mas não se interessa. Eu também não ofereço, nunca valorizo. Mas se ele ver, se interessar e tomar a iniciativa, também não vou proibir ou arrancar da mão dele. Fico neutra: não ofereço, não proíbo, mas também não falo “que gostoso”.

No fim o que as crianças mais quererm nas festinhas é se divertir e brincar muuuuuuito. O que eu tenho observado é que as que comem são normalmente aquelas em que a babá e/ou mãe seguram e mostram que tem que comer. Para a maioria das crianças brincar, dançar e ver o teatrinho é o que mais interessa na festa!

 

Só para lembrar… Aproveite melhor o conteúdo do site!!

Envie para um amigo Envie para um amigo Versão para impressão Versão para impressão

{ 3 comments }

Fabiana March 26, 2008 at 10:25

Ando tão cansada das mesmices das festinhas infantis: os mesmos brinquedos, os mesmos cardápios (pouco saudáveis) e cada vez mais uma infinidades de guloseimas de procedência duvidosa que a criança pode “se entupir” à vontade na saída, como já não fosse suficiente a overdose de docinhos da festa – nada contra frituras e doces desde que consumidos com moderação – mas, acho que está mais do que na hora de apresentar as crianças opções mais saudáveis nessas situações. Ainda bem que minha filha naturalmente é muito comedida, também não proíbo, mas não vou incentivar comer junk food. Fiz uma festa em casa pra minha filha de seis anos que foi um sucesso e não tinha uma fritura sequer…nínguém reclamou!
Beijos e sucesso para o blog!!

Jovânia March 26, 2008 at 11:59

Concordo, mas o problema é que, com o meu filho de 5 anos, eu não preciso ficar oferecendo nada, ele é guloso por natureza. Na verdade desde antes de nascer, na ultra, o médico já disse que ele era boca nervosa, que ia mamar muuuuuuuuito… Não deu outra, mamou até os 4 anos e meio. Em casa procuro manter uma alimentação bem saudável (por isso ele não é gordo), mas nas festinhas, quando tem mesa de guloseimas, ele não sai de perto. Para os salgados ele não liga, até prefere jantar antes de ir, mas os doces… A minha sorte é que ele não suporta refrigerantes, na verdade nem sucos ele liga, prefere água mesmo, o que até é difícil de conseguir nessas festinhas. Normalmente tenho que ir até a cozinha para implorar um copo d’água, na verdade, dois, o outro para mim. Pat, você já colocou aqui dicas de comidinhas para festinhas?

Thais Lazzeri March 26, 2008 at 14:21

Então Pat, não as forminhas não derretem mesmo. Eu mesma sou prova disse. Fui fazer um creme para um ovo de Páscoa e mexi com uma colher de plástico. Em menos de 30 seg (foi o tempo de eu tirar o chocolate do fogo) a colher derreteu. Tive de fazer tudo de novo. Dessa vez, com uma de silicone. Foi um sucesso.

Comments on this entry are closed.

Previous post:

Next post: